APRESENTADO A COMARCA PARA O MUNDO E O MUNDO PARA A COMARCA

TEMOS O APOIO DE INFOMANIA SOLUÇÕES EM INFORMÁTICA Fones 9986 1218 - 3432 1208 - AUTO-MECÂNICA IDEAL FONE 3432-1791 - 9916-5789 - 9853-1862 - NOVA ÓTICA Fone (44) 3432 -2305 Cel (44) 8817- 4769 Av. Londrina, 935 - Nova Londrina/PR - VOCÊ É BONITA? VENHA SER A PRÓXIMA BELA DA SEMANA - Já passaram por aqui: Márjorye nascimento - KAMILA COSTA - HELOIZA CANDIDO - JAINY SILVA - MARIANY STEFANY - SAMIRA ETTORE CABRAL - CARLA LETICIA - FLAVIA JORDANI - VIVANE RODRIGUES - LETICIA PIVA - GEOVANNA LIMA - NAIELY RAYSSA - BIANCA LIMA - VITÓRIA SOUZA - KAROLAINE SOUZA - JESSICA LAIANE - VIVIANE RODRIGUES - LETICIA LIMA - MILANE SANTOS - CATY SAMPAIO - YSABELY MEGA - LARISSA SANTANA - RAYLLA CHRISTINA - THELMA SANTOS - ALYNE FERNANDES - ALESSA LOPES - JOYCE DOMINGUES - LAIS BARBOSA PARRA - LÉINHA TEIXEIRA - LARISA GABRIELLY - BEATRIZ FERNANDES - ALINE FERNANDA - VIVIANE GONÇALVES - MICAELA CRISTINA - MONICA OLIVEIRA- SUELEN SLAVIERO - ROSIMARA BARBOSA - CAMILA ALVES - LAIZA CARLA SANTOS - IZADORA SOARES - NATHÁLIA TIETZ - AMANDA SANTOS - JAQUELINE ACOSTA - NAJLA ANTONZUK - NATYELI NEVES - LARISSA GARCIA - SUZANA NICOLINI - ANNA FLÁVIA - LUANA MAÍSA - MILENA AMÂNCIO - LAURA SALVATE - IASMYN GOMES - FRANCIELLY KOGLER - LIDIANE TRAVASSOS - PATTY NAYRIANE - ELLYN FONSECA - BEATRIZ MENDONÇA - TAYSA SILVA - MARIELLA PAOLA - MARY FERNANDES - DANIELLE MEIRA - *Thays e Thamirys - ELLEN SOARES - DARLENE SOARES - MILENA RILANI - ISTEFANY GARCIA - ARYY SILVA - ARIANE SILVA - MAYARA TEIXEIRA - MAYARA TAKATA - PAOLA ALVES - MORGANA VIOLIM - MAIQUELE VITALINO - BRENDA PIVA - ESTEFANNY CUSTÓDIO - ELENI FERREIRA - GIOVANA LIMA - GIOVANA NICOLINI - EVELLIN MARIA - LOHAINNE GONÇALVES - FRANCIELE ALMEIDA - LOANA XAVIER - JOSIANE MEDEIROS - GABRIELA CRUZ- KARINA SPOTTI - TÂNIA OLIVEIRA - RENATA LETÍCIA - TALITA FERNANDA - JADE CAROLINA - TAYNÁ MEDEIROS - BEATRIZ FONTES - LETYCIA MEDEIROS - MARYANA FREITAS - THAYLA BUGADÃO NAVARRO - LETÍCIA MENEGUETTI - STEFANI ALVES - CINDEL LIBERATO - RAFA REIS - BEATRYZ PECINI - IZABELLY PECINI - THAIS BARBOSA - MICHELE CECCATTO - JOICE MARIANO - LOREN ZAGATI - GRAISELE BERNUSSO - RAFAELA RAYSSA - LUUH XAVIER - SARAH CRISTINA - YANNA LEAL - LAURA ARAÚJO TROIAN - GIOVANNA MONTEIRO DA SILVA - PRISCILLA MARTINS RIL - GABRIELLA MENEGUETTI JASPER - MARIA HELLOISA VIDAL SAMPAIO - HELOÍSA MONTE - DAYARA GEOVANA - ADRIANA SANTOS - EDILAINE VAZ - THAYS FERNANDA - CAMILA COSTA - JULIANA BONFIM - MILENA LIMA - DYOVANA PEREZ - JULIANA SOUZA - JESSICA BORÉGIO - JHENIFER GARBELINI - DAYARA CALHEIROS - ALINE PEREIRA - ISABELA AGUIRRE - ANDRÉIA PEREIRA - MILLA RUAS - MARIA FERNANDA COCULO - FRANCIELLE OLIVEIRA - DEBORA RIBAS - CIRLENE BARBERO - BIA SLAVIERO - SYNTHIA GEHRING - JULIANE VIEIRA - DUDA MARTINS - GISELI RUAS - DÉBORA BÁLICO - JUUH XAVIER - POLLY SANTOS - BRUNA MODESTO - GIOVANA LIMA - VICTÓRIA RONCHI - THANYA SILVEIRA - ALÉKSIA LAUREN - DHENISY BARBOSA - POLIANA SENSON - LAURA TRIZZ - FRANCIELLY CORDEIRO - LUANA NAVARRO - RHAYRA RODRIGUES - LARISSA PASCHOALLETO - ALLANA BEATRIZ - WANDERLÉIA TEIXEIRA CAMPOS - BRUNA DONATO - VERÔNICA FREITAS - SIBELY MARTELLO - MARCELA PIMENTEL - SILVIA COSTA - JHENIFER TRIZE - LETÍCIA CARLA -FERNANDA MORETTI - DANIELA SILVA - NATY MARTINS - NAYARA RODRIGUES - STEPHANY CALDEIRA - VITÓRIA CEZERINO - TAMIRES FONTES - ARIANE ROSSIN - ARIANNY PATRICIA - SIMONE RAIANE - ALÉXIA ALENCAR - VANESSA SOUZA - DAYANI CRISTINA - TAYNARA VIANNA - PRISCILA GEIZA - PATRÍCIA BUENO - ISABELA ROMAN - RARYSSA EVARISTO - MILEIDE MARTINS - RENATHA SOLOVIOFF - BEATRIZ DOURADO - NATALIA LISBOA - ADRIANA DIAS - SOLANGE FREITAS - LUANA RIBEIRO - YARA ROCHA - IDAMARA IASKIO - CAMILA XAVIER - BIA VIEIRA - JESSICA RODRIGUES - AMANDA GABRIELLI - BARBARA OLIVEIRA - VITORIA NERES - JAQUE SANTOS - KATIA LIMA - ARIELA LIMA - MARIA FERNANDA FRANCISQUETI - LARA E LARISSA RAVÃ MATARUCO - THATY ALVES - RAFAELA VICENTIN - ESTELLA CHIAMULERA - KATHY LOPES - LETICIA CAVALCANTE PISCITELI - VANUSA SANTOS - ROSIANE BARILLE - NATHÁLIA SORRILHA - LILA LOPES - PRISCILA LUKA - SAMARA ALVES - JANIELLY BOTA - ELAINE LEITE CAVALCANTE - INGRID ZAMPOLLO - DEBORA MANGANELLI - MARYHANNE MAZZOTTI - ROSANI GUEDES - JOICE RUMACHELLA - DAIANA DELVECHIO - KAREN GONGORA - FERNANDA HENRIQUE - KAROLAYNE NEVES TOMAS - KAHENA CHIAMULERA - MACLAINE SILVÉRIO BRANDÃO - IRENE MARY - GABRIELLA AZEVEDO - LUANA TALARICO - LARISSA TALARICO - ISA MARIANO - LEIDIANE CARDOSO - TAMIRES MONÇÃO - ALANA ISABEL - THALIA COSTA - ISABELLA PATRICIO - VICTHORIA AMARAL - BRUNA LIMA - ROSIANE SANTOS - LUANA STEINER - SIMONE OLIVEIRA CUSTÓDIO - MARIELLE DE SÁ - GISLAINE REGINA - DÉBORA ALMEIDA - KIMBERLY SANTOS - ISADORA BORGHI - JULIANA GESLIN - BRUNA SOARES - POLIANA PAZ BALIEIRO - GABRIELA ALVES - MAYME SLAVIERO - GABRIELA GEHRING - LUANA ANTUNES - KETELEN DAIANA - PAOLLA NOGUEIRA - POLIANY FERREIRA DOS ANOS - LUANA DE MORAES - EDILAINE TORRES - DANIELI SCOTTA - JORDANA HADDAD - WINY GONSALVES - THAÍSLA NEVES - ÉRICA LIMA CABRAL - ALEXIA BECKER - RAFAELA MANGANELLI - CAROL LUCENA - KLAU PALAGANO - ELISANDRA TORRES - WALLINA MAIA - JOYCE SAMARA - BIANCA GARCIA - SUELEN CAROLINE - DANIELLE MANGANELLI - FERNANDA HARUE - YARA ALMEIDA - MAYARA FREITAS - PRISCILLA PALMA - LAHOANA MOARAES - FHYAMA REIS - KAMILA PASQUINI - SANDY RIBEIRO - MAPHOLE MENENGOLO - TAYNARA GABELINI - DEBORA MARRETA - JESSICA LAIANE - BEATRIS LOUREIRO - RAFA GEHRING - JOCASTA THAIS - AMANDA BIA - VIVIAN BUBLITZ - THAIS BOITO - SAMIA LOPES - BRUNA PALMA - ALINE MILLER - CLEMER COSTA - LUIZA DANIARA – ANA CLAUDIA PICHITELLI – CAMILA BISSONI – ERICA SANTANA - KAROL SOARES - NATALIA CECOTE - MAYARA DOURADO - LUANA COSTA - ANA LUIZA VEIT - CRIS LAZARINI - LARISSA SORRILHA - ROBERTA CARMO - IULY MOTA - KAMILA ALVES - LOISLENE CRISTINA - THAIS THAINÁ - PAMELA LOPES - ISABELI ROSINSKI - GABRIELA SLAVIERO - LIARA CAIRES - FLÁVIA OLIVEIRA - GRAZI MOREIRA - JESSICA SABRINNI - RENATA SILVA -SABRINA SCHERER - AMANDA NATALIÊ - JESSICA LAVRATE - ANA PAULA WESTERKAMP- RENATA DANIELI - GISELLY RUIZ - ENDIARA RIZZO - *DAIANY E DHENISY BARBOSA - KETLY MILLENA - MICHELLE ENUMO - ISADORA GIMENES - GABRIELA DARIENSO - MILENA PILEGI - TAMIRES ONISHI - EVELIN FEROLDI - ELISANGELA SILVA - PAULA FONTANA CAVAZIM - ANNE DAL PRÁ - POLLIANA OGIBOWISKI - CAMILA MELLO - PATRICIA LAURENTINO - FLOR CAPELOSSI - TAMIRES PICCOLI - KATIELLY DA MATTA - BIANCA DONATO - CATIELE XAVIER - JACKELINE MARQUES - CAROL MAZZOTTI - DANDHARA JORDANA - BRENDA GREGÓRIO - DUDA LOPES - MILENA GUILHEN - MAYARA GREGÓRIO - BRUNA BOITO - BETHÂNIA PEREIRA - ARIELLI SCARPINI - CAROL VAZ - GISELY TIEMY -THAIS BISSONI - MARIANA OLIVEIRA - GABRIELA BOITO - LEYLLA NASCIMENTO - JULIANA LUCENA- KRISTAL ZILIO - RAFAELA HERRERA - THAYANA CRISTINA VAZ - TATIANE MONGELESKI - NAYARA KIMURA - HEGILLY CORREIA MIILLER - FRANCIELI DE SANTI - PAULA MARUCHI FÁVERO - THAÍS CAROLINY - IASMIM PAIVA - ALYNE SLAVIERO - ISABELLA MELQUÍADES - ISABELA PICOLLI - AMANDA MENDES - LARISSA RAYRA - FERNANDA BOITO - EMILLY IZA - BIA MAZZOTTI - LETICIA PAIVA - PAOLA SLAVIERO - DAIANA PISCITELLE - ANGELINA BOITO - TALITA SANTOS Estamos ha 07 anos no ar - Mais de 700 acessos por dia, mais de um milhão de visualizações - http://mateusbrandodesouza.blogspot.com.br/- Obrigado por estar aqui, continue com a gente

