APRESENTADO A COMARCA PARA O MUNDO E O MUNDO PARA A COMARCA

TEMOS O APOIO DE INFOMANIA SOLUÇÕES EM INFORMÁTICA Fones 9986 1218 - 3432 1208 - AUTO-MECÂNICA IDEAL FONE 3432-1791 - 9916-5789 - 9853-1862 - JOALHERIA OURO BRANCO 44 9839-3200 - NOVA ÓTICA Fone (44) 3432 -2305 Cel (44) 8817- 4769 Av. Londrina, 935 - Nova Londrina/PR - VOCÊ É BONITA? VENHA SER A PRÓXIMA BELA DA SEMANA - Já passaram por aqui: ESTEFANNY CUSTÓDIO - ELENI FERREIRA - GIOVANA lIMA - GIOVANA NICOLINI - EVELLIN MARIA - LOHAINNE GONÇALVES - FRANCIELE ALMEIDA - LOANA XAVIER - GABRIELA CRUZ- KARINA SPOTTI - TÂNIA OLIVEIRA - RENATA LETÍCIA - TALITA FERNANDA - JADE CAROLINA - TAYNÁ MEDEIROS - BEATRIZ FONTES - LETYCIA MEDEIROS - MARYANA FREITAS - THAYLA BUGADÃO NAVARRO - LETÍCIA MENEGUETTI - STEFANI ALVES - CINDEL LIBERATO - RAFA-REIS - BEATRYZ PECINI - IZABELLY PECINI - THAIS BARBOSA - MICHELE CECCATTO - JOICE MARIANO - LOREN ZAGATI - GISELE BERNUSSO - RAFAELA RAYSSA - LUUH XAVIER - SARAH CRISTINA - YANNA LEAL - LAURA ARAÚJO TROIAN - GIOVANNA MONTEIRO DA SILVA - PRISCILLA MARTINS RIL - GABRIELLA MENEGUETTI JASPER - MARIA HELLOISA VIDAL SAMPAIO - HELOÍSA MONTE - DAYARA GEOVANA - ADRIANA SANTOS - EDILAINE VAZ - THAYS FERNANDA - CAMILA COSTA - JULIANA BONFIM - MILENA LIMA - DYOVANA PEREZ - JULIANA SOUZA - JESSICA BORÉGIO - JHENIFER GARBELINI - DAYARA CALHEIROS - ALINE PEREIRA - ISABELA AGUIRRE - ANDRÉIA PEREIRA - MILLA RUAS - MARIA FERNANDA COCULO - FRANCIELLE OLIVEIRA - DEBORA RIBAS - CIRLENE BARBERO - BIA SLAVIERO - SYNTHIA GEHRING - JULIANE VIEIRA - DUDA MARTINS - GISELI RUAS - DÉBORA BÁLICO - JUUH XAVIER - POLLY SANTOS - BRUNA MODESTO - GIOVANA LIMA - VICTÓRIA RONCHI - THANYA SILVEIRA - ALÉKSIA LAUREN - DHENISY BARBOSA - POLIANA SENSON - LAURA TRIZZ - FRANCIELLY CORDEIRO - LUANA NAVARRO - RHAYRA RODRIGUES - LARISSA PASCHOALLETO - ALLANA BEATRIZ - WANDERLÉIA TEIXEIRA CAMPOS - BRUNA DONATO - VERÔNICA FREITAS - SIBELY MARTELLO - MARCELA PIMENTEL - SILVIA COSTA - JHENIFER TRIZE - LETÍCIA CARLA -FERNANDA MORETTI - DANIELA SILVA - NATY MARTINS - NAYARA RODRIGUES - STEPHANY CALDEIRA - VITÓRIA CEZERINO - TAMIRES FONTES - ARIANE ROSSIN - ARIANNY PATRICIA - SIMONE RAIANE - ALÉXIA ALENCAR - VANESSA SOUZA - DAYANI CRISTINA - TAYNARA VIANNA - PRISCILA GEIZA - PATRÍCIA BUENO - ISABELA ROMAN - RARYSSA EVARISTO - MILEIDE MARTINS - RENATHA SOLOVIOFF - BEATRIZ DOURADO - NATALIA LISBOA - ADRIANA DIAS - SOLANGE FREITAS - LUANA RIBEIRO - YARA ROCHA - IDAMARA IASKIO - CAMILA XAVIER - BIA VIEIRA - JESSICA RODRIGUES - AMANDA GABRIELLI - BARBARA OLIVEIRA - VITORIA NERES - JAQUE SANTOS - KATIA LIMA - ARIELA LIMA - MARIA FERNANDA FRANCISQUETI - LARA E LARISSA RAVÃ MATARUCO - THATY ALVES - RAFAELA VICENTIN - ESTELLA CHIAMULERA - KATHY LOPES - LETICIA CAVALCANTE PISCITELI - VANUSA SANTOS - ROSIANE BARILLE - NATHÁLIA SORRILHA - LILA LOPES - PRISCILA LUKA - SAMARA ALVES - JANIELLY BOTA - ELAINE LEITE CAVALCANTE - INGRID ZAMPOLLO - DEBORA MANGANELLI - MARYHANNE MAZZOTTI - ROSANI GUEDES - JOICE RUMACHELLA - DAIANA DELVECHIO - KAREN GONGORA - FERNANDA