APRESENTADO A COMARCA PARA O MUNDO E O MUNDO PARA A COMARCA

TEMOS O APOIO DE INFOMANIA SOLUÇÕES EM INFORMÁTICA Fones 9986 1218 - 3432 1208 - AUTO-MECÂNICA IDEAL FONE 3432-1791 - 9916-5789 - 9853-1862 - JOALHERIA OURO BRANCO 44 9839-3200 - NOVA ÓTICA Fone (44) 3432 -2305 Cel (44) 8817- 4769 Av. Londrina, 935 - Nova Londrina/PR - VOCÊ É BONITA? VENHA SER A PRÓXIMA BELA DA SEMANA - Já passaram por aqui: ESTEFANNY CUSTÓDIO - ELENI FERREIRA - GIOVANA lIMA - GIOVANA NICOLINI - EVELLIN MARIA - LOHAINNE GONÇALVES - FRANCIELE ALMEIDA - LOANA XAVIER - GABRIELA CRUZ- KARINA SPOTTI - TÂNIA OLIVEIRA - RENATA LETÍCIA - TALITA FERNANDA - JADE CAROLINA - TAYNÁ MEDEIROS - BEATRIZ FONTES - LETYCIA MEDEIROS - MARYANA FREITAS - THAYLA BUGADÃO NAVARRO - LETÍCIA MENEGUETTI - STEFANI ALVES - CINDEL LIBERATO - RAFA-REIS - BEATRYZ PECINI - IZABELLY PECINI - THAIS BARBOSA - MICHELE CECCATTO - JOICE MARIANO - LOREN ZAGATI - GISELE BERNUSSO - RAFAELA RAYSSA - LUUH XAVIER - SARAH CRISTINA - YANNA LEAL - LAURA ARAÚJO TROIAN - GIOVANNA MONTEIRO DA SILVA - PRISCILLA MARTINS RIL - GABRIELLA MENEGUETTI JASPER - MARIA HELLOISA VIDAL SAMPAIO - HELOÍSA MONTE - DAYARA GEOVANA - ADRIANA SANTOS - EDILAINE VAZ - THAYS FERNANDA - CAMILA COSTA - JULIANA BONFIM - MILENA LIMA - DYOVANA PEREZ - JULIANA SOUZA - JESSICA BORÉGIO - JHENIFER GARBELINI - DAYARA CALHEIROS - ALINE PEREIRA - ISABELA AGUIRRE - ANDRÉIA PEREIRA - MILLA RUAS - MARIA FERNANDA COCULO - FRANCIELLE OLIVEIRA - DEBORA RIBAS - CIRLENE BARBERO - BIA SLAVIERO - SYNTHIA GEHRING - JULIANE VIEIRA - DUDA MARTINS - GISELI RUAS - DÉBORA BÁLICO - JUUH XAVIER - POLLY SANTOS - BRUNA MODESTO - GIOVANA LIMA - VICTÓRIA RONCHI - THANYA SILVEIRA - ALÉKSIA LAUREN - DHENISY BARBOSA - POLIANA SENSON - LAURA TRIZZ - FRANCIELLY CORDEIRO - LUANA NAVARRO - RHAYRA RODRIGUES - LARISSA PASCHOALLETO - ALLANA BEATRIZ - WANDERLÉIA TEIXEIRA CAMPOS - BRUNA DONATO - VERÔNICA FREITAS - SIBELY MARTELLO - MARCELA PIMENTEL - SILVIA COSTA - JHENIFER TRIZE - LETÍCIA CARLA -FERNANDA MORETTI - DANIELA SILVA - NATY MARTINS - NAYARA RODRIGUES - STEPHANY CALDEIRA - VITÓRIA CEZERINO - TAMIRES FONTES - ARIANE ROSSIN - ARIANNY PATRICIA - SIMONE RAIANE - ALÉXIA ALENCAR - VANESSA SOUZA - DAYANI CRISTINA - TAYNARA VIANNA - PRISCILA GEIZA - PATRÍCIA BUENO - ISABELA ROMAN - RARYSSA EVARISTO - MILEIDE MARTINS - RENATHA SOLOVIOFF - BEATRIZ DOURADO - NATALIA LISBOA - ADRIANA DIAS - SOLANGE FREITAS - LUANA RIBEIRO - YARA ROCHA - IDAMARA IASKIO - CAMILA XAVIER - BIA VIEIRA - JESSICA RODRIGUES - AMANDA GABRIELLI - BARBARA OLIVEIRA - VITORIA NERES - JAQUE SANTOS - KATIA LIMA - ARIELA LIMA - MARIA FERNANDA FRANCISQUETI - LARA E LARISSA RAVÃ MATARUCO - THATY ALVES - RAFAELA VICENTIN - ESTELLA CHIAMULERA - KATHY LOPES - LETICIA CAVALCANTE PISCITELI - VANUSA SANTOS - ROSIANE BARILLE - NATHÁLIA SORRILHA - LILA LOPES - PRISCILA LUKA - SAMARA ALVES - JANIELLY BOTA - ELAINE LEITE CAVALCANTE - INGRID ZAMPOLLO - DEBORA MANGANELLI - MARYHANNE MAZZOTTI - ROSANI GUEDES - JOICE RUMACHELLA - DAIANA DELVECHIO - KAREN GONGORA - FERNANDA HENRIQUE - KAROLAYNE NEVES TOMAS - KAHENA CHIAMULERA - MACLAINE SILVÉRIO BRANDÃO - IRENE MARY - GABRIELLA AZEVEDO - LUANA TALARICO - LARISSA TALARICO - ISA MARIANO - LEIDIANE CARDOSO - TAMIRES MONÇÃO - ALANA ISABEL - THALIA COSTA - ISABELLA PATRICIO - VICTHORIA AMARAL - BRUNA LIMA - ROSIANE SANTOS - LUANA STEINER - SIMONE OLIVEIRA CUSTÓDIO - MARIELLE DE SÁ - GISLAINE REGINA - DÉBORA ALMEIDA - KIMBERLY SANTOS - ISADORA BORGHI - JULIANA GESLIN - BRUNA SOARES - POLIANA PAZ BALIEIRO - GABRIELA ALVES - MAYME SLAVIERO - GABRIELA GEHRING - LUANA ANTUNES - KETELEN DAIANA - PAOLLA NOGUEIRA - POLIANY FERREIRA DOS ANOS - LUANA DE MORAES - EDILAINE TORRES - DANIELI SCOTTA - JORDANA HADDAD - WINY GONSALVES - THAÍSLA NEVES - ÉRICA LIMA CABRAL - ALEXIA BECKER - RAFAELA MANGANELLI - CAROL LUCENA - KLAU PALAGANO - ELISANDRA TORRES - WALLINA MAIA - JOYCE SAMARA - BIANCA GARCIA - SUELEN CAROLINE - DANIELLE MANGANELLI - FERNANDA HARUE - YARA ALMEIDA - MAYARA FREITAS - PRISCILLA PALMA - LAHOANA MOARAES - FHYAMA REIS - KAMILA PASQUINI - SANDY RIBEIRO - MAPHOLE MENENGOLO - TAYNARA GABELINI - DEBORA MARRETA - JESSICA LAIANE - BEATRIS LOUREIRO - RAFA GEHRING - JOCASTA THAIS - AMANDA BIA - VIVIAN BUBLITZ - THAIS BOITO - SAMIA LOPES - BRUNA PALMA - ALINE MILLER - CLEMER COSTA - LUIZA DANIARA – ANA CLAUDIA PICHITELLI – CAMILA BISSONI – ERICA SANTANA - KAROL SOARES - NATALIA CECOTE - MAYARA DOURADO - LUANA COSTA - ANA LUIZA VEIT - CRIS LAZARINI - LARISSA SORRILHA - ROBERTA CARMO - IULY MOTA - KAMILA ALVES - LOISLENE CRISTINA - THAIS THAINÁ - PAMELA LOPES - ISABELI ROSINSKI - GABRIELA SLAVIERO - LIARA CAIRES - FLÁVIA OLIVEIRA - GRAZI MOREIRA - JESSICA SABRINNI - RENATA SILVA -SABRINA SCHERER - AMANDA NATALIÊ - JESSICA LAVRATE - ANA PAULA WESTERKAMP- RENATA DANIELI - GISELLY RUIZ - ENDIARA RIZZO - *DAIANY E DHENISY BARBOSA - KETLY MILLENA - MICHELLE ENUMO - ISADORA GIMENES - GABRIELA DARIENSO - MILENA PILEGI - TAMIRES ONISHI - EVELIN FEROLDI - ELISANGELA SILVA - PAULA FONTANA CAVAZIM - ANNE DAL PRÁ - POLLIANA OGIBOWISKI - CAMILA MELLO - PATRICIA LAURENTINO - FLOR CAPELOSSI - TAMIRES PICCOLI - KATIELLY DA MATTA - BIANCA DONATO - CATIELE XAVIER - JACKELINE MARQUES - CAROL MAZZOTTI - DANDHARA JORDANA - BRENDA GREGÓRIO - DUDA LOPES - MILENA GUILHEN - MAYARA GREGÓRIO - BRUNA BOITO - BETHÂNIA PEREIRA - ARIELLI SCARPINI - CAROL VAZ - GISELY TIEMY -THAIS BISSONI - MARIANA OLIVEIRA - GABRIELA BOITO - LEYLLA NASCIMENTO - JULIANA LUCENA- KRISTAL ZILIO - RAFAELA HERRERA - THAYANA CRISTINA VAZ - TATIANE MONGELESKI - NAYARA KIMURA - HEGILLY CORREIA MIILLER - FRANCIELI DE SANTI - PAULA MARUCHI FÁVERO - THAÍS CAROLINY - IASMIM PAIVA - ALYNE SLAVIERO - ISABELLA MELQUÍADE - ISABELA PICOLLI - AMANDA MENDES - LARISSA RAYRA - FERNANDA BOITO - EMILLY IZA - BIA MAZZOTTI - LETICIA PAIVA - PAOLA SLAVIERO - DAIANA PISCITELLE - ANGELINA BOITO - TALITA SANTOS Estamos ha 6 anos no ar - Mais de 700 acessos por dia, mais de um milhão de visualizações - http://mateusbrandodesouza.blogspot.com.br/- Obrigado por estar aqui, continue com a gente