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Mato tem olhos, paredes tem ouvidos


O incomparável boca do inferno¹ já dizia:

“Não te abras com teu amigo, que outro amigo ele têm, e o amigo de teu amigo, possui amigos também”.


Tomar cuidado com o que se fala requer prudência e cautela, nem sempre o que falamos chega em ouvidos confiáveis e o que era sigiloso deixa de ser e torna-se então público. A grande verdade é que nada que não seja individual fica escondido, no entanto, existem as coisas bem feitas, a confiança é algo precioso, raro como mosca branca, encontrar alguém altamente confiável é algo próximo do impossível. O silêncio é uma ferramenta que deve ser usada com cuidado, falar por falar é insensato, o ouvir é o grande trunfo dos homens prudentes, ver ouvir e calar tem evitado muitos problemas, prolongado vidas e sustentado a paz em múltiplos seguimentos sociais.

Há por aí, muitas aves canoras cantando tudo que aprendem, tudo que ouvem, tudo que sabem e tudo que vêem, há pelos quatro ventos, caixas de ressonância instaladas em som audível, propagando como papagaios louros tudo que lhes chegam aos ouvidos, e na falta do que se falar, eles acrescentam o tempero extra, deixando muito mais picante o prato que será compartilhado por muitos.

Portanto meu prezado e minha prezada sejam discretos em suas práticas, aquilo que vocês fazem por baixo dos panos, tem que ser por baixo de espessas camadas de pano, nada de dar margem ao erro lembrem-se, parece que não, mas há sempre os espertalhões que pegam tudo no ar, já há outros tantos que possuem olhar clínico, visão de raio x, há pessoas que enxergam além das paredes opacas. Cautela minhas criancinhas, não pensem vocês que todo mundo nasceu ontem, há notícias que caem de mão beijada no colo de quem mais se interessa por elas, chegam como melodias deleitosas para ouvidos que não se cansam de ouvir e bocas que não cessam de falar. Cuidado, cuidado, como vovó já dizia, “os matos têm olhos e as paredes têm ouvidos”. Vigiai, vigiai...

Mateus Brandão de Souza.


 *1 - Codinome de Gregório de Matos - foi um advogado e poeta do Brasil Colônia. É considerado o maior poeta barroco do Brasil e o mais importante poeta satírico da literatura em língua portuguesa, no período


quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Conheça a Pedra do Ingá

No Curiosidades que nos Cercam
Se um dia você tiver a graça de visitar a Paraíba, faça por aquele estado, entre as tantas opções, um turismo diferente, curioso e intrigante, vá visitar a singularidade existente no pequeno município de Ingá, distante 85 km da capital João Pessoa.  Nesta localidade se encontram as obras rupestres da Pedra do Ingá, um paredão rochoso às margens deste honrado rio que dá nome ao município.

Trata-se no entanto de inscrições desenhos e formas, tudo em auto relevo, gravadas em um muro de gnaisse lavrado de 18 metros de comprimento por 2,8 metros de altura, e que a séculos vem despertando o estudo de curiosos, astrônomos, arqueólogos, ufólogos e leigos de toda a natureza.

Estima-se que as obras esculpidas na Pedra do Ingá ultrapassem os cinco mil anos, sua autoria, no entanto, é desconhecida e abre campo para as mais variadas especulações. Acredita-se que os trabalhos feitos nesta pedra, seja obra dos fenícios numa suposta visita desses exímios navegadores a terras paraibanas, num tempo muito antes de Cabral.

Outros pesquisadores afirmam que sejam os egípcios os autores, uma vez que as figuras se assemelham e coincidem com outras existentes e datadas do Egito antigo. Alguns até atribuem a autoria aos povos cariris, nativos que habitavam a região antes da chegada dos navegantes europeus, já, há quem arrisque dizer que as obras rupestres da pedra do ingá, seja trabalho de povos extra-terrestres, que mantiveram contato com os homens pré históricos do nosso planeta. Outros ainda mais, dizem que as figuras da Pedra do Ingá, representam as constelações zodiacais, evidenciando o aprimorado conhecimento dos antigos nativos com a astronomia.