HENRIQUE - KAROLAYNE NEVES TOMAS - KAHENA CHIAMULERA - MACLAINE SILVÉRIO BRANDÃO - IRENE MARY - GABRIELLA AZEVEDO - LUANA TALARICO - LARISSA TALARICO - ISA MARIANO - LEIDIANE CARDOSO - TAMIRES MONÇÃO - ALANA ISABEL - THALIA COSTA - ISABELLA PATRICIO - VICTHORIA AMARAL - BRUNA LIMA - ROSIANE SANTOS - LUANA STEINER - SIMONE OLIVEIRA CUSTÓDIO - MARIELLE DE SÁ - GISLAINE REGINA - DÉBORA ALMEIDA - KIMBERLY SANTOS - ISADORA BORGHI - JULIANA GESLIN - BRUNA SOARES - POLIANA PAZ BALIEIRO - GABRIELA ALVES - MAYME SLAVIERO - GABRIELA GEHRING - LUANA ANTUNES - KETELEN DAIANA - PAOLLA NOGUEIRA - POLIANY FERREIRA DOS ANOS - LUANA DE MORAES - EDILAINE TORRES - DANIELI SCOTTA - JORDANA HADDAD - WINY GONSALVES - THAÍSLA NEVES - ÉRICA LIMA CABRAL - ALEXIA BECKER - RAFAELA MANGANELLI - CAROL LUCENA - KLAU PALAGANO - ELISANDRA TORRES - WALLINA MAIA - JOYCE SAMARA - BIANCA GARCIA - SUELEN CAROLINE - DANIELLE MANGANELLI - FERNANDA HARUE - YARA ALMEIDA - MAYARA FREITAS - PRISCILLA PALMA - LAHOANA MOARAES - FHYAMA REIS - KAMILA PASQUINI - SANDY RIBEIRO - MAPHOLE MENENGOLO - TAYNARA GABELINI - DEBORA MARRETA - JESSICA LAIANE - BEATRIS LOUREIRO - RAFA GEHRING - JOCASTA THAIS - AMANDA BIA - VIVIAN BUBLITZ - THAIS BOITO - SAMIA LOPES - BRUNA PALMA - ALINE MILLER - CLEMER COSTA - LUIZA DANIARA – ANA CLAUDIA PICHITELLI – CAMILA BISSONI – ERICA SANTANA - KAROL SOARES - NATALIA CECOTE - MAYARA DOURADO - LUANA COSTA - ANA LUIZA VEIT - CRIS LAZARINI - LARISSA SORRILHA - ROBERTA CARMO - IULY MOTA - KAMILA ALVES - LOISLENE CRISTINA - THAIS THAINÁ - PAMELA LOPES - ISABELI ROSINSKI - GABRIELA SLAVIERO - LIARA CAIRES - FLÁVIA OLIVEIRA - GRAZI MOREIRA - JESSICA SABRINNI - RENATA SILVA -SABRINA SCHERER - AMANDA NATALIÊ - JESSICA LAVRATE - ANA PAULA WESTERKAMP- RENATA DANIELI - GISELLY RUIZ - ENDIARA RIZZO - *DAIANY E DHENISY BARBOSA - KETLY MILLENA - MICHELLE ENUMO - ISADORA GIMENES - GABRIELA DARIENSO - MILENA PILEGI - TAMIRES ONISHI - EVELIN FEROLDI - ELISANGELA SILVA - PAULA FONTANA CAVAZIM - ANNE DAL PRÁ - POLLIANA OGIBOWISKI - CAMILA MELLO - PATRICIA LAURENTINO - FLOR CAPELOSSI - TAMIRES PICCOLI - KATIELLY DA MATTA - BIANCA DONATO - CATIELE XAVIER - JACKELINE MARQUES - CAROL MAZZOTTI - DANDHARA JORDANA - BRENDA GREGÓRIO - DUDA LOPES - MILENA GUILHEN - MAYARA GREGÓRIO - BRUNA BOITO - BETHÂNIA PEREIRA - ARIELLI SCARPINI - CAROL VAZ - GISELY TIEMY -THAIS BISSONI - MARIANA OLIVEIRA - GABRIELA BOITO - LEYLLA NASCIMENTO - JULIANA LUCENA- KRISTAL ZILIO - RAFAELA HERRERA - THAYANA CRISTINA VAZ - TATIANE MONGELESKI - NAYARA KIMURA - HEGILLY CORREIA MIILLER - FRANCIELI DE SANTI - PAULA MARUCHI FÁVERO - THAÍS CAROLINY - IASMIM PAIVA - ALYNE SLAVIERO - ISABELLA MELQUÍADE - ISABELA PICOLLI - AMANDA MENDES - LARISSA RAYRA - FERNANDA BOITO - EMILLY IZA - BIA MAZZOTTI - LETICIA PAIVA - PAOLA SLAVIERO - DAIANA PISCITELLE - ANGELINA BOITO - TALITA SANTOS Estamos ha 6 anos no ar - Mais de 700 acessos por dia, mais de um milhão de visualizações - http://mateusbrandodesouza.blogspot.com.br/- Obrigado por estar aqui, continue com a gente