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Reparou depois do golpe?


Copiei do face do Cássio Augusto Guilherme

Reparou? A Globo e a coxinhada trata o Eike Batista como vítima do sistema. Mentira! No capitalismo quem manda é o capital, os políticos são apenas os despachantes e a propina é o pagamento por entregar leis que favorecem a burguesia.

_ Reparou? No pós golpe as delações ficam em segredo e não "vazam" mais para a Veja, Globo, Folha, Estadão... será que é pq as delações agora incriminam o PMDB e PSDB?

_ Reparou? O atentado terrorista que matou seis muçulmanos numa mesquita no Canadá não é tratado como terrorismo... será que é porque o bandido é branco, universitário, cristão, pró Trump, anti aborto e a anti feminista?

_ Engraçado que esse monte de empresários presos não levanta o debate sobre como os ricos ficam ricos... será que a "meritocracia" é uma mentira e a burguesia enriquece mesmo é de forma ilícita?

_ E o Temer usurpador que inaugurou com selfies mais uma parte da transposição do rio São Francisco feita pelo PT?

_ Alguém avisa os caminhoneiros que o diesel subiu e o frete abaixou... ou aquela paralisação em 2014/15 foi mesmo golpista?

_ Diz a Constituição que um parlamentar não pode ser reconduzido a presidência da Câmara na mesma legislatura. O Rodrigo Maia (DEM) é o presidente da Câmara e está querendo ser reeleito na mesma legislatura... Mas depois do golpe, dane-se o que a Constituição diz, né!?

_ Reparou? A imprensa não enfatiza que Sérgio Cabral é do PMDB (ex-PSDB) e que o partido governou e quebrou o Rio de Janeiro nestes últimos dez anos... ah se fosse o PT!!

_ Reparou? A imprensa não enfatiza que o PCC nasceu dentro dos presídios do estado de São Paulo, governados pelo PSDB desde 1994... Ah se fosse o PT!!

_ O muro que Trump promete na fronteira com o México não é só para separar os EUA do México... é para separar os EUA e toda América Latina, mas a coxinhada acéfala continua sem entender nada!

_ Ah, e não sei se você ficou sabendo, mas a Justiça suspendeu o pagamento da multa que a Samarco/Vale tinha que pagar pelo "desastre" em Mariana... a Justiça decidiu que o 1,2 bilhões em multa que a governo Dilma/PT aplicou foi muito exagerado e maldoso com os capitalistas bonzinhos!

_ O governo golpista acaba de anunciar que terá que cortar R$ 4,7 bilhões de reais nos gastos públicos para o ano de 2017 para "se adequar" a PEC 55/241... sai dinheiro da saúde, educação e vai pra onde?

_ A inflação está em queda. Claro! Recessão econômica significa menos consumo que significa queda dos preços... Queda dos preços pq as pessoas não tem dinheiro para consumir!!

Colômbia - Mais de 4 mil guerrilheiros das Farc se preparam para a vida civil

Começou nesta segunda-feira (30) uma grande operação do Acordo de Paz na Colômbia. As zonas de transição das Farc receberam 4 398 guerrilheiros que vão baixar as armas e ingressar na vida civil.


Para mobilizar estes guerrilheiros foram desenvolvidas 36 operações a fim de leva-los às áreas conhecidas por zonas de transição, onde devem deixar as armas e iniciar o processo de adaptação. Fiscais de todo o mundo acompanham esta ação através do sistema de monitoramento da ONU.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, afirmou neste sábado (28) que os membros das Farc ficarão concentrados em 26 zonas. Esta ação foi negociada no acordo de paz assinado em novembro do ano passado para dar fim aos mais de 50 anos de guerra.

O alto comissário da paz, Sergio Jaramillo, qualificou como “um êxito” o translado dos membros das Farc feito durante o final de semana. Segundo ele, em algumas regiões a viagem dura até sete horas e precisa de uma estrutura de logística bastante complexa.

Segundo um documento oficial emitido pelo comissário, nesta segunda-feira (30) serão efetivadas mais cinco operações de mobilização. Estas vão atingir mais 598 homens e mulheres membros das Farc. Já há mais de 1500 guerrilheiros trabalhando no processo de adaptação, em breve serão mais de 6 mil ao total.

Com o acordo de paz ficou combinado que todos os membros das Farc deixarão as armas de voltarão à vida civil. Muitos pretendem estudar, cursar uma universidade e trabalhar para contribuir com o desenvolvimento de pequenas comunidades. Outros ingressarão na vida política, para tal, foi garantido um número de assentos no parlamento colombiano até as próximas eleições.

A Colômbia enfrenta mais de 50 anos de conflitos entre o governo e as guerrilhas. Além das Farc, agora o ELN (Exército de Libertação Nacional) também está negociando um acordo de paz. No entanto, o governo terá um outro desafio, ao final deste processo: combater o crime organizado e o paramilitarismo.

Do Portal Vermelho, com Telesur

Golpe devolve 4,3 milhões de famílias às classes D e E


Levantamento feito pela Tendências Consultoria com base na Pnad e em dados da Receita Federal - divulgados até 2015 e projeções para 2016 - prova que golpe parlamentar produziu efeitos perversos, especialmente entre a população mais pobre.

Segundo o estudo, divulgado pelo jornal Valor nesta segunda-feira, 30, as classes D e E ganharam 4,3 milhões de famílias nos últimos dois anos e voltaram a representar 56,5% do total de domicílios do país, nível próximo do registrado em 2011, 57,4%.

Nestes dois anos de 2015, quando a aliança entre o senador Aécio Neves (PSDB) e o então presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) apostaram na política do "quanto pior, melhor", e de 2016, quando o produto desta irresponsabilidade foi a ascensão de Michel Temer à presidência, a classe C perdeu 670 mil integrantes, a B, 1,2 milhão - o saldo mais negativo em termos absolutos - e a A, 475 mil, retração de 17,7% sobre 2014, a maior em termos percentuais.