Um dos pontos curiosos do trabalho existente na Pedra do Ingá, é a técnica usada em sua
confecção, todo em auto e baixo relevo, oriundas de um tempo em que o homem deste planeta desconhecia o metal.

Que ferramentas foram usadas para desenharem as figuras naPpedra do Ingá?
O que pode ter motivado seus autores a tão minucioso trabalho?

Estas são duas das tantas perguntas que permeiam as mentes curiosas dos que se deparam e conhecem a Pedra do Ingá, um fenômeno que por muito ou pra sempre vai estar entre os grandes enigmas da humanidade.

Portanto prezado amigo(a), se um dia você estiver na Paraíba, visite a Pedra do Ingá, um fenômeno que merece atenção e instiga a curiosidade de todos, um verdadeiro patrimônio histórico. A obscuridade do seu significado é a motivação maior para o turismo e um orgulho não só de ingaenses e paraibanos, mas, de todos nós brasileiros.

Mateus Brandão de Souza.

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Ameaça ao trabalhador: STF pode liberar terceirização sem limites


O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF) alegou que a terceirização restrita à atividade-meio “ignora a dinâmica econômica moderna”. Ele votou a favor da terceirização sem limites e, segundo representantes do movimento sindical, ignorou a realidade de precariedade vivida por milhões de terceirizados no Brasil. Nesta quarta-feira (29), o Supremo prossegue julgando o tema. Outros três ministros acompanharam o voto de Fux.

Julgamento será retomado com o placar de 4 a 3 a favor da terceirização sem limites

Por Railídia Carvalho

Estão sendo julgados dois recursos que questionam a constitucionalidade da Súmula 331, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que diz que a terceirização é proibida para atividade-fim. Por exemplo, em uma escola a atividade-fim é a educação, portanto, neste local poderiam ser terceirizados serviços de limpeza, vigilância e alimentação, entre outras. Mas não se poderia terceirizar professores.

Essa interpretação é contestada pelo Recurso Extraordinário (RE) 958.252, de autoria da Celulose Nipo Brasileira (Cenibra) e a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 324, proposta pela Associação Brasileira do Agronegócio (Abag). As ações começaram a tramitar no STF antes da aprovação da Lei 13.429 que aprovou a terceirização irrestrita.

Terceirização avança no metrô de SP

Nesta terça-feira (28), o Portal Vermelho entrevistou o dirigente metroviários Wagner Fajardo sobre o tema. Entre os aproximadamente 15 mil trabalhadores do metrô de São Paulo entre quatro e cinco mil são terceirizados. Atualmente, o sindicato dos metroviários do Estado trava uma luta contra a terceirização das bilheterias.

“As condições de trabalho dos terceirizados das bilheterias do metrô é o exemplo de o quanto a terceirização pode ser perniciosa”, afirmou Fajardo. Segundo ele, os trabalhadores contratados pelo metrô para atuar nas bilheterias iniciavam com um salário de R$ 2.200 reais e o teto poderia chegar a R$ 3.300 reais.

“Foi contratada uma empresa quando o serviço foi terceirizado que pagava 800 reais para o trabalhador fazer o mesmo serviço daquele funcionário do metrô. Sem direito a nenhum benefício, sem vale-refeição. Uma jornada de seis horas com um salário miserável e um mínimo de especialização e treinamento”, informou o dirigente.

Redução de custos, maximização de lucros

O advogado trabalhista Magnus Farkatt assegurou ao Portal Vermelho que terceirização no Brasil é sinônimo de “mão-de-obra barata e explorada”. “Não é chute. Posso afirmar de acordo com estudos feitos pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese) que, em média, trabalhadores terceirizados recebem 25% a menos que o trabalhador contratado pela tomadora de mão-de-obra”.

Segundo Magnus, que é assessor jurídico da Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), o argumento “pomposo” dos empresários para justificar a terceirização se torna na prática uma forma de “burlar a legislação” e “reduzir custos. “Em vez de usar a terceirização como forma de favorecer a especialização, os empresários usam para reduzir custos e maximizar lucros. Os terceirizados fazem a mesma função dos contratados pela tomadora mas sem as mesmas garantias trabalhistas”.

Acidentes de trabalho: 80% das vítimas sao terceirizados

Estudo do Dieese e Central Única dos Trabalhadores (CUT) aponta que em 2011 das 79 mortes ocorridas no setor elétrico, 61 das vítimas era de terceirizados. Magnus lembrou que 80% dos acidentes com vítimas fatais no Brasil acontecem com trabalhadores terceirizados.

“Não tenho conhecimento de novos estudos após a sanção da lei da terceirização irrestrita (março de 2017) e da implementação da reforma trabalhista (novembro de 2017), que confirmou a terceirização de todas as atividades, mas o fato é que a tendência é esse quadro de insegurança, arrocho salarial e precariedade se agravar. Não há sinais de que essas distorções tenham sido superadas”, observou o advogado.

Capital contra o trabalho

“Os que votaram em favor da terceirização sem limites tem uma opinião, uma concepção liberal de economia, que não escondem. Para eles não deve haver qualquer limite para a liberdade de organização empresarial. Tornar a empresa competitiva pode reverter em favor da coletividade. Lamento que desconheçam a realidade da terceirização no Brasil”, completou Magnus.

Fajardo classificou como um desastre para a sociedade se a decisão no STF votar pela terceirização irrestrita. “A atitude do STF até aqui, com 4 votos a favor da terceirização sem limites, demonstra o caráter patronal e de proteção do capital que o STF vem demonstrando em decisões que tem tomado”, criticou.

De acordo com Magnus, o STF deve atribuir repercussão geral ao resultado do julgamento. “Isso significa que toda e qualquer ação tem que ser julgada em conformidade com a decisão do Supremo”.

terça-feira, 28 de agosto de 2018

O mundo do rádio está de luto, Aos 92 anos, radialista Zé Béttio morre em São Paulo

Corpo foi sepultado na tarde desta segunda-feira (27) no Cemitério do Horto Florestal, na zona norte da capital paulista.

Recanto Caipira

Por Marcos Rosendo, da Agência Record

O radialista Zé Béttio morreu, aos 92 anos, nesta segunda-feira (27). Ele morreu durante a madrugada, enquanto dormia em sua casa no bairro Horto Florestal, na zona norte de São Paulo.

O corpo de Zé Béttio foi sepultado nesta segunda-feira no Cemitério do Horto Florestal. De acordo com o filho do radialista, Homero Béttio, a família atendeu ao pedido da mulher para que o marido fosse enterrado com total discrição, sem a participação da imprensa.

Trajetória profissional

Zé Béttio iniciou a carreira artística como sanfoneiro e montou o trio Sertanejos Alegres, se apresentando no interior de São Paulo e Paraná. Mais tarde formou o grupo Zé Béttio e seu Conjunto, que se apresentava em concursos de rádios, a grande vitrine artística da época.

Zé Béttio se tornou locutor por acaso, quando estava na rádio Difusora de Guarulhos e assumiu o microfone para ler um anúncio publicitário, já que o titular tinha faltado. Agradou tanto, com seu jeito simples e coloquial, que foi contratado. Tempos depois foi para a Rádio Cometa e tornou-se muito conhecido em São Paulo.

Além da conversa cativante com os ouvintes, as músicas sertanejas de raiz tocadas no programa eram um sucesso de público. Zé Béttio lançou nomes importantes da música, como Milionário e José Rico.

Ficaram eternizados seus bordões "acorda, joga água nele", "gordo, ô gordo", logo na abertura do programa às 5h. Zé Béttio conquistou enorme popularidade na Rádio Record e também na passagem pela Rádio Capital.

Zé Béttio se aposentou em 2009 encerrando a carreira na Rádio Record, em 2009, aos 81 anos de idade.

Em 2016, Zé Béttio sofreu um AVC e, segundo o filho Homero, se recuperou bem do acidente vascular cerebral levando uma vida com algumas limitações, porém mais reclusa.

