APRESENTADO A COMARCA PARA O MUNDO E O MUNDO PARA A COMARCA

TEMOS O APOIO DE INFOMANIA SOLUÇÕES EM INFORMÁTICA Fones 9986 1218 - 3432 1208 - AUTO-MECÂNICA IDEAL FONE 3432-1791 - 9916-5789 - 9853-1862 - NOVA ÓTICA Fone (44) 3432 -2305 Cel (44) 8817- 4769 Av. Londrina, 935 - Nova Londrina/PR - VOCÊ É BONITA? VENHA SER A PRÓXIMA BELA DA SEMANA - Já passaram por aqui: TAYSA SILVA - MARIELLA PAOLA - MARY FERNANDES - DANIELLE MEIRA - *Thays e Thamirys - ELLEN SOARES - DARLENE SOARES - MILENA RILANI - ISTEFANY GARCIA - ARYY SILVA - ARIANE SILVA - MAYARA TEIXEIRA - MAYARA TAKATA - PAOLA ALVES - MORGANA VIOLIM - MAIQUELE VITALINO - BRENDA PIVA - ESTEFANNY CUSTÓDIO - ELENI FERREIRA - GIOVANA LIMA - GIOVANA NICOLINI - EVELLIN MARIA - LOHAINNE GONÇALVES - FRANCIELE ALMEIDA - LOANA XAVIER - JOSIANE MEDEIROS - GABRIELA CRUZ- KARINA SPOTTI - TÂNIA OLIVEIRA - RENATA LETÍCIA - TALITA FERNANDA - JADE CAROLINA - TAYNÁ MEDEIROS - BEATRIZ FONTES - LETYCIA MEDEIROS - MARYANA FREITAS - THAYLA BUGADÃO NAVARRO - LETÍCIA MENEGUETTI - STEFANI ALVES - CINDEL LIBERATO - RAFA REIS - BEATRYZ PECINI - IZABELLY PECINI - THAIS BARBOSA - MICHELE CECCATTO - JOICE MARIANO - LOREN ZAGATI - GISELE BERNUSSO - RAFAELA RAYSSA - LUUH XAVIER - SARAH CRISTINA - YANNA LEAL - LAURA ARAÚJO TROIAN - GIOVANNA MONTEIRO DA SILVA - PRISCILLA MARTINS RIL - GABRIELLA MENEGUETTI JASPER - MARIA HELLOISA VIDAL SAMPAIO - HELOÍSA MONTE - DAYARA GEOVANA - ADRIANA SANTOS - EDILAINE VAZ - THAYS FERNANDA - CAMILA COSTA - JULIANA BONFIM - MILENA LIMA - DYOVANA PEREZ - JULIANA SOUZA - JESSICA BORÉGIO - JHENIFER GARBELINI - DAYARA CALHEIROS - ALINE PEREIRA - ISABELA AGUIRRE - ANDRÉIA PEREIRA - MILLA RUAS - MARIA FERNANDA COCULO - FRANCIELLE OLIVEIRA - DEBORA RIBAS - CIRLENE BARBERO - BIA SLAVIERO - SYNTHIA GEHRING - JULIANE VIEIRA - DUDA MARTINS - GISELI RUAS - DÉBORA BÁLICO - JUUH XAVIER - POLLY SANTOS - BRUNA MODESTO - GIOVANA LIMA - VICTÓRIA RONCHI - THANYA SILVEIRA - ALÉKSIA LAUREN - DHENISY BARBOSA - POLIANA SENSON - LAURA TRIZZ - FRANCIELLY CORDEIRO - LUANA NAVARRO - RHAYRA RODRIGUES - LARISSA PASCHOALLETO - ALLANA BEATRIZ - WANDERLÉIA TEIXEIRA CAMPOS - BRUNA DONATO - VERÔNICA FREITAS - SIBELY MARTELLO - MARCELA PIMENTEL - SILVIA COSTA - JHENIFER TRIZE - LETÍCIA CARLA -FERNANDA MORETTI - DANIELA SILVA - NATY MARTINS - NAYARA RODRIGUES - STEPHANY CALDEIRA - VITÓRIA CEZERINO - TAMIRES FONTES - ARIANE ROSSIN - ARIANNY PATRICIA - SIMONE RAIANE - ALÉXIA ALENCAR - VANESSA SOUZA - DAYANI CRISTINA - TAYNARA VIANNA - PRISCILA GEIZA - PATRÍCIA BUENO - ISABELA ROMAN - RARYSSA EVARISTO - MILEIDE MARTINS - RENATHA SOLOVIOFF - BEATRIZ DOURADO - NATALIA LISBOA - ADRIANA DIAS - SOLANGE FREITAS - LUANA RIBEIRO - YARA ROCHA - IDAMARA IASKIO - CAMILA XAVIER - BIA VIEIRA - JESSICA RODRIGUES - AMANDA GABRIELLI - BARBARA OLIVEIRA - VITORIA NERES - JAQUE SANTOS - KATIA LIMA - ARIELA LIMA - MARIA FERNANDA FRANCISQUETI - LARA E LARISSA RAVÃ MATARUCO - THATY ALVES - RAFAELA VICENTIN - ESTELLA CHIAMULERA - KATHY LOPES - LETICIA CAVALCANTE PISCITELI - VANUSA SANTOS - ROSIANE BARILLE - NATHÁLIA SORRILHA - LILA LOPES - PRISCILA LUKA - SAMARA ALVES - JANIELLY BOTA - ELAINE LEITE CAVALCANTE - INGRID