O economista Adriano Pitoli, autor da análise, diz que a mobilidade social só será retomada a partir de 2018, e em ritmo mais lento do que o observado até 2013. Com a mudança da dinâmica econômica, menos atrelada ao consumo daqui para frente, ele diz, a classe C, por exemplo, deve ter evoluções modestas nos próximos dez anos.

O avanço no grupo de menor rendimento, afirma Renato Meirelles, do Instituto Locomotiva, acompanha a alta do desemprego no país e revela a face mais negativa da atual recessão. "Foi quem perdeu o emprego e hoje faz muito bico, trabalho provisório".

Fonte: Brasil 247

Charge dos nossos dias

Por Dalcio Machado


segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Relator no TSE vai propor cassação de Temer

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
A homologação das delações premiadas da Odebrecht, que deverá ser feita pela presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, até a terça-feira (31) tem potencial para derrubar Michel Temer.

Isso porque, ato contínuo, o ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral, irá pedir que as delações que atingem Temer (são pelo menos quatro) sejam anexadas no processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer.

Além disso, já foram identificadas doações fruto de propina que teriam sido articuladas por Temer e um de seus principais aliados, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que hoje está preso em Curitiba.

Uma delas, no valor de R$ 1 milhão, foi feita pelo grupo Libra para renovar suas concessões portuárias, após um jantar entre o empresário Gonçalo Torrealba, chefe da empresa, Temer e Cunha.

Temer irá pedir a separação entre suas contas e as da presidente deposta Dilma Rousseff, mas o ministro Benjamin não acatará esta tese e deve propor a cassação da chapa.

Neste cenário, o Brasil poderá ter eleições indiretas em 2017, com um novo presidente sendo escolhido por um Congresso com mais de 200 parlamentares investigados, ou diretas, caso haja um novo pacto político no País.

Os detalhes da ação no TSE estão em reportagem de Daniel Pereira, na revista Veja deste fim de semana.

Fonte: Brasil 247

Goleira oriunda do MST é convocada para Seleção Brasileira de futebol

Maike Weber passou boa parte de sua infância no Assentamento Conquista na Fronteira, no oeste de Santa Catarina.


A assentada do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) Maike Weber, 24 anos, será a nova goleira da Seleção Brasileira feminina de futebol. A catarinense, natural da cidade de Maravilha, mas que passou boa parte de sua infância com os pais, no assentamento do Movimento em Dionísio Cerqueira, também em Santa Catarina, foi convocada pela técnica Emily Lima para um período de testes na Granja Comary, centro de treinamentos do time nacional, entre os dias 6 e 11 de fevereiro.

A goleira, que hoje atua pelo Flamengo - clube que mantém parceria com a Marinha brasileira - revela que não conteve a emoção ao receber a notícia da convocação. “Chorei ali mesmo antes de começar o treino”, diz Maike, em entrevista exclusiva para o Brasil de Fato.

Essa é a primeira convocação de Maike, que é sobrinha de Marlisa Wahlbrink, a “Goleira Maravilha”, que defendeu a Seleção Brasileira por mais de 10 anos. Foi a tia quem encorajou a goleira a realizar o sonho de ser jogadora profissional. “Foi por meio dela que consegui o meu primeiro time. Ela sempre deu o suporte necessário para que eu enfrentasse tudo com a cabeça erguida, e seguir em frente diante das dificuldades que eu iria encontrar”, disse.

Maike Weber conta que sempre jogou, “desde pequena com meus irmãos, meus amigos”. Mas revela que só em 2008 teve coragem de contar aos pais seu desejo de se tornar atleta. “Fui em busca dos meus sonhos. SaÍ de Dionísio Cerqueira, uma cidade pequena, com pouco mais de 14 mil habitantes, para encarar a cidade grande lá fora”, lembra.

Ainda assimilando a conquista, a goleira disse que pretende “treinar cada vez mais forte para me firmar na Seleção Brasileira”. Outro sonho é jogar por uma equipe fora do Brasil, “onde o futebol feminino é muito mais valorizado”, disse.

Conquista na Fronteira

O Assentamento Conquista na Fronteira, situado na divisa entre Brasil e Argentina, local onde a goleira cresceu, é uma referência internacional. Em 1990, dois anos após a conquista do assentamento, os agricultores sem-terra organizaram no local a Cooperunião, uma Cooperativa de Produção Agropecuária (CPA), onde todas as questões são resolvidas em Assembleia Geral.

A iniciativa dos agricultores privilegia e garante a alimentação das 43 famílias e mais de 120 pessoas que vivem no local e também se tornou uma fonte de geração de renda, a partir da bovinocultura para a produção de leite e corte, da avicultura e da produção de grãos como o feijão, além da criação de abelhas para a extração de mel.

As famílias que ocuparam o assentamento Conquista na Fronteira e construíram a Cooperunião estavam entre as primeiras que ocuparam latifúndios em Santa Catarina, em 1985, nos municípios do oeste do estado, logo nos primeiros passos do MST, enquanto organização.

Por seu pioneirismo, o assentamento é constantemente visitado por estudantes, pesquisadores, integrantes de governos, militantes sociais e demais interessados em conhecer a experiência da reforma agrária em Santa Catarina.

 Fonte: Brasil de Fato


Apenas 36% dos empregados do agronegócio têm carteira assinada


O agro é informal. Uma pesquisa do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq-USP), mostra que, considerando todos os segmentos do agronegócio, apenas 36% dos empregados têm carteira assinada. Um terço do total (33%) “atua por conta própria”. Outros 15% trabalham sem carteira assinada. Somente 4% são empregadores.

A pesquisa relativa ao ano de 2015 foi divulgada nesta quarta-feira (18/01). Nã0 inclui aqueles que produzem para o consumo, os camponeses. O resumo pode ser lido aqui: “Agronegócio emprega 19 milhões de pessoas no Brasil“.

Entre os 19 milhões de trabalhadores do setor, 9 milhões trabalham no segmento primário. Eles possuem uma renda mensal média de R$ 891, no caso da agricultura, e R$ 998, no caso da pecuária.

A pecuária reúne 3,16 milhões desses 9 milhões de trabalhadores. Outros setores de destaque são os grãos (16% ) e o café (12%).

O segmento de serviços emprega 5,67 milhões de trabalhadores agrícolas, segundo o site Universo Agro, em notícia reproduzida no site do Cepea. Outros 4,1 milhões de trabalhadores estão na agroindústria.

 Fonte: Brasil de Fato


Justiça suspende decreto de Trump contra a entrada de imigrantes

A Justiça Federal dos EUA suspendeu na noite desse sábado (28), as deportações de refugiados e cidadãos de sete países de maioria muçulmana (Irã, Iraque, Líbia, Sudão, Somália e Síria) barrados nos aeroportos americanos após decreto assinado pelo presidente Donald Trump.


A juíza Ann M. Donnelly, da Corte Federal do Brooklyn, aceitou um pedido da União Americana pelas Liberdades Civis (ACLU, da sigla em inglês), em ação interposta depois que dois iraquianos foram detidos na sexta-feira (27) no aeroporto John F. Kennedy, em Nova York. O grupo estima que entre 100 e 200 pessoas foram afetadas até o momento pelo decreto.

Segundo a magistrada Ann M. Donnelly, a implementação da ordem de Trump e o envio dos viajantes de volta para seus países pode causar a eles "danos irreparáveis". A juíza cobrou ainda do governo uma lista com os nomes de todas as pessoas retidas nos aeroportos do país nos últimos dois dias.

 Fonte: Brasil 247


Ministro escancara que quer correr para entregar pré-sal à Exxon


O governo de Michel Temer pretende acelerar a entrega do pré-sal brasileiro a grande petroleiras estranheiras. Um dos principais objetivos do golpe parlamentar que retirou a presidente Dilma Rousseff, as áreas exploratórias do pré-sal serão objeto de um "megaleilão" neste ano.

Reportagem de Anne Warth, da agência 'Broadcast' deste domingo, 29, mostra que o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, não esconde a pressa do governo em vender os campos do pré-sal, que serão apresentado em fevereiro pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustívesis (ANP).

"Para atrair outras empresas, como a ExxonMobil e outras grandes, e eles estão de olho no pré-sal, a ideia seria colocar novas áreas e, em vez de esperar 2018, fazermos em 2017", diz o ministro. Em março, o governo pretende aprovar o leilão em reunião extraordinária do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE). "Assim, podemos marcar a licitação para novembro."