Via - R7

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

É só seguir



Regina Brett

Ela assina uma coluna no The Plain Dealer, Cleveland, Ohio. "Para celebrar o seu envelhecimento, certo dia eu escreveu as 45 lições que a vida lhe ensinou. Aí vão as dicas:


1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiver em dúvida, dê somente, o próximo passo, pequeno.
3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.
4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.
5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.
6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.
7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.
8. É bom ficar bravo com Deus. Ele pode suportar isso.
9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.
10. Quanto a chocolate, é inútil resistir.
11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.
12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.
14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe; Deus nunca pisca.
16. Respire fundo. Isso acalma a mente.
17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.
18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.
19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.
20. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.
21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chique. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.
23. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você.
26. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras 'Em cinco anos, isto importará?'
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo de todo mundo.
29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo.
31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.
32. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.
33. Acredite em milagres.
34. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.
35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.
36. Envelhecer ganha da alternativa -- morrer jovem.
37. Suas crianças têm apenas uma infância.
38. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.
39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.
40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de volta.
41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.
42. O melhor ainda está por vir.
43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.
44. Produza! e se Produza!
45. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente!!!!.


domingo, 26 de agosto de 2018

Esperanças vãs

Vi no Palavras Ancoradas
Por - Mateus Brandão de Souza

O sonho bonito do bem comum onde viveremos todos em harmonia, onde a justiça vá de encontro aos interesses coletivo não passará de sonho.

Histórias de faz de conta, quimeras, onde cada vez mais perderá o sentido na cruel realidade formada por seres vulneráveis e corrompidos que sempre buscarão seus próprios interesses.

A realidade onde a dignidade abrace todos os cidadãos é cada vez mais inviável, nunca aconteceu e jamais acontecerá. A raça humana com seu modo de fazer política, jamais será capaz de fazer valer os princípios do bem comum. O discurso de que os interesses coletivos serão defendidos a qualquer preço, é lenda e mito, vividos somente no imaginário de sonhadores e enganadores. Esperanças inalcançáveis que servirão sempre como esteios para sustentar ou garantir a ascensão e a permanência de alguém ou alguns no domínio desta máquina falsária denominada política.

Os homens que regem o poder ou aqueles que possuem esta pretensão, buscarão primordialmente seus próprios interesses, como também, os interesses daqueles que lhes tem estreita aproximação. Pela ganância em chegar ao posto almejado em sua candidatura estes homens se unirão ou se afastarão uns dos outros como melhor lhes convier.

O que importa é o caminho mais curto para suas realizações pessoais, os que outrora eram inimigos, hoje se abraçam, quem ontem era apontado como demônio, hoje têm o aval de quem o satanizou, serão sempre assim os políticos, artistas de muitas faces que mudam seus discursos da maneira que for conveniente aos seus próprios interesses.

Entra ano e sai ano, passam-se séculos e a realidade é imutável, porém a esperança de uma realidade justa continua fomentando o imaginário de todos aqueles que dormem, sonhando com um dia triunfante, onde o bem, a bonança e a dignidade seja algo comungado por todos. São os pobres sonhadores que em sua tamanha inocência, alimentam um otimismo também imaginário de que realidade se reverterá.

O objetivo aqui não é partilhar nosso pessimismo e frustração, acreditamos até que os sonhadores sejam pessoas mais felizes do que aqueles que estão acordados assistindo a toda essa patifaria infindável regida pelos maestros da política. Estaremos cada vez mais mergulhados no lodo da desesperança onde quem pode mais chora menos e os que nada podem e muito choram jamais serão saciados e tampouco consolados.

Assim é e assim será.

Mateus Brandão de Souza.

A pedante elite Paulistana

Vi no face do Gervásio Castro Neto, exímio chargista cujo a charge ilustra este texto que é de autoria de seu amigo Alexandre de Oliveira Périgo.


A pedante elite paulistana, me perdoem pelo pleonasmo - acha que para entender as demandas e a complexidade do nordeste de nosso país basta vestir um chapéu de franjinhas e posar de forma patética para uma foto com um fundo de terra seca, quiçá uma cuia nas mãos e umas ovelhas ou um bode a compor o cenário; a camisa pode ser social, a calça idem, pois no ideário de quem vive nos shopping centers de São Paulo o chapéu e o cinismo nosso de cada dia é que transformam um burguês encastelado em um legítimo representante do admirável e sofrido sertanejo nordestino.

Nem em cem encarnações esses extratos de bosta que usam perfume francês terão um milímetro da altivez, da dignidade, da graça e da ternura do brasileiro do nordeste. É preciso dar uma série de surras nessa gente vomitiva que imagina ter sangue azul; primeiro nas urnas, logo depois chutando seus focinhos até que cheguem ganindo em Miami, para abanarem seus rabicós ao primeiro yankee que virem. Antes que me acusem de bairrismo: sou nascido e criado em Sampa.




sábado, 25 de agosto de 2018

Marilena foi destaque durante encontro regional

Nesse encontro, o município de Marilena foi contemplado com o valor de R$ 45 mil para fisioterapia e R$ 240 mil para transporte sanitário. O município foi destaque juntamente com outros dois municípios da região da Amunpar por apresentar plano de trabalho desenvolvido na área da Saúde em 2018.

Secretários municipais de Saúde de toda a região participaram do encontro



Funcionários da Saúde do Município de Marilena estiveram na data do dia 16/08/2018 em Paranavaí no Encontro Regional de Experiência em Saúde. O evento contou com a presença do Secretário de Estado da Saúde, Carlos Antônio Nardi.

Nesse encontro, o município de Marilena foi contemplado com o valor de R$ 45 mil para fisioterapia e R$ 240 mil para transporte sanitário. O município foi destaque juntamente com outros dois municípios da região da Amunpar por apresentar plano de trabalho desenvolvido na área da Saúde em 2018.

O secretário de Saúde de Marilena, Celio Lelis da Mata, em sua fala, complementou que há muito tempo Marilena não recebia um reconhecimento desse tipo e que este, é mérito, fruto do trabalho desenvolvido em conjunto através da Secretaria de Saúde, Conselho de Saúde, Agentes Comunitários de Saúde, enfermagem, médicos, dentistas, auxiliares de dentista, toda Unidade Básica de Saúde que vem trabalhando em equipe para melhor atender a população marilenense.

CATY SAMPAIO – A BELA DA SEMANA


Ela é o exemplo fidedigno da beleza convincente, ela tem em si a beleza exata a qual somos naturalmente tentados a olhar, não apenas olhar superficialmente, porém, contemplar o encanto e a magia centrados na imagem que faz bem, que nos beneficia os olhos.

Somos eventualmente fascinados pela imensidão de tudo que existe nelas, de tudo de sedutor contido nestas mulheres maravilhosas que pela imagem, conseguem cativar olhares, nestas rainhas que de forma natural, conseguem tocar nossos sentidos, desta maneira, somos fascinados pelo espetáculo que assim compõe a maravilha denominada Caty Sampaio.

A beleza sem igual de Catiana é a beleza única que por direito a coloca no patamar das apreciáveis, ela que tem por dom natural a capacidade de prender olhares, ela faz por merecer nossos elogios, elogios estes que evidenciam a exatidão de sua condição de bela...

Além da mulher não há outra forma da beleza manifestar-se de maneira tão impecável e explícita e Caty Sampaio é prova disso, por ser assim, a colocamos num patamar ocupado apenas pelas seletas, pelas que iguais à ela, são dignas de admiração, Caty está para ser enaltecida não somente pela condição de bela, Caty está além do fascínio visual, ela é mãe que compõe de forma ainda mais sublime o encanto procedente do ser supremo ao qual denomina-se Mulher...

Detendo os bons predicados, é justo pois que os formosos pés de Caty Sampaio, pisem o pedestal das belas, que a grandeza de sua condição feminina, dê a ela os vivas que merecem as notáveis...

Glorificada seja a beleza feminina, pelo dom natural da sedução, benditos sejam estes colírios favoráveis aos nossos olhos, que viva os caprichos da mulher na realeza de sua condição, a mesma condição exposta na imagem da indiscutivelmente admirável Caty Sampaio.