ZAMPOLLO - DEBORA MANGANELLI - MARYHANNE MAZZOTTI - ROSANI GUEDES - JOICE RUMACHELLA - DAIANA DELVECHIO - KAREN GONGORA - FERNANDA HENRIQUE - KAROLAYNE NEVES TOMAS - KAHENA CHIAMULERA - MACLAINE SILVÉRIO BRANDÃO - IRENE MARY - GABRIELLA AZEVEDO - LUANA TALARICO - LARISSA TALARICO - ISA MARIANO - LEIDIANE CARDOSO - TAMIRES MONÇÃO - ALANA ISABEL - THALIA COSTA - ISABELLA PATRICIO - VICTHORIA AMARAL - BRUNA LIMA - ROSIANE SANTOS - LUANA STEINER - SIMONE OLIVEIRA CUSTÓDIO - MARIELLE DE SÁ - GISLAINE REGINA - DÉBORA ALMEIDA - KIMBERLY SANTOS - ISADORA BORGHI - JULIANA GESLIN - BRUNA SOARES - POLIANA PAZ BALIEIRO - GABRIELA ALVES - MAYME SLAVIERO - GABRIELA GEHRING - LUANA ANTUNES - KETELEN DAIANA - PAOLLA NOGUEIRA - POLIANY FERREIRA DOS ANOS - LUANA DE MORAES - EDILAINE TORRES - DANIELI SCOTTA - JORDANA HADDAD - WINY GONSALVES - THAÍSLA NEVES - ÉRICA LIMA CABRAL - ALEXIA BECKER - RAFAELA MANGANELLI - CAROL LUCENA - KLAU PALAGANO - ELISANDRA TORRES - WALLINA MAIA - JOYCE SAMARA - BIANCA GARCIA - SUELEN CAROLINE - DANIELLE MANGANELLI - FERNANDA HARUE - YARA ALMEIDA - MAYARA FREITAS - PRISCILLA PALMA - LAHOANA MOARAES - FHYAMA REIS - KAMILA PASQUINI - SANDY RIBEIRO - MAPHOLE MENENGOLO - TAYNARA GABELINI - DEBORA MARRETA - JESSICA LAIANE - BEATRIS LOUREIRO - RAFA GEHRING - JOCASTA THAIS - AMANDA BIA - VIVIAN BUBLITZ - THAIS BOITO - SAMIA LOPES - BRUNA PALMA - ALINE MILLER - CLEMER COSTA - LUIZA DANIARA – ANA CLAUDIA PICHITELLI – CAMILA BISSONI – ERICA SANTANA - KAROL SOARES - NATALIA CECOTE - MAYARA DOURADO - LUANA COSTA - ANA LUIZA VEIT - CRIS LAZARINI - LARISSA SORRILHA - ROBERTA CARMO - IULY MOTA - KAMILA ALVES - LOISLENE CRISTINA - THAIS THAINÁ - PAMELA LOPES - ISABELI ROSINSKI - GABRIELA SLAVIERO - LIARA CAIRES - FLÁVIA OLIVEIRA - GRAZI MOREIRA - JESSICA SABRINNI - RENATA SILVA -SABRINA SCHERER - AMANDA NATALIÊ - JESSICA LAVRATE - ANA PAULA WESTERKAMP- RENATA DANIELI - GISELLY RUIZ - ENDIARA RIZZO - *DAIANY E DHENISY BARBOSA - KETLY MILLENA - MICHELLE ENUMO - ISADORA GIMENES - GABRIELA DARIENSO - MILENA PILEGI - TAMIRES ONISHI - EVELIN FEROLDI - ELISANGELA SILVA - PAULA FONTANA CAVAZIM - ANNE DAL PRÁ - POLLIANA OGIBOWISKI - CAMILA MELLO - PATRICIA LAURENTINO - FLOR CAPELOSSI - TAMIRES PICCOLI - KATIELLY DA MATTA - BIANCA DONATO - CATIELE XAVIER - JACKELINE MARQUES - CAROL MAZZOTTI - DANDHARA JORDANA - BRENDA GREGÓRIO - DUDA LOPES - MILENA GUILHEN - MAYARA GREGÓRIO - BRUNA BOITO - BETHÂNIA PEREIRA - ARIELLI SCARPINI - CAROL VAZ - GISELY TIEMY -THAIS BISSONI - MARIANA OLIVEIRA - GABRIELA BOITO - LEYLLA NASCIMENTO - JULIANA LUCENA- KRISTAL ZILIO - RAFAELA HERRERA - THAYANA CRISTINA VAZ - TATIANE MONGELESKI - NAYARA KIMURA - HEGILLY CORREIA MIILLER - FRANCIELI DE SANTI - PAULA MARUCHI FÁVERO - THAÍS CAROLINY - IASMIM PAIVA - ALYNE SLAVIERO - ISABELLA MELQUÍADES - ISABELA PICOLLI - AMANDA MENDES - LARISSA RAYRA - FERNANDA BOITO - EMILLY IZA - BIA MAZZOTTI - LETICIA PAIVA - PAOLA SLAVIERO - DAIANA PISCITELLE - ANGELINA BOITO - TALITA SANTOS Estamos ha 07 anos no ar - Mais de 700 acessos por dia, mais de um milhão de visualizações - http://mateusbrandodesouza.blogspot.com.br/- Obrigado por estar aqui, continue com a gente