A expectativa do governo é que o leilão já seja realizado sem a exigência de conteúdo local, o que deixa a indústria naval e do petróleo em dificuldade ainda maior. Coelho Filho defende que a antecipação do leilão é a melhor forma de atrair grandes investidores.

Em maio, a União fará um leilão de áreas exploratórias em terra (onshore); em junho, serão leiloadas áreas no entorno de quatro blocos já em operação no pré-sal (Carcará, Sapinhoá, Tartaruga Verde e Gato do Mato, todas na Bacia de Santos) e, em setembro, haverá a 14.ª rodada de blocos marítimos, mas no pós-sal (mais próximos da superfície, embora alguns também em águas profundas).

Até hoje, o governo só realizou um leilão no pré-sal. Licitado em 2013, o campo de Libra foi arrematado, sem concorrência, por um consórcio formado pela Petrobrás, Shell, Total e as chinesas CNPC e CNOOC.

 Fonte: Brasil 247


Saúde: Congelamento por 20 anos é "estado de sítio", diz Procuradora

O congelamento dos gastos da União por 20 anos, previsto na Emenda Constitucional 95/2016 (EC), é um “estado de sítio fiscal” que vai provocar o aumento das demandas judiciais por atendimento na área da Saúde. A opinião é de Élida Graziane Pinto, procuradora do Ministério Público de Contas do Estado de São Paulo.


Élida abordou o tema na quinta-feira (26), durante a 289ª reunião ordinária do Conselho Nacional de Saúde (CNS). Ela participou do painel “Cenário do SUS pós EC 95”, em que os debatedores apontaram o congelamento de gastos da União como fator de redução da cobertura assistencial do SUS.

“Não se pode obstar que as pessoas continuem a demandar em juízo a efetividade do direito à saúde. Então teremos um cenário muito próximo, um avanço muito grande de demandas judiciais não apenas por medicamentos e procedimentos individuais, mas também no âmbito da tutela coletiva”, afirmou a representante do Ministério Público.

Segundo ela (foto), o aumento das ações coletivas se dará por fatores como, por exemplo, o não cumprimento, pela União, das pactuações firmadas na Comissão Intergestores Tripartite (CIT). Essa instância define as responsabilidades sanitárias dos gestores do SUS nas três esferas de governo.

Ao falar sobre a CIT, Élida destacou que o próprio ministro da Saúde, Ricardo Barros, admitiu não cumprir a totalidade das pactuações dessa instância. “Me agrada começar esse debate trazendo a fala do próprio ministro da Saúde, que reconhece que a União só cumpre quarenta e três por centro do que pactua na CIT. Isso abre uma fronteira, que até então eu não conhecia, de demandas no Judiciário”, declarou a procuradora de contas.

Descumprimento

Ela também criticou o fato de os planos nacionais de Saúde, que são aprovados pelo Conselho Nacional de Saúde, não estarem vinculados à Lei Orçamentária. Lamentou que, embora os planos sejam importantes por trazerem diagnósticos das prioridades alocativas de recursos, isso não se revela nas leis orçamentárias. E cobrou do Conselho uma postura mais rígida em relação a esse problema.

“Eu queria muito lhes pedir para exigirem um mínimo de prestação de contas aderente na forma do artigo setenta e quatro da Constituição. O Conselho Nacional de Saúde pode exigir do Ministério da Saúde as justificativas para o distanciamento entre o planejado e o executado. O artigo setenta e quatro da Constituição exige isso: que o controle interno avalie o executado à luz do planejado e questione por que há uma distorção tão grande”, afirmou.

Também participou do painel o economista Francisco Funcia, consultor da Comissão Intersetorial de Orçamento e Financiamento (COFIN) do Conselho Nacional de Saúde. Ele reafirmou, conforme explanações anteriores, que a EC 95 despreza fatores como a mudança do perfil demográfico da população. “Há uma mudança do perfil demográfico que aponta para uma maior participação dos idosos em relação à população total, o que requer gastos maiores com atendimento a saúde”, disse ele.

Via – Portal Vermelho

Charge dos nossos dias

Por Renato Aroeira


sábado, 28 de janeiro de 2017

MARILENA- Prefeito Zé do Peixe decreta estado de calamidade financeira em Marilena

Dívidas do município ultrapassam os R$ 5,5 milhões, decreto de calamidade financeira tem duração de 120 dias.

Prefeito Zé do Peixe: O valor da dívida pode subir ainda mais com o levantamento que estamos fazendo
Com dívidas herdadas que ultrapassam os R$ 5,5 milhões, o prefeito de Marilena, José Aparecido da Silva (Zé do Peixe) decretou ontem estado de calamidade financeira nos cofres do município.

“Esse valor deve subir ainda mais com o levantamento que estamos fazendo, só para se ter uma ideia descobrimos nos últimos dias uma dívida de R$ 820 mil em notas estornadas que desapareceram”, disse o gestor.

De acordo com Zé do Peixe as irregularidades encontradas  são inúmeras, entre elas a falta de pagamento dos fornecedores e prestadores de serviços que ultrapassam a casa dos R$ 5,5 milhões. Somente de dívidas com notas que não foram empenhadas e consequentemente não pagas a prefeitura deve mais de R$ 1 milhão. Já a dívida flutuante, que são as de curto prazo com notas empenhadas e não pagas o valor ultrapassa R$ 1,7 milhões. “Todos os dias aparecem novos fornecedores e prestadores de serviços cobrando por seus trabalhos”, disse o gestor que deve entregar toda a documentação com indícios de fraudes ao Ministério Público. “Mandamos cancelar mais de R$ 108 mil em cheques sem fundo emitidos nos últimos dias de dezembro”. 

O gestor disse ainda ter herdado a folha de pagamento do mês de dezembro no valor de R$ 1,1 milhão. “Deixaram a folha, mas sem dinheiro empenhado em caixa para o pagamento”, disse o gestor que exonerou 14 cargos comissionados no início do mês.

Zé do Peixe relatou que o limite com a folha em dezembro ultrapassou os 60% da arrecadação, o que é vedado por Lei, o limite máximo permitido é de 54%. “Estamos tomando algumas medidas de contenção de despesas para diminuir o índice de gastos, só assim não teremos problemas com a liberação de certidões e envio de recursos para o município”.      
           
Com o decreto de ontem o município tem 120 dias para apurar as contas, renegociar contratos e realizar serviços vitais na cidade. Também durante esse prazo fica vedada a concessão de férias, licenças prêmios e horas extras que impliquem em novas despesas para os cofres municipais.   

Zé do Peixe relatou ainda que o município está fazendo boletins de ocorrências policiais para apurar o desaparecimento de pneus, baterias e peças da frota. “Só estou com duas máquinas trabalhando, o restante está tudo parado, os próprios servidores estão tentando arrumar algumas”, finalizou o gestor que na próxima semana deve estar em Curitiba na busca de recursos para cidade.

IZABELLY PECINI – A B ELA DA SEMANA


Bom é contemplar a beleza feminina e com ela purificar as retinas no colírio natural proveniente destas mulheres de encantos mil... Destas mulheres que igualmente a esta que hora apresentamos tem o dom de fascinar mediante a formosura contida em sua imagem de Deusa, no rol das únicas consta o nome dela e por este motivo, ela está aqui para que através dela seja enaltecida a grandeza feminina...

A grandeza feminina está nos traços, nos mínimos detalhes que dão forma ao espetáculo mulher denominado Izabelly Pecini, à ela e para ela destinamos os vivas que ofertamos àquelas dignas de louvor, pois, uma vez bela, esta beldade tem o direito de por seus pés neste pedestal de indizíveis, e aqui estando, é impossível não nos seduzirmos por ela que por assim ser, tem o dom da sedução.

Seduzir é uma vocação das mulheres, uma peculiaridade destas que iguais a Izabelly , estão cientes de suas qualidades e supremacia perante a tudo que existe na terra, se a definição da beleza fosse feita minuciosamente, daríamos conta que tal beleza se culminaria na imagem da mulher, da mulher em sua juventude, e desta forma, chegaríamos a Izabelly Pecini, sendo assim, no destino de enaltecermos as mulheres, é impossível não irmos até ela, seria impossível não chegar a hora e a  vez de aqui estar Izabelly Pecini.