Hora, se uma imagem supera mil palavras, façamos, pois, o silêncio merecido em concentração e respeito à beleza da musa que nesta ocasião nos confia seu nome para darmos sequência a honorável oportunidade de engrandecer a mulher no ápice de sua formosura.

Contemplemos, pois, aquilo que tem de mais inebriante em matéria de encantar, prostremo-nos diante da majestade feminina.

Ela é um apreço aos nossos olhos, apreciemo-na, pois a beleza tem cor morena... Caty Sampaio é a Bela da semana.

*CATIANA SAMPAIO PRESTES – Nova Londrina – PR – Catarina Sampaio e Carlos Prestes – Caty é corinthina roxa e faz Técnico em Enfermagem pelo SENAC.










sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Mulheres etíopes dão a cara: luta por erradicar mutilação genital


Addis Abeba - Maltratadas, violadas, mutiladas, silenciadas, ignoradas..., milhares de mulheres na Etiópia enfrentam-se o desafio de mudar o status quo que sempre lhes legou um papel inferior ou alçar a voz para reafirmar seus direitos.

A imagem de Marta Abarra, uma jovem de amplo sorriso, percorre portadas na imprensa: não é doutora, nem advogada, nem engenheira, mas, segundo especialistas, poderia ser um dos símbolos do progresso na Etiópia.

O trabalho de Abarra por mais de cinco anos na luta contra um dos maiores desafios desta nação: a mutilação genital feminina (MGF), tem dado resultados: em sua cafeteria no sul etíope reúne quase a diário a centenas de garotas enfrentadas à remoção do clitóris.

Segundo os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), este é o segundo país da África com maior taxa nesse mau, que afetou a 23,8 milhões de meninas e está reconhecido como uma violação dos direitos humanos.

Por sua vez, a OMS indicou que sequelas como dor e hemorragias prolongadas, infecções, infertilidade, choques e às vezes a morte acompanham a essa prática.

O mais longo prazo, as meninas enfrentam uma vida de desfiguração e uma série de afecções, que incluem complicações urinarias e com o parto. Menstruação dolorosa, disfunção sexual e problemas psicológicos também estão sócios.

A agência não governamental Oxfam Intermón (OI), especializada em água e saneamento, introduz em seus projetos o componente de gênero, promove a igualdade, a formação e a sensibilização para abolir as agressões contra o sexo feminino: dos casamentos forçados à remoção.

'Em todos os programas, tentamos incorporar essa perspectiva, o que nos permite assegurar que os projetos beneficiam por igual a todos, e que elas terão pleno acesso e controle sobre os recursos e os benefícios que contribuam às comunidades', apontou Imma Guixé, diretora de OI na Etiópia.

Guixé sublinhou que ainda 'existem barreiras culturais, religiosas e de outros tipos, especialmente no mundo rural, onde vive 85% da população, que limitam o progresso equitativo'.

Uma das questões mais preocupantes é a mutilação, praticamente erradicada nos centros urbanos como Addis Abeba, mas muito estendida e aceitada no interior. Como na aldeia de Site, em Woleyta, onde Belinesh, de 20 anos, relata o ritual ao que as submetem quando são pequenas: 'De madrugada, quatro mulheres levam você embaixo de uma árvore, apanham você pelas costas, sujeitam você as pernas e a encarregada de fazê-lo corta você com uma lâmina. Depois põem você na ferida querosene para frear a hemorragia e manteiga que atua como barreira protetora'.

Ali, Almas Kassa narra sua experiência: 'Aos 13 anos casaram-me com um homem que não queria, nem ele queria a mim. Maltratava-me também. Mas ademais violava-me várias vezes ao dia. Ã'dio aos homens'.

'Não só não sentia prazer mas que me produzia uma imensa dor e sangrado, continua. Praticaram-me a MGF. Compartilho marido com outras três mulheres pobres. Tenho cinco filhos, três morreram antes de atingir os quatro anos. Estou muito doente. Tenho aids. Acho que tem o colado meu marido, esse que compartilho com três mulheres e umas quantas amantes mais.'

Os tipos I, II e III do MGF praticam-se dependendo da área onde vivam e a idade à que se realiza. O objetivo é fazê-la dócil, que não desfrute do sexo, que só seja uma máquina reprodutora.

Na realidade sofrem com as relações sexuais. Em umas zonas, consiste em um corte da parte baixa do clitóris às adolescentes; em outras regiões, como Oromía, extirpam a totalidade e a uma idade mais cedo, para os cinco anos, em outras áreas retiram parte dos lábios menores e maiores.

Por exemplo, na região da Somália, também fecham a vagina mediante sutura deixando só uma pequena abertura e quando se casam lhes arrancam o fio.

O Código Penal do 2005 considera delito diferentes tipos de violência de gênero. Para o caso de MGF fixa penas de prisão de um mínimo de três meses ou multas a partir de 500 birrs (20 euros).

Para rapto, violação, forçar a uma menor a casar-se as condenações superam os 15 anos.

17% das etíopes contestaram em uma pesquisa, citada por ONU Mulher, que sua primeira experiência sexual foi obrigada.

'É uma prioridade o trabalho com o sexo feminino, especialmente nas zonas rurais, já que consideramos são as populações expostas a uma maior vulnerabilidade', sublinhou Abarra, a líder do clube de raparigas sem mutilar.

Lamentou que 'a contribuição de seu setor ao desenvolvimento, apesar de ser substancial, continua sendo invisível para as autoridades e a sociedade'.

'Um exemplo claro temo-lo no âmbito agrícola -assinalou- produzimos 80% dos alimentos destinados ao consumo doméstico ou aos mercados locais mas a grande maioria não somos proprietárias da terra'.

Para o ativista Tesfaye Melaku, esta é uma sociedade patriarcal e existem restrições morais e culturais sobre as mulheres e seu comportamento.

Como em outros países africanos, o sexo e a sexualidade são tabu. Aquela que discute de sexualidade abertamente poderia ser etiquetada de imoral.

Ainda que a violência machista e a discriminação são endémicas, os casos pelo geral não são denunciados devido à aceitação, a vergonha, o medo ou a ignorância das proteções legais por parte da vítima.

Apesar de alguns avanços na prevenção, fica muito por fazer. Os especialistas pontuou que não existe um programa contínuo de criação de consciência sobre os impactos da MGF, já seja através de meios governamentais ou privados.

A imprensa só participa nas notícias se há atividades realizadas por outras agências. Tentam envolver-se se há um patrocinador ou ONG que paga um espaço.

Inclusive, argumentou Melaku, os ministérios não têm um programa contínuo de meios impressos ou eletrônicos para transmitir a mensagem ao público para pôr fim ao problema.

A sua consideração, investir na educação é a melhor estratégia para deter a propagação, ao menos na próxima geração.

*Correspondente de Prensa Latina na Etiópia.
Via – Prensa Latina

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

A MENOR DAS DORES

No Obvious

Ana Pérola Veloso

O amor dói – disse. Eu fiquei perplexa, pois como podia uma criança ter esta opinião formada? E refleti por muitos dias todos os amores que tive e que doeram, o amor que doía naquele presente. Porque o amor dói mesmo, frustra, tamanha as esperas e expectativas que depositamos nele. O amor decepciona, porque no início somos vitrines do nosso melhor. Depois, todas as ervas daninhas começam a aparecer e não sabemos ao certo o que fazer com todas aquelas imagens que nos apresentaram e pior, com as que apresentamos. Nos tornamos insustentáveis. Porque primeiro a gente se vende, depois a gente vê.

Curiosa, enquanto voltávamos do seu dia de escola, perguntei-lhe: por que diz isso? E ela com aquela profundidade noturna nos olhos, voz marejada me responde “O amor dói porque hoje na aula eu sorri para ele e ele não sorriu para mim”. Céus, ela só tem seis anos, pensei, e esta é a menor das dores. Eu, dilacerada, imaginei aquela criatura quando mais adulta, vendo todas as maldades do mundo e dos amores insanos. E descobri que não sorrir está tudo bem. Porque nem sempre estamos no nosso melhor dia e ficamos introspectivos.