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Mulheres negras acumulam piores indicadores sociais no Brasil

Em relação às mulheres brancas, pretas ou pardas são mais pobres, têm menos oportunidade e estão sem perspectiva de mobilidade social.


As mulheres negras acumulam os piores indicadores sociais no Brasil. Os números apontam que elas são as mais pobres, as que têm menos oportunidades, que ganham menos e vivem em uma situação de, praticamente, nenhuma mobilidade social. "As dificuldades de gênero são maiores, mas a mulher negra, em uma pirâmide social, está na base, então a dificuldade de ascender é maior", afirma a ativista e museóloga Rafaela Caroline.

De acordo com o Disque 180, as mulheres negras representam 58,8% das vítimas em casos de violência doméstica. Elas também são 65,9% das que sofrem com a violência obstétrica, como aponta a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Já o Ministério da Saúde mostra que elas morrem mais em decorrência do parto: são 53,9% dos casos.

As mulheres negras também enfrentam desigualdade no ambiente de trabalho. Segundo o IBGE, o rendimento médio delas é de R$ 800 ao mês. Já homens brancos chegam a ganhar quase o dobro: R$ 1.559.

Para tentar resolver o problema, foi criada em 2003 a Secretaria Especial de Política para Mulheres. Desde então, o país reconhecia a necessidade de um olhar mais cuidadoso para a melhoria da qualidade de vida das mulheres negras, porém a pasta foi extinta pelo governo Temer.

"O governo tem os dados, mas não consegue tirar a mulher negra dessa invisibilidade. Nós, mulheres negras, continuamos em marcha para o nosso bem viver, que não é só para nós, mas para sociedade", diz Joseane Lima, do Movimento de Mulheres Negras

A professora de Pedagogia da Universidade de Brasília (UnB) Rita Silvana dos Santos acredita que falta professoras negras na educação básica. "Esse fato se deve porque, para atuar como docente na educação básica é necessária formação de nível superior, mas os negros no Brasil ainda têm baixa escolaridade, por ausência de políticas públicas nessa área."