E para o deleite dos nossos olhos ela está aqui, com todas as qualidades requisitadas em uma bela mulher, Izabelly representa com maestria aquilo que desejamos ver em uma musa, o quadro bela da semana, certamente fica aquém do título de bela ao qual Isabelly é condecorada, a bela que hora adorna nossa página, é bela em todos os tempos, seja nesta semana ou em tempos vindouros, porém, como é de praxe aqui apresentarmos uma flor de formosura, é justo que nos sete dias que seguem, o trono das belas seja propriedade de Izabelly Pecini.

À ela os vivas e os brindes à beleza sem Igual, para ela os louvores de quem tem méritos, no céu das belas ela é estrela de primeira grandeza, na constelação das musas, Izabelly cintila seu brilho mais intenso.

Apreciemo-na sem moderação, ela que nasceu mulher, ela que possui a beleza incontestável, ela que é destaque nesta página e que merece ser reconhecida entre as inefáveis...

Os olhos deleitosos são os olhos que olham para ela...

Aqui está a beleza feminina em sua excelência, Izabelly Pecini é a Bela da Semana.

*IZABELLY FERNANDA PECINI LICARDI – Marilena/PR filha de Katielly Pecini e Fábio Liciardi. Izabelly é torcedora do Santos e estuda o 1° ano do ensino médio , Colégio Estadual Princesa Izabel de Marilena.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Charge dos nossos dias

Por Renato Aroeira

Na era Temer, reservas da Petrobras caem a pior nível desde 2001


A política de desmonte da Petrobras, que inclui desinvestimentos e vender barato ativos para petroleiras estrangeiras, derrubou o volume de reservas da companhia pelo segundo ano seguido. A queda em 2016 foi de 8% e colocou as reservas da petroleira nos níveis mais baixos desde 2001. De acordo com a Agência Nacional de Petróleo (ANP), a Petrobras perfurou em 2016 apenas dez poços, o menor patamar desde 1954.

A companhia fechou o ano com volume de reservas provadas de 12,514 bilhões de barris de óleo equivalente (boe), ante 13,279 bilhões de boe no fim de 2015.

De acordo com matéria do jornal Valor Econômico, a Petrobras até tem incorporado mais barris às suas reservas, mas as novas descobertas não conseguem compensar as perdas causadas pelos desinvestimentos e pela produção. A partir de novas descobertas, em especial no campo de Búzios - no pré-sal da bacia de Santos - a estatal  adicionou 103 milhões de barris de boe  às suas reservas. O volume é mais que cinco vezes as descobertas de 2015.

Ocorre que a produção consumiu 925 milhões de boe, e a venda ativos, sobretudo na Argentina, agravaram a situação, uma vez que retiraram das reservas 153 milhões de boe.

Em entrevista ao Valor, o geólogo Pedro Zalán considerou que a queda nas reservas é preocupante.  "Claramente a falta de investimentos exploratórios está afetando seriamente o valor da Petrobras. Seu maior patromônio são as reservas de petróleo, e o reabastecimento delas devia ser algo contínuoe ininterrupto", opinou.

Petroleiros e engenheiros da petrobras também têm se posicionado contra a política de corte de investimentos e entrega do patrimônio levada adiante pela atual gestão da Petrobras. Na contramão do que dizem especialista, o presidente da companhia, Pedro Parente, mantém a estratégia do desmonte.

Por isso, a tendência é de que as atividades continuem em baixa nos próximos anos. Isso porque o plano de negócios da petroleira prevê um corte de US$ 1 bilhão em relação ao montante que investiu em 2015, total já considerado baixo.

Via - Portal Vermelho

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

SUCATEADO - Prefeito de Itaúna do Sul encontra problemas no pátio de Prefeitura

Quando a oposição assume um governo, é comum e esperado que ela mostre as vísceras da gestão anterior, em Itaúna do Sul não é diferente:

Caminhão utilizado nos serviços está parado
O prefeito de Itaúna do Sul, Evandro Marcelo da Silva (PMDB) assumiu a administração municipal em 1º de janeiro com sérios problemas na frota municipal. Além de veículos danificados, a Prefeitura tem um déficit de maquinário para a realização de obras de infraestrutura, como pás-carregadeiras, moto-niveladoras, tratores, caminhões, entre outros.

Os problemas atingem também ônibus do transporte escolar e ambulâncias da Secretaria da Saúde.

Máquinas necessitam de manutenção com troca de peças
Sem esses equipamentos, de acordo com o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Delcino Leonildo de Sá, as obras como manutenção da malha viária, recuperação de vias rurais e outros serviços de melhorias na cidade estão sendo seriamente prejudicadas, como a limpeza pública no perímetro urbano e outras manutenções.

Delcino informou que peças boas dos maquinários em situação mais crítica estão sendo realocadas nas máquinas cujo estado é menos grave. “Não tem outra saída”, falou o gestor.

Caminhão compactador de lixo também necessita de manutenção

Máquinas enviadas através do PAC necessitam de manutenção


Via - Diário do Noroeste

Repetições da História: tragédias e farsas

“A história aparece como tragédia e se repete como farsa”, escreveu Karl Marx no livro “Dezoito Brumário de Louis Bonaparte”, em 1852. Estudamos História para iluminar o entendimento do presente ou para nos servir como guia a seguir no futuro desconhecido?


Por *Fernando Nogueira da Costa

A heurística – a arte de inventar ou fazer descobertas – mostra que as pessoas fazem seus julgamentos baseadas na similaridade entre situações atuais e outras situações vividas ou protótipos daquelas situações. Essa ligação heurística conduz-nos a acreditar que novo evento “parece igual” a alguma experiência prévia e confundir “aparência” e “realidade”. Porém, “semelhança com a verdade não é o mesmo que a verdade”…

Por exemplo, o populista de direita, Jânio Quadros, era avesso a partidos. Elegeu-se como deputado estadual, deputado federal, prefeito da capital paulista e governador estadual e presidente da República por coalizões improvisadas, sem se ater a nenhuma agremiação, sem ligar para nenhuma ideologia política. Confiava mais no instinto e no talento cênico.

Seus discursos giravam em torno de dois temas de eterno apelo eleitoral: o combate à corrupção e a má qualidade da gestão pública. Ele cultivava a imagem de administrador incorruptível, ou seja, o que o moralismo inculcado como fosse a única “regra do jogo” a ser seguida por todos os políticos. Há eleitor que só cobra isso.

Na campanha para presidente, Jânio se apresentou como o candidato solitário contra a coligação de partidos poderosos, o defensor dos interesses dos mais pobres: transporte coletivo, escolas, hospitais. Na prática presidencial, obedecia apenas ao instinto populista, ocupando-se de assuntos desproporcionais à importância do cargo que exercia. Não descentralizava o Poder Executivo para se cuidar de “detalhes”.

Combinou iniciativas simpáticas à esquerda – como a condecoração a Che Guevara – com medidas simpáticas aos conservadores moralistas – como o aumento do horário de expediente do funcionalismo e a proibição do lança-perfume, do desfile de maiô nos concursos de miss, da briga de galos e das corridas de cavalos em dias úteis!

Ao renunciar, subitamente, imaginava ter cacife para pedir um voto de confiança à sua permanência no Poder. No entanto, já tinha brigado com quase todos os parlamentares e políticos aliados. Jânio sabia que Jango Goulart, herdeiro do getulismo, seria inaceitável para a casta dos guerreiros. Imaginou que os militares, os governadores e, principalmente, o povo, iriam às ruas para chamá-lo de volta ao Palácio. Ele aceitaria, mas com a condição de poder governar sem muita interferência do Congresso e dos partidos. (In)felizmente, ninguém pediu que ele voltasse…

Diante do risco de guerra civil, políticos mais sensatos trataram de costurar um acordo de conciliação: Jango assumiu, mas o poder da Presidência foi diluído com a implantação do regime parlamentarista. O próprio presidente rompeu o acordo no ano seguinte. Antecipou o plebiscito sobre o sistema de governo, que só deveria ocorrer em 1965, e venceu facilmente. Trinta anos depois (1993), o parlamentarismo foi novamente rejeitado em novo plebiscito. O povo brasileiro não confia em parlamentares.