Descubro que tudo está crítico quando o amor sorri para a rede social e apanha silenciosamente no último cômodo da sala que é para ninguém, ou quase ninguém ouvir. Descubro a angústia de segurar um choro e um pedido de socorro numa volta na rua de mãos dadas e apertadas. Não, este aperto não é seguro. Este aperto de mãos é posse, e ai de mim gritar. Porque eu só posso ser sua, eu ouvia, e eu sentia medo de morrer. E me perguntava: a liberdade vale a morte? Não sei.

Quisera eu doer por todos eles nunca terem sorrido para mim, nunca terem me notado. Mas nós, mulheres, nos doemos porque calamos, porque temos uma maldita crença à submissão, porque precisamos nos manter frágeis e vulneráveis a eles. Mas não. Chega um ponto onde o limite surge, e ao arregaçar as mangas, o amor doente corre e por mais que me deixe marcas, prossigo em paz.

Amar, sobretudo, é um ato de desapego e coragem.


quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Ituana do Sul recebe mais de R$ 500 mil para obras de infraestrutura

“Há mais de seis anos não víamos obras de asfalto no município. Agora serão asfaltadas as Ruas  Belém, Itália, Paraná, Felinto de Souza Freire e todo o Residencial Benjamin de Souza Gomes.” Salientou o prefeito do município Evandro Marcelo da Silva a reportagem do periódico Diário do Noroeste.

Praça da Bandeira, centro de Itaúna do Sul - Por A comarca de Nova Londrina
Mais de R$ 500 mil serão investidos em obras de infraestrutura no município de Ituana do Sul. O dinheiro será investido pelo Governo do Estado. No total serão sete mil metros de asfalto e as obras deverão terminar até o mês de dezembro.

O prefeito Evandro Marcelo da Silva comentou que o serviço teve início neste mês. “Este serviço é de extrema importância para mais de 100 famílias que residem no entorno das ruas que serão asfaltadas”, comentou o prefeito.

“Há mais de seis anos não víamos obras de asfalto no município. Agora serão asfaltadas as Rua Belém, Itália, Paraná, Felinto de Souza Freire e todo o Residencial Benjamin de Souza Gomes”, concluiu Silva.


terça-feira, 21 de agosto de 2018

"Se não cumprir decisão da ONU, Brasil pode ter eleição questionada", afirma advogado

Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Lula nos processos da Lava-Jata afirma que Brasil deve ter cautela.

"Não se trata de uma mera recomendação", afirma advogado / Reprodução Portal Vermelho
O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Lula nos processos da Lava Jato, afirmou, em entrevista coletiva na tarde desta sexta (17), que a decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU em defesa da candidatura de Lula é "uma grande vitória". Para ele, a determinação do órgão é vinculante (deve ser cumprida obrigatoriamente) e se impõe à lei brasileira.

"Não se trata de uma mera recomendação. O STF já reconheceu que tratados internacionais estão acima da lei. Sobretudo os tratados que versam sobre os direitos humanos. Se o Brasil reconheceu a jurisdição, o Brasil tem que respeitá-la e cumpri-la porque ela tem efeitos vinculantes sobre todos os órgãos. Todos têm que seguir: o presidente da República, o presidente do STF, o presidente do STJ e todos juízes e autoridades que estejam de alguma forma envolvidas na prisão do Lula", lembrou Zanin na entrevista concedida junto com os ex-ministros Paulo Sérgio Pinheiro e Celso Amorim, que foi chanceler durante o governo Lula.

"A Procuradoria Geral da República já manifestou ao STF que a jurisdição brasileira submeteu-se às decisões da Corte Interamericana de Direitos Humanos, reconhecendo que o cumprimento de suas decisões é mandatório", destacou Zanin.

“O Comitê determina ao Brasil que não tome decisões irreversíveis, uma vez que a ONU pode reconhecer as violações contra Lula depois das eleições”, explicou.

"Esperamos o cumprimento", completou Zanin. "É importante lembrar que não foi hoje que o Comitê tomou conhecimento, mas desde junho de 2016", destacou ainda o advogado. Segundo ele, se o Brasil "não cumprir" a determinação da ONU, "essas eleições serão questionadas internacionalmente".

O Comitê de Direitos Humanos da ONU acolheu, nesta quinta (17) pedido de liminar formulado pela defesa de Lula contra a possibilidade de o ex-presidente não participar das eleições presidenciais.

O comitê determinou ao Estado Brasileiro que “tome todas as medidas necessárias para permitir que o autor [Lula] desfrute e exercite seus direitos políticos da prisão como candidato nas eleições presidenciais de 2018, incluindo acesso apropriado à imprensa e a membros de seu partido politico.”

A liminar pede “que o autor [Lula] concorra nas eleições presidenciais de 2018 até que todos os recursos pendentes de revisão contra sua condenação sejam completados em um procedimento justo e que a condenação seja final.”

Edição: Redação Portal Vermelho

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Cota para mulheres gera impasse em meio a recorde de candidatas a vice

Para procurador, cota de 30% do Fundo Eleitoral só pode ser utilizada em candidaturas femininas proporcionais.

As eleições mal começaram e um embate sobre o uso da cota de 30% do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) destinada a candidatas mulheres já está sendo construído nas diferentes esferas jurídicas eleitorais.

Em uma delas, fala-se que o percentual está destinado a qualquer tipo de candidatura feminina, seja ela majoritária e proporcional. Outra interpretação prevê que essa cota só pode ser destinada às campanhas de mulheres que disputam cargos proporcionais.

O sistema eleitoral é dividido entre esses dois tipos de candidaturas. O majoritário diz respeito a pleitos que envolve aspirantes aos cargos de presidente, governador, senador e prefeito. Já o sistema proporcional é usado nas eleições dos deputados estaduais e distritais, federais e vereadores.

O assunto ganha maior relevância neste ano por dois motivos.Um deles está relacionado com o uso, pela primeira vez, do recurso do FEFC - um total de R$ 1,7 bilhão - destinado às campanhas eleitorais, assim como a obrigatoriedade de 30% dessa soma - um total de R$ 510 milhões - de ser usada no pleitos das mulheres.

Outro ponto relevante é o fato de haver um número recorde de vices mulheres, tanto nas chapas para a Presidência, como para chapas os Governos Estaduais. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, os pleitos terão quatro candidatas a vice-presidente e 74 a vice-governadora.

Por esses aspectos, há quem levante dúvidas sobre as reais intenções por parte dos partido políticos de ter tantas vices mulheres em partidos historicamente dirigidos por homens. Haja vista, também, que o número de mulheres cabeças de chapas é sempre bastante inferior ao número de homens.

Para aqueles que contam que as vices poderão se beneficiar dos 30% dos recursos do FEFC para aumentar o aporte das campanhas de seus cabeças de chapas homens, deverão esbarrar com entendimentos contrários e ações na Justiça Eleitoral.

Na visão da Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo, a cota dos 30% do FEFC não pode ser utilizada em campanhas femininas que disputam a Presidência, o Governo estadual e o Senado. “O critério é o seguinte: candidaturas proporcionais teriam a cota e o fundo. Candidaturas majoritária fica por conta do partido”, afirmou Luis Carlos Gonçalves dos Santos, procurador eleitoral regional.

ADI 5617

Ação Direta de Inconstitucionalidade 5.617, que trata do uso de 30% do FEFC para candidatas
O representante da PRE-SP firma sua argumentação no artigo 10 da Lei das eleições 9.504/97, no trecho que estabeleceu que 30% dos registros de candidaturas proporcionais dos partido políticos deverão ser de mulheres. Esse artigo, apresenta ele, foi citado tanto na ADI 5.617 do STF, de março de 2018, do Fundo Partidário, como da Consulta feita no TSE, de maio deste ano, que define a utilização da cota de 30% em relação ao FEFC, o que levaria um respeito a Lei que de base as outras normas
Normas

O assunto foi contemplado ainda no Supremo Tribunal Federal, ao analisar a Ação Direta de Inconstitucionalidade 5.617, que tratou dos recursos do Fundo Partidário. Na ocasião, a Corte entendeu que esses recursos devem ser utilizado na mesma proporção das candidaturas de ambos os gêneros, respeitado a cota mínima de 30% destinadas às mulheres.