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Pré-candidatura de Manuela é promissora para país, diz Flávio Dino

Em entrevista durante a sua participação no 14º Congresso Nacional PCdoB, neste sábado (18), em Brasília, o governador do Maranhão, Flávio Dino, comentou o anúncio da pré-candidatura de Manuela D’Ávila à Presidência da República pelo partido.


Por Dayane Santos

“Em 2018, temos um quadro desafiador, porém promissor. E a pré-candidatura da Manuela integra esse conjunto de dados promissores na medida em que é um quadro político qualificado, experiente, vem de vitórias eleitorais expressivas no campo parlamentar e de um estado importante para a luta política nacional”, afirmou.

O governador maranhense endossou a proposta da articulação de uma frente ampla nas eleições de 2018.

“É importante mantermos a unidade programática do nosso campo político e, com isso, apresentar à população uma alternativa que mereça credibilidade e que receba apoio popular, que é decisivo para que a gente possa vencer a eleição presidencial e também eleger as nossas bancadas e avançar”, disse.

Segundo ele, o país vem de uma trajetória política difícil e complexa, em razão do impeachment e todas as suas consequências. “A população está vivendo e sentindo essa quadra de retrocessos de direitos, de perda da dimensão do projeto nacional de desenvolvimento, perda de soberania e autonomia energética, de impulso às políticas públicas que nós vivemos após 2003”, declarou.

Apesar disso, Flávio Dino acredita que há sinais “positivos no horizonte”. “A conjuntura que se abriu após o equivocado e inconstitucional impeachment permitiu com mais clareza que a população identificasse onde reside os seus reais interesses e, por isso, acredito numa vitória do nosso campo em 2018, na medida em que há um óbvio fracasso da alternativa que se criou após aprovação do impeachment”, avaliou.

domingo, 19 de novembro de 2017

Charge dos nossos dias

Por Renato Aroeira


Marcelo Campos Pinto, ex-diretor da Globo, era membro de Comitê da FIFA

Ao mesmo tempo em que era diretor da Rede Globo e negociava contratos de transmissão de partidas para a emissora, executivo também ocupou Comitê de Imprensa da FIFA.


O ex-diretor da Globo Esporte, Marcelo Campos Pinto, tornou-se uma das peças-chave para a emissora de televisão ser posta contra a parede no escândalo da FIFA, com o julgamento do ex-presidente da CBF, José Maria Marin, em Nova York, nesta semana. A Rede Globo nega participação nos ilícitos. Mas o GGN comprovou que o executivo chegou a ocupar posto no Comitê de Imprensa da FIFA em 2014.

O ex-diretor da Globo era o responsável por negociar os contratos da emissora para as transmissões dos torneios de futebol. Sua relação de grande amizade com cartolas como Marco Polo Del Nero levantou suspeitas contra o executivo. Passou a ser alvo direto das acusações, durante os depoimentos de Alejandro Burzaco, empresário argentino da Torneos y Competencias (ex TyC).

Burzaco narrou que o  então diretor da Globo Esporte reuniu-se com os dirigentes para aceitar repasses da ordem de US$ 600 mil a Marín e Del Nero, e que, posteriormente, a emissora aceitou pagar outros US$ 15 milhões ao vice-presidente da FIFA na época, Julio Grondona, juntamente com a Televisa e Torneos y Competencias para as transmissões das Copas do Mundo de 2016-2030 no Brasil e América Latina.

O GGN mostrou durante esta semana reportagens que comprovam o elo, que ia para além de cortesias profissionais, entre Marcelo e os cartolas do esquema criminoso e que somente hoje faz a emissora se tornar alvo direto das investigações da FIFAgate. Em comunicado, a Globo nega as irregularidades e que "não pratica nem tolera qualquer pagamento de propina".

Agora, o GGN comprova que Marcelo Campos Pinto não apenas era o responsável pelos contratos da Globo e mantinha relação de amizade com os investigados do escândalo, como ainda chegou a ocupar posto no Comitê de Imprensa da FIFA.