Depois de ficar isolado à direita e à esquerda, Jango enveredou por uma desastrada estratégia populista no fim de seu período no poder. Decidiu passar por cima da política convencional e falar diretamente ao povo, prometendo lançar o governo na campanha pelas reformas de base: reforma agrária, urbana, tributária, educacional, bancária, administrativa, a estatização das refinarias de petróleo e o controle da remessa de lucro das multinacionais. Buscava ocupar a liderança do movimento nacional-reformista.

Uma atitude conciliadora teria lhe permitido completar o mandato? Provavelmente não, dados os ódios e ressentimentos da casta dos militares a fermentar desde a Era de Getúlio Vargas. As famílias Goulart e Vargas eram vizinhas e amigas em São Borja, no Rio Grande do Sul. Ao retornar à Presidência pelo voto direto em 1951, Getúlio levou o jovem Goulart, então com 32 anos, para o governo. O critério brasileiro do Homem Cordial na escolha afetiva de “alguém da cozinha do Palácio” para ser seu sucessor foi adotado por Getúlio, assim como Lula o adotou na escolha da Dilma como sucessora. No Brasil, segue-se a indicação de “cacique político” e não se adotam as “eleições primárias” dentro dos partidos.

O vice-presidente em exercício, José Sarney, foi taxativo na primeira reunião ministerial da Nova República, em março de 1985: “é proibido gastar”. Ele leu o discurso que o presidente eleito indiretamente (contra Paulo Maluf) pelo Colégio Eleitoral, Tancredo Neves, ditara ao sobrinho Francisco Dornelles, uma típica escolha de clã dos Neves. Indicava o que seria o familismo do governo caso esse conservador não tivesse morrido.

Em 1989, havia três décadas que os eleitores brasileiros – de outra geração que desconhecia o passado – não elegiam um presidente por voto direto. O último fora Jânio Quadros, em 1960. Duas décadas de ditadura militar e mais o impopular governo José Sarney, com a politicagem explícita do PMDB oligárquico, a corrupção e a hiperinflação, ajudaram a reforçar a aversão popular aos políticos mesquinhos e personalistas.

Collor se apresentou como um “estranho no ninho” da política tradicional e “sem rabo preso” com os partidos. O candidato batia em Sarney e corriola como o povo desejava. Escondeu que era herdeiro de uma dinastia política da oligarquia alagoana – um típico playboy das “carteiradas” usuais entre os “filhos do poder”. Collor desfraldou a bandeira do combate aos altos salários de servidores públicos e criou sua persona política: “o caçador de marajás”. Assustou o eleitor alienado com o suposto esquerdismo do PT e ganhou a eleição contra Lula. O presidente corrupto teria provavelmente se safado se as desavenças dentro do clã Collor não tivessem transbordado para a imprensa. E não estivesse isolado no Congresso.

Estelionato Eleitoral, também conhecido como “giro político”, é um conceito da Ciência Política utilizado para descrever os casos de candidatos eleitos com uma plataforma ideológica que, após a eleição, adotam um programa ideológico contrário. Um membro da casta dos sábios-intelectuais, FHC o cometeu no início do segundo mandato, dando uma reviravolta na política cambial e provocando um choque inflacionário a ser combatido com elevadíssima taxa de juro para gozo dos rentistas e desemprego dos trabalhadores. O povo ainda sofreu com o apagão elétrico, proveniente da ideologia neoliberal do não planejamento estatal: “deixai fazer, deixai ir, deixai passar”…

Dilma, que compartilhava os valores da casta dos sábios-tecnocratas – educação e especialização –, composta por administradores e técnicos, transparecia também a presunção arrogante típica dos especialistas face aos políticos profissionais: perdeu o apoio da maioria do Congresso. Errou mais ao apelar para um membro da casta dos mercadores-financistas, como Joaquim Levy, que provocam a instabilidade econômica e a elevação das desigualdades.

Lula compartilha com a casta dos trabalhadores-organizados o espírito corporativista que exclui “os de fora” – e provoca ódio dos excluídos politicamente. Estes atiçam a casta dos guerreiros-policiais com suas guerras intermináveis por honra e vingança. A casta dos aristocratas do Poder Judiciário, que ocupam cargos quase vitalícios, têm como valor supremo o paternalismo protetor em relação ao povo imaturo. Eles cultivam a diferença e o respeito mais a si mesmo do que à “justiça cega” não discriminativa.

As castas não só buscam o interesse próprio e a vantagem econômica. Cada qual defende certa ordem moral, que procura impor às demais. Quando não restringe seus domínios, a ordem vigente se torna menos inclusiva. Então, as outras castas se realinham e golpeiam a casta hegemônica. No caso recente, foi golpeada a aliança social-desenvolvimentista entre a casta dos sábios-tecnocratas e a dos trabalhadores-organizados.

Errar é humano, repetir erro é estupidez. Segundo Kant, a autonomia do indivíduo pressupõe a submissão da sua vontade à Razão, e não a qualquer Moral reapresentada como farsa. Os eleitores brasileiros tiveram oportunidades históricas de amadurecer, politicamente, ganhando autonomia, isto é, não se deixando enganar e governar pelas farsas moralistas? O candidato engambela, facilmente, os eleitores assumindo rótulo de não-político, gestor, caçador de marajá, incorruptível. Para não se iludir, novamente, os eleitores necessitam rever a história recente e se lembrar de quando eram felizes (2003-2014)… E não sabiam.

*Fernando Nogueira da Costa - É professor titular do IE-Unicamp. Autor de “Brasil dos Bancos” (Edusp, 2012), ex-vice-presidente da Caixa Econômica Federal (2003-2007). É colunista do Brasil Debate

Via - Jornal GGN

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Charge dos nossos dias

Por Carlos Latuff


Evo Morales - Capitalismo não tem projeto político que atenda a humanidade


O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse nesta terça-feira (24) que a 5ª Cúpula da Comunidade de Estados da América Latina e do Caribe (Celac) será um importante fórum para discutir os desafios diante da administração do presidente norte-americano Donald Trump. E que o capitalismo e imperialismo não têm projeto político que atenda a humanidade.

"Eu sinto que esta cúpula será muito importante frente às novas ameaças do império norte-americano contra a América Latina, mas também servem para uma discussão aprofundada dos presidentes sobre as políticas econômicas e sociais para a humanidade", analisou Morales na cidade central de Cochabamba, minutos antes sair para a República Dominicana.

A cidade de Punta Cana no país caribenho vai acolher a partir desta terça-feira, chanceleres, chefes de Estado e de Governo dos países do hemisfério, com exceção dos Estados Unidos e Canadá.

O presidente boliviano elogiou, em uma breve conferência de imprensa, a importância do mecanismo de integração criado em 2011.

Os ex-presidentes Hugo Chávez, Luiz Inácio Lula da Silva, Nestor Kirchner, Fidel e Raul Castro (atual presidente de Cuba), entre outros, gestaram um movimento político de libertação e de integração da América Latina e do Caribe frente aos programas impostos desde Washington, disse ele.

Evo também considerou que as políticas de mercado livre e de comércio falharam, bem como a chamada globalização neoliberal, conduzida pelos centros de poder hegemônico desde o final da década de 80 do século passado.

O Reino Unido abandonou a União Europeia e o novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, questiona a globalização, o que demonstra que o capitalismo e o imperialismo não têm um projeto político para atender a humanidade, explicou.

Para o chefe de Estado, o fracasso das políticas de competitividade deve ser substituído pelo socialismo comunitário, ao abrigo do princípio da solidariedade e complementaridade econômica e comercial.

Ele citou o desempenho recente desta nação andina amazônica, caracterizada por forte investimento em programas sociais, recuperação dos recursos naturais e gestão de empresas estatais estratégicas.

Isso permitiu que a Bolívia nos últimos cinco anos tenha se tornado a nação da América do Sul com o maior crescimento do produto interno bruto, cerca de 4,5% ao ano.

Em outra parte de seu discurso, Morales agradeceu o apoio dos movimentos sociais e das comunidades camponesas, indígenas e originárias, para fortalecer a revolução política e cultural que acontece desde 2006.