Logo em seguida, em maio, o recurso do FEFC também foi submetido a consulta, desta vez pelo TSE. Por unanimidade foi entendido que 30% dos recursos do fundo, criado pela minirreforma eleitoral de 2017, deve ser destinado às candidaturas femininas.

Nas duas normas acima o artigo 10 da Lei Eleitoral 9.504/97 é citado. E nele há especificação que o objeto analisado se refere apenas a “candidatos para a Câmara dos Deputados, a Câmara Legislativa, as assembleias legislativas e as câmaras municipais”. No entanto, trecho mais abaixo da ADI refere-se, literalmente, a ambas as candidaturas, permitindo uma ambiguidade na interpretação da decisão final da ação. O que deixa margem a diferentes entendimentos.

Lei 9.504

Artigo 10 da Lei das Eleições que fala sobre cota no registro das candidaturas proporcionais. Trecho é citado tanto na ADI 5617 como na Consulta do TSE
Resolução do TSE mais recente diz que "os critérios a serem fixados pela direção executiva nacional do partido devem prever a obrigação de aplicação mínima de 30% do total recebido do FEFC, destinado ao custeio da campanha eleitoral das candidatas do partido ou da coligação". Ela não detalha o tipo e sistema eleitoral contemplado, mas cita tanto a ADI do STF como a Consulta do TSE.

Punições

Sob sua ótica, diz o procurador regional eleitoral, nenhuma candidata à Presidência ou a vice poderão usufruir do percentual destinada às mulheres. “A cota não diz respeito a elas [Ana Amélia, Kátia Abreu] porque elas estão em uma chapa majoritária. Ainda que fosse a Marina, que é uma candidata a presidente, o dinheiro utilizado com ela, não entra nos 30%. Então não tem a ver com a condição de vice; tem a ver com o sistema eleitoral com o cargo disputado.”

Ele promete, ao ver tal situação ocorrer no Estado de São Paulo, protocolar ações junto a Justiça Eleitoral. “Nós entraremos como essas ações e vamos pedir ao Judiciário que aplique a sanção correspondente, que pode levar a cassação do mandato”.

Procurado pela a reportagem, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo afirmou, por meio de nota, que resolução do TSE (23.553/2018) não especifica para quais tipos de candidaturas a cota está destinada e, por isso, “o TRE-SP não pode se manifestar sobre a sua consulta, uma vez que a questão pode ser julgada pela Corte do Tribunal, e não podemos antecipar um julgamento”.

Por telefone, a assessoria do Tribunal disse que o tema será decidido na Corte, composta por sete magistrados, conforme suas interpretações quando o assunto chegue ao plenário.

Instâncias superiores

Nas instância superiores, ainda que haja uma maior uniformidade do entendimento do destino desse recurso - tanto Procuradoria Geral-Eleitoral (PGE) como Tribunal Superior Eleitoral dizem que a cota dos 30% incluem candidaturas majoritárias e proporcionais de mulheres -, a questão só começará a ficar clara quando e se o assunto chegar ao TSE através da PGE, uma vez que, por se tratar de normas e orientações muito recentes, não existir jurisprudência sobre o caso.

A instrução normativa da PGE orienta que "à efetivação do mínimo de 30% do montante do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha para financiar candidaturas de mulheres para as eleições majoritárias e proporcionais". A instrução é um ato considerado de orientação aos outros órgãos do Ministério Público Federal, não havendo obrigatoriedade nenhuma de que seja seguida pelos procuradorias regionais eleitorais uma vez que ele tem sua independência garantida.

Partidos

O fato é que na apresentação dos critérios de utilização do FEFC, a maioria dos partidos, até a noite do dia 15, não detalhou em que tipo de candidatura os recursos referente a cota 30% serão utilizado. Ou seja, limitaram a dizer "candidatas femininas" e omitiram a informação se o dinheiro será transferido a majoritárias ou proporcionais ou apenas em candidaturas proporcionais.

As exceções foram o MDB, PSDB, PT, PTB e PSC, que afirmaram que usarão o recurso em ambas tipos de candidaturas. Único que seguiu o entendimento parecido da PRG-SP, o PTC, destinou 30% do FEFC a candidaturas de mulheres a deputadas federais e estaduais - apenas proporcionais.

Os critérios apresentados pelos partidos, publicados pelo TSE, ainda estão sob análise do Tribunal para que os recursos do FEFC sejam distribuídos a cada partido.

 Fonte: Portal Vermelho
Via - Carta Capital

domingo, 19 de agosto de 2018

Seminário em Nova Londrina discutiu resíduo sólido e educação ambiental

O prefeito de Santo Antônio do Caiuá, Osmar Stachovski, compartilhou a experiência vivenciada em sua cidade. Ele explicou que a implantação do programa de coleta é perfeitamente viável.

O 1º Seminário de Meio Ambiente Fênix Ambiental contou com a presença de mais de 70 pessoas Foto: Willian Faria

Na última sexta-feira, aconteceu em Nova Londrina o 1º Seminário de Meio Ambiente Fênix Ambiental. Prefeitos e representantes de prefeituras da região interagiram e trocaram experiências sobre resíduo sólido e educação ambiental.

O seminário promovido pela empresa Fênix Ambiental, que atua na área há 17 anos, serviu para conscientizar os gestores sobre a importância do correto manejo dos resíduos sólidos. Foram incitados a fomentar o envolvimento e a conscientização da população que é a grande geradora de resíduos sólidos.
De acordo com a organização do seminário, mais de 70 pessoas participaram do evento, entre prefeitos, secretários municiais, vereadores e colaboradores de municípios da região e do Estado do Mato Grosso do Sul.

O palestrante Geraldo Pereira da Silva, secretário municipal de Administração de Nova Londrina, falou sobre “Preservação do Meio Ambiente e os Desafios da Gestão Pública”. Explicou que é necessário uma revisão geral no modelo de gestão com o objetivo de se adequar ao cumprimento das exigências legais.

“A administração pública enfrenta um flagrante desequilíbrio de gestão. Temos mecanismos severamente burocráticos que engessa as operações administrativas em função da legalidade, ou seja, só é permitido ‘fazer’ e ‘como fazer’ em estrito cumprimento do ritual descrito em lei”, disse o palestrante.

O representante da empresa Fênix Ambiental, Braz da Silva Molina, falou sobre “Sistema Integrado de Gestão de Resíduos Sólidos e Educação Ambiental”. Usando sua experiência de tecnólogo e consultor na área, disse que ainda há muitos desafios a serem superados.

“Os municípios terão que dar mais prioridade ao assunto. Não há mais que se falar em lixões e teremos que mudar a coleta convencional. A coleta seletiva é uma realidade irreversível e os aterros sanitários devem ser preparados para o recebimento destes resíduos”, comentou Molina.

O prefeito de Santo Antônio do Caiuá, Osmar Stachovski, compartilhou a experiência vivenciada em sua cidade. Explicou que a implantação do programa de coleta é perfeitamente viável.

“Hoje sou defensor da política de coleta seletiva. Temos que ter a participação da população porque isso reflete na melhoria da qualidade de nossos munícipes”, disse o prefeito de São João do Caiuá.

A prefeita de Presidente Castelo Branco, Gisele Potila Faccin Gui, confidenciou que “herdou” da gestão anterior uma multa judicial superior de R$ 3 milhões. O valor era referente a gestão dos resíduos e implantação do aterro sanitário.

“Hoje vejo que a gestão de resíduos é um caminho a ser seguido por todos. Em nosso município formalizamos a parceria com a associação de catadores e fortalecemos a coleta seletiva. Estamos demonstrando a preocupação em reciclar e aproveitar os resíduos sólidos originários de podas, varrição e entulhos”, concluiu a prefeita.

sábado, 18 de agosto de 2018

Projeto “Olhar Pelo Próximo” atende mais de 400 pessoas em Itaúna do Sul


Mais de 400 pessoas participaram na última semana do Projeto “Olhar Pelo Próximo”, em Itaúna do Sul. O serviço foi gratuito e teve o objetivo de atender a demanda oftalmológica reprimida no município.