A informação foi divulgada, primeiramente, pelo jornalista Jamil Chade, em sua conta no Twitter, com a fotografia:


O nome, como se verifica na imagem, de Marcelo Pinto aparece ao lado da bandeira do Brasil e caracterizado como "membro" do Comitê. Entretanto, sem a especificação da data em que o executivo integrava comitê de decisões internas da FIFA, e nenhuma outra informação sobre o tema foi divulgada.
Na página oficial, o nome de Marcelo Pinto não estava mais na lista de membros do setor:

Os esforços para apagar o nome do empresário em associação à FIFA mostraram-se ainda maiores. Em uma consulta, por meio Google, sobre o nome de Marcelo dentro do site da FIFA, um único resultado:

Ao clicar no endereço, uma página relacionada ao ex-diretor da Globo ainda resta nos resquícios do site. Entretanto, nada além é apresentado.

Por meio de uma análise do código HTML, o GGN identificou que a data de criação daquela página, relacionando Marcelo Pinto ao Comitê de Imprensa, é de 2014.

Naquele ano da Copa do Mundo realizada no Brasil, Marcelo comandou o Comitê de Imprensa da FIFA, fazendo parte da equipe diretiva da Rede Globo ao mesmo tempo. Um documento produzido à época, reproduzindo as informações que constavam no site oficial, ainda trazem os dados:

"Quem são os membros da FIFA?", pergunta o título que antecede a tabela com os nomes. Trata-se de um trabalho escolar de inglês, sobre a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, confirmando o ano em que o empresário ocupou Comitê interno da FIFA.

Dois anos antes de Marcelo Campos aparecer como membro da FIFA, para a Copa do Mundo no Brasil, o então diretor da Rede Globo afirmou em entrevista que a emissora estava "muito orgulhosa de trabalhar em parceria com a FIFA em muitos projetos relacionados à Copa das Confederações da FIFA 2013 e à Copa do Mundo FIFA 2014".

"Consideramos que o projeto envolvendo eventos de exibição pública é fundamental, pois servirá para reunir o país e aumentar o espírito alegre dos brasileiros em torno das Competições da FIFA", completava.

Patricia Faermann
No GGN

O Brasil da miséria voltou: Criança desmaia de fome em escola do DF

Fazia tempo que Brasil não convivia com notícias tão cruéis relacionadas à fome. Na última segunda-feira (13) – a informação veio à tona na sexta (17) – uma criança de 8 anos desmaiou de fome em uma escola pública do Distrito Federal.


A unidade de ensino recebe inúmeras crianças carentes que moram longe – muitas chegam a aula sem ter comido nada. O menino que desmaiou, no caso, mora em um conjunto habitacional do Minha Casa Minha Vida no Paranoá Parque.

Ele chegou na escola, de acordo com a professora Ana Carolina Costa, tremendo e chorando “Ele estava com a mão no peito, coração disparado, passando mal. Cheguei a levá-lo para a direção. Por lá, ele desmaiou duas vezes e não reagia”, contou.

O Samu foi chamado e a criança socorrida. Segundo relatos dos irmãos da criança, que são alunos da mesma escola, eles não comeram nada no domingo e, na segunda-feira, dia do desmaio, a única coisa que comeram foi um mingau de fubá.

A escola, após o episódio, doou uma sexta básica para a família do garoto. O Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF), por sua vez já pediu à Secretaria de Educação a construção de uma escola na região do Paranoá Parque. “Se não é possível construir agora, a escola tinha de, no mínimo, oferecer uma refeição na entrada: arroz, feijão e frango, e um lanche à tarde”, disse Samuel Fernandes, diretor da entidade.


Fonte: Revista Fórum

Prejudicados pela Reforma Trabalhista fazem greve em supermercado

Pouco mais de um mês depois da sanção da Reforma Trabalhista, o presidente Michel Temer fez mais uma de suas maldades sem chamar muita atenção. Um decreto assinado no dia 16 de agosto tornou a atividade dos supermercados essencial.

Mobilização dos funcionários começou de forma espontânea
Por Juliana Gonçalves

Na prática, isso abriu caminho para que funcionários sejam ainda mais explorados: desde então, as empresas não são mais obrigadas a pagar 100% de hora extra por domingos e feriados trabalhados. Agora, os efeitos começam a ser sentidos na prática. O que fez com que trabalhadores de uma das maiores redes de mercados do Rio, o Mundial, tivessem cortes de até R$700 no pagamento. Com isso, os funcionários cruzaram os braços:

“A gente está fazendo História, primeiro supermercado a parar”, afirmam.