Além disso, valorizou as recentes mudanças no gabinete de ministros, “a fim de que nosso processo de mudanças siga adiante”.

Fonte: Prensa Latina
Tradução: Wevergton Brito para o Resistência

Na Espanha, Dilma abre seminário sobre o capitalismo e a democracia


Por Eliz Brandão

A presidenta Dilma Rousseff está na Espanha para participar do Seminário Internacional sobre o capitalismo e a democracia que se realizará nesta quarta-feira (25) e quinta-feira (26) na Fundação Três Culturas em Sevilha. Nesta terça-feira (24), Dilma participa de coletiva de imprensa.

O tema inaugural da conferência da presidenta, destituída após processo político fraudulento, será “O assalto à democracia no Brasil e na América Latina” e ocorrerá a partir das 16 horas (horário local), às 13 horas (horário de Brasília) desta quarta-feira (25).

O seminário é organizado no âmbito do Mestrado em Direitos Humanos, Intercultural e Desenvolvimento das universidades Pablo de Olavide (UPO) e Internacional da Andaluzia (UNIA) e tem como principal objetivo debater o estouro do capitalismo neoliberal e o drástico processo da regressão dos direitos humanos.


Faz parte das discursões ainda as estratégias de “guerra legal" que estão sendo usadas para o controle da democracia em uma aliança de interesses em gerar subordinação, controle e conquista do poder político sem envolvimento popular, aumentando assimetrias históricas e revertendo os ganhos sociais. O intuito é encontrar formas de pensar e agir nesse processo de disputa com a sociedade.

Isso explica o convite dado à presidenta do Brasil que sofreu recentemente um ataque à democracia por meio de impeachment sem prova e sem precedentes na história e “atemorizou a opinião pública internacional”, explica o site que divulga o evento.

Participam também do Seminário, de acordo com o programa, "convidados comprometidos com a defesa e promoção dos direitos humanos na Europa e América Latina", como o ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, o ex-magistrado do Tribunal Nacional da Espanha, Baltasar Garzon, o presidente da Corte Interamericana de Direitos Humanos, Roberto de Figueiredo Caldas, o advogado do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin Martins, entre outros oradores.

A líder da Oposição na Câmara dos Deputados, Jandira Feghali (PCdoB-RJ) também está na Espanha e participará do Colóquio: Trabalho, Retrocessos Sociais e Alternativas. Direto de Sevilha, a deputada afirmou que o encontro será de grande importância para a troca de experiências mundiais e que contribuirá para o campo político "que se apoia na democracia e na possibilidade real de se recuperar o Estado Democrático do Direito, não só no Brasil, mas no resto do mundo em que passa por retrocessos, elucidou Jandira.

A programação completa do Seminário está disponível em PDF ou no link abaixo:



Dona Marisa, esposa de Lula, sofre AVC e é internada em São Paulo


Marisa Letícia, esposa do ex-presidente Lula, sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e deu entrada no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, nesta terça-feira (24). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Instituto Lula, de acordo com o portal Uol.

Segundo o site, o Sírio Libanês também confirmou o atendimento à ex-primeira-dama, mas ainda não deu esclarecimentos sobre seu estado de saúde.

O Uol disse que, pelas informações preliminares, a ocorrência seria grave. Porém, a Revista Fórum informa que apurou junto a três fontes diferentes que a situação seria estável e que dona Marisa teria, inclusive, já conversado com familiares depois do episódio.
Marisa é ré no processo da Lava Jato em que o ex-presidente Lula é investigado por supostamente ter recebido vantagens indevidas da OAS. Ela adquiriu uma cota parte no Edifício Solaris, no Guarujá, antes administrado pela Bancoop, e ingressou com uma ação na Justiça para obter ressarcimento dos valores investidos.

A força-tarefa da Lava Jato alega que, na verdade, a OAS iria transferir para Lula, de maneira oculta, um apartamento triplex no condomínio, em contrapartida a três contratos da empreiteira junto à Petrobras.

Após a divulgação da denúncia pelos procuradores de Curitiba, Lula negou as acuações e disse que queria que deixassem sua esposa em paz.

Ao transformar Marisa em ré, o juiz Sergio Moro lamentou pela situação.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Charge dos nossos dias

Por Renato Aroeira


LOANDA-Produtos veterinários roubados em fazenda são recuperados

Na noite de domingo, pelo menos 10 homens armados invadiram uma propriedade rural em Santa Cruz de Monte Castelo, renderam os funcionários e fugiram levando dois veículos carregados com agrotóxicos.

O carro e o produto recuperado foram entregues na Delegacia de Loanda Foto: Divulgação
Parte do material e um veículo foram recuperados pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) na manhã de ontem.

De acordo com o comandante do posto da PRE em Loanda, Luiz de Carvalho Filho, a quadrilha levou um Chevrolet Corsa e um Volkswagen Gol. Entre os produtos roubados havia 83 galões de agrotóxicos, 21 caixas e 10 pacotes de produtos químicos. Esse material estava avaliado em quase R$ 25 mil.
Os policiais rodoviários conseguiram recuperar um dos carros na PR-182, próximo a Loanda. No carro havia dois homens que ao perceberem a viatura estacionaram o Chevrolet Corsa próximo a uma mata e fugiram.

O veículo deverá passar por uma perícia técnica que colherá impressões digitais.

MARILENA- Prefeito Zé do Peixe recebe delegado da Polícia Civil

O encontro teve por finalidade apresentar o novo projeto do delegado  de Loanda, Alysson Gabriel Nunes Tinoco, que visa coibir o tráfico de entorpecentes pelas águas dos Rios Paraná e Paranapanema.

Prefeito Zé do Peixe com o delegado Tinoco durante encontro em Marilena
O delegado titular do Município de Loanda, Alysson Gabriel Nunes Tinoco esteve durante a última quinta-feira (19), na prefeitura de Marilena em visita, que teve por finalidade apresentar o novo projeto do delegado que visa coibir o tráfico de entorpecentes pelas águas dos Rios Paraná e Paranapanema.

"Estamos desenvolvendo um projeto ousado e que conta com apoio de deputados, prefeitos e vereadores de toda a região. A instalação do NEPOM (Núcleo de Apoio Fluvial) que proporcionará segurança para toda a região Noroeste. Estaremos fechando uma das rotas de entrada de drogas, armas e cigarros contrabandeados do Paraguai", disse Tinoco.

O prefeito Zé do Peixe frisou a importância de se buscar união sempre. “O papel de quem quer governar de verdade não é apenas marcar posição, mas sim dialogar com a maior quantidade de segmentos da sociedade e governar ouvindo a todos. Nós procuramos sempre construir parcerias para o bem da população", afirmou o prefeito que parabenizou o projeto do delegado Tinoco e destacou que desde já pode contar com total apoio da sua administração.

Trump puxa tapete de Temer e dos coxinhas


Por Luiz Carlos Azenha, no blog Viomundo:

Que diabo é a Parceria Transpacífico (TPP) e por que você deveria se preocupar com o fato de que o recém-empossado presidente Donald Trump caiu fora dela?

TPP é o maior acordo comercial regional já negociado. Não passaria pelo Congresso dos Estados Unidos, por isso a decisão de Trump é acima de tudo simbólica.

A idéia por trás do acordo era “ancorar” a economia asiática aos Estados Unidos, reduzindo a influência regional da China.

Os liberais brasileiros amavam a TPP, especialmente por terem a oportunidade de contrapô-la ao Mercosul: “O mundo avança e o Brasil vai se afundando com o PT amarrado ao pescoço”, escreveu a respeito dela em tom de desespero um dos porta-vozes do agora ministro José Serra, quando Dilma Rousseff ainda estava no Planalto.

A TPP servia, acima de tudo, às grandes corporações. Ela não poderia ser emendada por parlamentares nem nos Estados Unidos! Acreditem: assessores dos deputados e senadores norte-americanos não podiam fazer cópias do texto, que foi escrito secretamente.

Isso mesmo. Só tinham acesso ao texto os integrantes de 28 comitês de assessoria definidos pelo governo, 16 dos quais ligados à indústria, com representantes de pesos pesados como AT&T, General Electric, Apple, Dow Chemical, Nike, Walmart e o American Petroleum Institute. Dos 566 integrantes dos comitês, 85% representavam as corporações.