A triagem aconteceu nas dependências do Salão Paroquial. A organização do evento foi da Prefeitura através da Secretaria de Saúde. As Agentes Comunitárias de Saúde também ajudaram a promover o projeto.


YSABELY MEGA – A BELA DA SEMANA


Como não nos rendermos diante da beleza e realeza incondicional contida nestas mulheres? Como não nos prostrarmos diante destas dádivas esculpidas propositalmente para tomar nossa atenção? É um espetáculo a parte quando elas aparecem tais como musas a desfilar em passarela, e nós, delirantes espectadores, ficamos encantados consequentemente devido a reação de suas impecabilidades. Rendemo-nos, a mulher é definitivamente o maior espetáculo da terra...

Sendo assim, a divindade da mulher está em Ysabely Mega, está nos desenhos que dão forma à graça ímpar repleta de fascínios que a difere dos demais seres, se há algo indiscutivelmente sedutor, a beleza feminina é este exemplo, e tal maravilha, está retratada na imagem da musa que hora trazemos para ocupar este olimpo de belas.

Nela está aquilo que nos fascina, ela é a mulher na fase mais sublime de sua beleza, na terna idade, no brilho de sua juventude e é este brilho que nos alumbra os sentidos, é este lume que nos da a satisfação de contemplar a impecabilidade externada nas formas femininas que fazem de Ysabely, uma notável entre as notáveis.

Ela é um colírio natural que nos vivifica os olhos, é presente a nos favorecer as pupilas, ela é prova incontestável do quanto esta região é um berço onde tem nascido impecáveis mulheres cuja propagação da beleza supera os limites de nossas fronteiras. Por isso ela está aqui, pois aqui difundimos aquilo que temos a honra em apresentar, a impecável beleza feminina de nossas beldades.

Portanto, nos sete dias que seguem, Ysabely estará em evidência, ela que com charme e na elegância única, é capaz de nos arrancar suspiros. Ysabely Mega faz parte deste impecável grupo de belas, destas que nasceram para ser admiradas, por conta disto, louvemos o fascínio que ela representa, engrandecida seja por sua magnificente posição de mulher e por sua incontestável condição de linda.

Um brinde à nossa tamanha sorte, por sermos contemporâneos à ela, um viva a oportunidade que nos é ofertada ao postarmos a imagem desta notável mulher...

Ela é o adorno natural, que torna bonito qualquer ambiente, ela é destaque, ela é evidência, Ysabely é referência...

Os bons adjetivos não lhe estão ausentes, prostremo-nos mais uma vez ante a magnificência feminina, Ysabely Mega... Mega linda, ela é a Bela da Semana.


*YSABELY MEGA – Nova Londrina PR – Filha de Devair e vanderleia – Ysabely é torcedora do São Paulo e cursa Direito na FATECIE.

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Servidores de Nova Londrina fazem reivindicações ao prefeito

O prefeito de Nova Londrina,  Otávio Henrique Grendene Bono, teve reunião com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos (SINDINOL). Na pauta, nove reivindicações feitas pelos servidores públicos.

No Sind Red BH

De acordo com o prefeito, algumas solicitações já foram implementadas e outras aguardam estudo de viabilidade. "Através do bom diálogo e respeito com o servidor, vamos tentar resolver os problemas dos funcionários. Não é possível solucionar todos, porém, tentaremos resolver a maioria" comentou o prefeito.

PALESTRA - A Secretaria de Saúde de Nova Londrina promove no próximo dia 27 palestra sobre “cuidados com a saúde da pele”. A organização é do Programa de Atenção Básica do município.
A assessoria de imprensa da Prefeitura informa que a palestra acontecerá no Anfiteatro Prefeito Antônio Avelino Colla. A médica Mônica Petrângelo será a palestrante. Evento marcado para iniciar às 14h.


quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Fecharam a biblioteca da UNESPAR de Paranavaí

"Seja qual for o custo de nossas bibliotecas, o preço é barato em comparação com o de uma nação ignorante." (Walter Cronkite)


Hoje 16 de Agosto de 2018, fecharam-se as portas da biblioteca da Unespar campus de Paranavaí, por conta da falta de funcionários, devido ao sucateamento da educação pública promovida pelo governo do estado... Lamentável...

"O dom de despertar no passado as centelhas da esperança é privilégio exclusivo do historiador convencido de que também os mortos não estarão em segurança se o inimigo vencer. E esse inimigo não tem cessado de vencer. " (Walter Benjamin).

“Fracassei em tudo o que tentei na vida.
Tentei alfabetizar as crianças brasileiras, não consegui.
Tentei salvar os índios, não consegui.
Tentei fazer uma universidade séria e fracassei.
Tentei fazer o Brasil desenvolver-se autonomamente e fracassei.
Mas os fracassos são minhas vitórias.
Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu”.
(Darcy Ribeiro)

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

DIAMANTE DO NORTE - Unidades de Saúde ganham decoração Agosto Azul/Lilás

Unidades de Saúde terão um atendimento especial aos homens durante todo o mês de agosto
As unidades de Saúde de Diamante do Norte estão ganhando uma decoração especial, que faz parte da Campanha do Agosto Azul/Lilás, que tem como objetivo a realização de uma série de ações de conscientização entre os homens para que os cuidados com a saúde sejam rotineiros, bem como ao combate à violência contra mulheres.

As camisetas da Campanha já começaram a ser entregues aos servidores para serem usadas como uniforme neste mês, para dar mais ênfase ainda às atividades de agosto. Também foram distribuídos folders e panfletos às ACS (Agentes Comunitárias de Saúde), que irão distribuir à população no decorrer do mês de agosto, confeccionados com recursos do VigiaSUS.

O objetivo é alertar sobre a importância da promoção de ações que gerem melhor qualidade de vida à população alvo. A Secretaria de Saúde agradece os servidores pelo empenho, dedicação, criatividade e carinho nas decorações.

Via - Diário do Noroeste


terça-feira, 14 de agosto de 2018

Golpe faz crescer ainda mais diferença salarial por nível de estudo


Em meio ao elevado número de desempregados no país (13 milhões) e a aprovação da reforma trabalhista, os brasileiros sofrem cada dia mais com a diferença de salários na hora de procurar um emprego. 


De acordo com uma pesquisa do professor do Insper,  Sergio Firpo, enquanto um trabalhador com ensino superior recebe R$ 4.911,66, um brasileiro com até um ano de estudo ganha apenas R$ 859,81.

Segundo levantamento, um trabalhador com ensino superior completo recebe, em média, 5,7 vezes o rendimento de um brasileiro com até um ano de estudo.

Atualmente, um trabalhador com ensino superior completo tem um rendimento médio de R$ 4.911,66, enquanto um brasileiro com até um ano de estudo ganha R$ 859,81. A diferença entre os rendimentos dos dois grupos, de 471%, é maior do que foi no ano passado, de 443%. Mas já foi ainda pior: em 2012, os mais escolarizados ganhavam em média quase 500% mais que os que tinham até 1 ano de estudo.

A situação salarial não piorou apenas para quem tem menos estudo, mas também para os brasileiros com ensino médio completo, o diferencial neste ano em relação a quem tem o superior completo chegou a 169%. Essa é a diferença mais elevada desde o ano de 2012.

A crise econômica, a reforma trabalhista e o aumento da informalidade contribuem fortemente para essa disparidade. Com isso, os brasileiros que foram para a escola por menos tempo têm sido os mais prejudicados pela piora no mercado de trabalho.

Enquanto o mercado de trabalho vai se deteriorando, o governo Michel Temer tem diminuído constantemente os orçamentos para as universidades públicas do país. Ou seja, há a precarização do trabalho e a falta de incentivo e proposta para a educação brasileira. O quadro se agrava ainda mais quando é colocada na mesma caixa a reforma trabalhista em vigor desde o ano passado.

Mulheres, as mais prejudicadas

De acordo com apuração do G1, na plataforma digital Bicos, que se propõe a fazer a conexão entre os que precisam de trabalho e aqueles que procuram, a maior parte do cadastro de quem procura pela renda extra é de mulheres de baixa escolaridade.

Via - Portal Vermelho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...