Quando assinou o decreto, Temer afirmou que a legislação estava sendo atualizada “em favor dos empresários e do povo brasileiro que quer ir ao mercado no feriado e fim de semana”. Os trabalhadores foram esquecidos.

O movimento dos funcionários da rede, que emprega mais de 9 mil pessoas, nasceu de forma espontânea. Na segunda-feira (6), houve a primeira paralisação na Ilha do Governador, mas o supermercado não chegou a fechar. A notícia se espalhou em grupos de Whatsapp e chegou até a unidade da Praça da Bandeira, onde os colaboradores ocuparam a frente da loja, que acabou suspendendo o atendimento ao público. No dia seguinte, a onda de insatisfação chegou às unidades de Copacabana, Tijuca, Freguesia e Botafogo.

“Começou com duas meninas no caixa e quando o gerente anotou o nome de uma delas, as outras apoiaram e também pararam. Então, começou a vir o pessoal da peixaria, laticínio, mercearia. Veio todo mundo para a frente de loja porque doeu no bolso de todos. De início, a gente só queria 15 minutos de atenção para eles verem que a gente não estava dormindo. Não imaginávamos que teríamos toda essa repercussão. Vídeos começaram a circular no Whatsapp e encorajaram colegas de outras unidades”, contam funcionárias que pediram para ter a identidade preservada.

O corte dos benefícios foi o estopim para o movimento, porém o descontentamento dos trabalhadores com a empresa não é novo. Além da denúncia de acúmulo e desvio de função e da retenção do espelho de ponto, que impossibilitaria o funcionário de conferir as horas registradas, funcionários de frente de loja (operadoras de caixa, empacotadoras e fiscais) relataram não ter direito à pausa para lanche – nem mesmo as grávidas. Algumas pessoas conseguem a autorização para comer após apresentarem atestado médico. As caixas dizem também ter que esperar até uma hora pela rendição para ir ao banheiro.

O pagamento na rede é feito da seguinte forma: 40% no início do mês e o restante no fim, quando se somavam as horas extras dos dias da semana, os domingos e os feriados. Quem dependia desse dinheiro levou um susto ao receber o contracheque no fim do mês de outubro.

“Primeiro eles cortaram as horas extras pela metade, disseram que era para a gente se adaptar. Mas em seguida cortaram tudo. Depois, os domingos e em seguida os feriados. Tudo em um período de dois meses. E a gente já contava com esse dinheiro. Quem ganha menos acabou sentindo ainda mais”, afirmam funcionários.

O decreto de Temer dá segurança jurídica aos empresários para alocar funcionários para o trabalho nos domingos e feriados e a negociar com os sindicatos. No mês passado, na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), o Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro assinou um acordo com os supermercados em que o adicional dos feriados foi substituído por ajuda de custo fixa de R$30 em espécie ou vale-compras – o que foi sentido pelos trabalhadores neste mês. No caso do Mundial, o pagamento é feito em um vale-refeição, apelidado pelos funcionários de “vale-biscoito”, que só pode ser usado na própria rede.

Em assembleia realizada na sede do sindicato, que assumiu as negociações para que o movimento não seja declarado ilegal, os funcionários votaram pelo estado de greve e incluíram reivindicações a pauta. A mobilização que começou por conta das horas extras agora também pede o fim do acúmulo de função e o reenquadramento das caixas como operadoras de caixa ao invés de atendentes.

De acordo com os funcionários, após as paralisações, o Mundial voltou atrás em relação aos domingos e realizou o pagamento nas lojas. Porém, a questão dos feriados continua em aberto. Os trabalhadores acreditam que a pressão possa reverter a situação.

“Eu, sinceramente, acredito que vamos conseguir, mas não vamos desfrutar. A empresa já ‘visa’ a gente como pessoas demitidas”, afirma uma das funcionárias.

Para Mundial, a “situação já foi resolvida”

Questionado sobre o corte nas horas extras, o estado de greve dos funcionários e possíveis perseguições aos trabalhadores envolvidos na mobilização, o Mundial informou que a situação já está resolvida:

O Supermercados Mundial esclarece que a situação envolvendo os funcionários foi desencadeada em função de uma alteração na política de benefícios da rede, mas que já foi resolvida junto aos colaboradores.