A TPP permitiria, entre outras coisas, que as corporações abrissem ações judiciais contra Estados que tomassem decisões que contrariassem o acordo comercial e, em tese, causassem prejuízos econômicos às empresas. Ou seja, eliminaria a soberania popular local em assuntos relativos à TPP.

Trump caiu fora em parte para atender demandas à esquerda e à direita no especto político dos Estados Unidos.

Sindicalistas denunciam o acordo comercial entre Estados Unidos, México e Canadá - o Nafta - por exemplo, como tendo causado a perda de 700 mil empregos nos Estados Unidos. A direita reclama de um “governo mundial” que solaparia os interesses norte-americanos, representado por acordos comerciais e organismos multilaterais.

O fato é que sempre foi estratégia diplomática de um grande número de chancelarias, especialmente depois da queda do muro de Berlim, amarrar os Estados Unidos em acordos multilaterais que pudessem reduzir ou atenuar o imenso poder de Washington.

Hoje, um assessor de Trump deu entrevista à rede CNN dizendo que a era dos “estados nacionais” está de volta e que os Estados Unidos farão apenas acordos bilaterais de comércio.

O cálculo político é óbvio: Washington vai extrair todo tipo de concessão dos “parceiros” explorando o acesso ao imenso mercado de consumo norte-americano. É também por isso que Trump aposta no desmantelamento da União Europeia.

Em nosso caso, mais do que as trocas comerciais entre Brasil e Estados Unidos estão em jogo os mercados da América Latina.

Um estudo da Conferência Nacional da Indústria publicado em 2016 diz que “as exportações de produtos industriais respondem, em geral, por mais de 90% das exportações brasileiras para os países da América do Sul. Além de veículos, produtos de borracha e material plástico e produtos químicos, os países sul-americanos são grandes importadores de equipamentos de informática e produtos eletrônicos (42,2% do total exportado pela indústria brasileira), máquinas e materiais elétricos (41,2%), produtos de metal (38,3%), máquinas e equipamentos (38,0%), produtos têxteis (25,4%), celulose e papel (15,2%) e metalurgia (14,5%), entre outros”.

Em resumo, a minguante indústria brasileira vai enfrentar concorrência crescente dos produtos made in USA, cuja produção Trump pretende estimular com investimentos em infraestrutura, protecionismo e pressão política.

Temer e Serra, cujos interesses combinam com os de Trump - a defesa intransigente dos Estados Unidos - vão ficar a ver navios… e você correrá risco ainda maior de perder o emprego.

Via - Blog do Miro

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

NOVA LONDRINA - Cohapar e Prefeitura planejam construção de 44 casas populares

O presidente da Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná), Abelardo Lupion, e o prefeito de Nova Londrina, Otávio Bono (Vico), estiveram reunidos nesta terça-feira (17) na sede da empresa, em Curitiba. 

Prefeito Vico com o presidente da Cohapar Lupion e assessores durante reunião em Curitiba
Eles conversaram sobre o projeto de construção de 44 casas populares, cujas obras devem ser iniciadas ainda no primeiro trimestre de 2017.

O empreendimento será financiado com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), com investimentos de aproximadamente R$ 2,8 milhões. A Cohapar finalizou recentemente o processo licitatório para a escolha da construtora responsável pelas obras e agora aguarda a análise e liberação da Caixa Econômica Federal para início efetivo da construção.

Vico também comunicou à Cohapar o interesse da administração municipal em desenvolver outro projeto, com previsão inicial de atender 150 famílias da cidade com casa própria, a serem construídas em uma área repassada pela prefeitura. “Temos aproximadamente mil famílias cadastradas à espera de moradia em Nova Londrina e contamos com o apoio do governo estadual para solucionar esta demanda”, declara o prefeito.

Durante a reunião, Lupion assegurou que a equipe técnica da empresa iniciará um estudo de viabilidade técnica para a implantação de novos projetos no município. “A habitação popular sempre foi e continua sendo uma das prioridades do governador Beto Richa, por isso estamos à disposição dos prefeitos para trabalhar de forma conjunta na redução do déficit habitacional do estado”, afirma o presidente da Cohapar.

A reunião foi acompanhada pelo assessor do deputado estadual Tião Medeiros, Eduardo Teixeira, e pelo chefe de gabinete e superintendente de Relações Institucionais da Cohapar, João Naime Neto. (RP)

Via – Diário do Noroeste

Diamante do Norte - MAPA libera R$ 243 mil para compra de equipamentos agrícolas

O município de Diamante do Norte foi contemplado com o pagamento de cerca de R$ 243 mil para a aquisição de máquinas e equipamentos para o setor agropecuário do município. 

Prefeito Daniel: o trabalho não para em Diamante do Norte
O valor pago pelo MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) foi conquistado pelo município com o apoio do deputado federal Zeca Dirceu.

O recurso corresponde a 100% do convênio e vai possibilitar a compra de um ancinho enleirador, um ancinho espalhador, uma ceifadeira de discos, uma enfardadeira de fardos redonda e um plastificador de fardos.
De acordo com o parlamentar, o trabalho no campo é uma das atividades que sustentam a economia do estado, por isso investir na área é a certeza de alavancar o desenvolvimento da região. "Essa é uma ação que visa proporcionar uma melhor qualidade de trabalho para agricultores e pequenos produtores da cidade. São máquinas que vão facilitar plantação e colheita para esses produtores", explicou.

Já o prefeito reeleito Daniel Pereira lembrou que a sua gestão tem pensado e conquistado bons resultados para a agricultura de Diamante do Norte. “Boa parte de tudo o que conseguimos para o nosso município foi por meio da mão amiga do deputado Zeca Dirceu que sempre esteve conosco. Sobretudo, é por isso que só temos a agradecer”, finalizou o gestor. (RP)

Via - Diário do Noroeste

domingo, 22 de janeiro de 2017

Na Globo, "mercado" festeja morte de Teori

“É simplesmente inacreditável que o mercado financeiro veja como positiva a morte de Teori Zavascki.


Rede  Brasil Atual

A explicação, dada pela jornalista da Globo, assusta pela completa falta de humanismo diante de um acidente trágico”, escreveu ontem (20) o deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) em sua página no Facebook, ao postar vídeo de notícia da Globo News sobre o comportamento do mercado financeiro.

O próprio título é cruel com o ministro morto em acidente aéreo em Paraty na quinta-feira (19): “Mercado financeiro abre positivo com dados da China, posse de Trump e morte de Teori”. Na matéria divulgada na manhã de ontem (20), na abertura dos trabalhos do mercado financeiro, a jornalista Thais Herédia afirma:

“Claro que a morte do Teori Zavascki também está na mesa dos investidores, eu conversei com vários analistas e gestores de fundos de investimentos, tenho falado com eles desde ontem, e é uma análise bastante fria, porque é uma análise que leva em conta o risco, o custo e o preço dos ativos financeiros que estão sendo negociados agora. A análise é fria porque ela leva em consideração que a morte do ministro Teori Zavascki atrasa toda a avalanche que seria causada pela homologação das delações, a famosa delação do fim do mundo e isso daria mais tempo ao governo do presidente Michel Temer, e à equipe econômica, que carrega uma grande credibilidade a continuar tocando coisas da economia, e abre também espaço para que a reforma da Previdência avance mais”.

“Para além da indecência moral de se comemorar a morte de alguém, o que se vê é uma postura complacente com a corrupção. A demora no julgamento dos envolvidos na Lava Jato ajuda politicamente o governo. Escárnio é pouco!”, afirmou Valente. “Vejam: aqueles que exigem reforma da previdência, o congelamento dos gastos sociais pelos próximos vinte anos, corte nos direitos trabalhistas são os mesmos que comemoram hoje a morte de Teori Zavascki”, disse ainda.

Outro que comemorou a morte de Teori Zavascki foi o ministro da Casa Civil Eliseu Padilha, que disse ontem em Porto Alegre à Folha de S.Paulo: "A morte, por certo, vai fazer com que a gente tenha, em relação à Lava Jato, um pouco mais de tempo agora para que as chamadas delações sejam homologadas ou não".
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...