Com 74 anos de atuação no mercado do Rio de Janeiro, a rede sempre investiu no bem- estar de seus funcionários, oferecendo plano de benefícios completo, incluindo: assistência médica e odontológica, alimentação no local, auxílio-creche, seguro de vida e funeral, cartão farmácia, prêmio por assiduidade, assistência social, assessoria jurídica, entre outros.

O Mundial afirma ter resolvido a questão por ter pago os domingos trabalhados aos funcionários. Porém, a rede ainda não se posicionou sobre as demais reivindicações. A primeira reunião de negociações entre o sindicato e os advogados da empresa aconteceu nesta quinta-feira (16) na Superintendência Regional do Ministério do Trabalho e Emprego (SRTE) no Rio. A empresa pediu mais tempo para analisar a pauta e um novo encontro foi marcado para o próximo dia 22. O estado de greve continua.

Fonte: The Intercept Brasil


De volta aos verdes tempos da cachoeira... Lançado o projeto Caminhos da Cachoeira em Diamante do Norte

Localizada em Diamante do Norte, a Estação Ecológica do Caiuá é o maior remanescente florestal contínuo do Noroeste do Estado. Com cerca de 1.500 hectares, o local é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, administrado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP). A proposta tem o objetivo de recuperar uma antiga cachoeira que existia dentro da Estação Ecológica do Caiuá e o lago no perímetro urbano do Município. O lançamento foi sábado (11).

Foto/Mapionet
O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e a prefeitura de Diamante do Norte, lançaram o projeto Caminhos da Cachoeira para recuperação do Ribeirão Diamante.

A proposta tem o objetivo de recuperar uma antiga cachoeira que existia dentro da Estação Ecológica do Caiuá e o lago no perímetro urbano do Município. O lançamento foi sábado (11).

O projeto prevê a revitalização das águas e matas ciliares no entorno do ribeirão para e recuperar o ecossistema local. O chefe regional do IAP em Paranavaí, Mauro Braga, explica que ao longo dos últimos 25 anos, a ação do homem contribuiu para a degradação da mata ciliar, má conservação de solos, alteração de profundidade, assoreamento, aparecimento de espécies exóticas, presença de lixo doméstico e destinação inadequada das águas de galerias pluviais.

“Tudo isso provocou perda na biodiversidade local e na qualidade da água, que agora precisam ser recuperadas”, explicou.

MEDIDAS - Ações de educação ambiental junto à comunidade estão entre as medidas previstas para recomposição da mata ciliar e a recuperação do lago no perímetro urbano. Além disso, haverá ações para conservação de solo, contenção de sedimentos das galerias pluviais no perímetro urbano e recolhimento de lixo doméstico.

Por isso, durante o lançamento do projeto, 60 pessoas participaram da campanha de recolhimento de lixo ao longo de 1,3 mil metros de extensão do ribeirão. Foram retirados 250 quilos de lixo. Além da população local, também participaram dessa atividade autoridades do município e voluntários.

ESTAÇÃO CAIUÁ - Localizada em Diamante do Norte, a Estação Ecológica do Caiuá é o maior remanescente florestal contínuo do Noroeste do Estado. Com cerca de 1.500 hectares, o local é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, administrado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Criada em 1994, com o objetivo de proteger a biodiversidade e o banco genético do Patrimônio Paranaense sob o domínio da Mata Atlântica, a Estação abriga várias espécies de fauna e flora ameaçadas de extinção da região. Entre elas: Peroba, Cedro, Ipê-roxo, Ipê-tabaco, Jatobá, Jequitibá, Tamanduá-mirim, Tatu-galinha, Macaco-prego, Paca, Capivara, Lontra, Gato-do-mato, Jaguatirica, Gavião-tesoura, Jacu.

A Unidade de Conservação também atrai diversos pesquisadores de diferentes estados, pois além da sua importância ambiental, possui infraestrutura que contribui para o desenvolvimento de estudos científicos ligados à área ambiental. Há alojamentos, laboratórios de fauna e flora, sala de estudos, refeitório e auditório.

Por se tratar de uma Estação Ecológica, as visitas devem ser agendadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...