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Nova Londrina está entre os 4 municípios com alto risco de epidemia de dengue no Paraná.

Deu na Gazeta do Povo:

Secretaria de Estado da Saúde Informa:
Paraná tem 39 municípios com risco de epidemia de dengue


Em Guaíra, Capanema, Loanda e Nova Londrina o risco é alto, superior a 4%; de agosto a novembro foram confirmados 119 casos da doença no estado.

Há risco de epidemia de dengue em 39 municípios do Paraná, segundo informações do levantamento do índice de infestação do Aedes aegypti no Paraná (Liraa), divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, na segunda-feira (28), durante a 8ª reunião do Comitê Gestor Intersetorial de Combate à Dengue, em Curitiba. Ao todo, 59 participaram do levantamento.

O risco é considerado alto (igual ou superior a 4%) em quatro municípios: Guaíra, Capanema, Loanda e Nova Londrina. Nos outros 35, o risco é médio, com porcentagem entre 3,9% e 1%.

O levantamento é feito a partir da metodologia do Programa Nacional de Controle da Dengue. Os agentes e controle de endemias visitam alguns imóveis por amostragem à procura de larvas do mosquito e atribuem o índice conforme o número de criadouros a cada grupo de 100. Um índice de 2%, por exemplo, indica que a cada 100 imóveis, dois tinham criadouros com larvas de Aedes aegypti.

O principal problema, segundo a Vigilância em Saúde da Secretaria da Saúde, é o acúmulo de materiais que retêm água, a falta de aterros sanitários e a separação e destino não adequado de materiais recicláveis.

Entre os meses de agosto e novembro, em todo o estado, foram confirmados 119 casos da doença. Desses, 101 com contaminação no município e 18 provenientes de outros locais. Uma morte foi confirmada na cidade de Cornélio Procópio, em abril deste ano. Com essa, somam 15 as mortes por dengue durante o ano epidemiológico 2010/2011.

A secretaria descartou a dengue hemorrágica como causa de uma morte registrada em Londrina no início de novembro. Na época, segundo o atestado de óbito do Hospital Universitário (HU), a causa da morte foi “choque hemorrágico de dengue".




terça-feira, 29 de novembro de 2011

Petistas acusam Beto Richa de disfarçar privatização nos serviços públicos.


A contratação de terceirizados em várias áreas do serviço público, cujo projeto de regulamentação foi enviado pelo governador Beto Richa (PSDB) na quarta-feira da semana passada para apreciação da Assembleia Legislativa, será defendida junto aos deputados uma semana depois por representantes das Secretarias de Saúde e da Cultura.

Eles irão à Assembleia amanhã para explicar, na abertura da sessão plenária, a proposta de regulamentação das Organizações Sociais (OSs) para assumirem serviços públicos no Estado, através de contratação terceirizada de pessoal.

Para os deputados do PT, únicos a fazer oposição ao governo, o projeto do Executivo disfarça uma privatização de setores do poder público. Pelo governo alega-se ainda que o Estado não pode mais fazer contratação de servidores por concurso público porque os gastos com pessoal estão acima do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

DOIS LADOS - Ademar Traiano (PSDB), líder do governo na Assembléia, nega essa intenção e afirma que a regulamentação dará agilidade ao Estado para promover contratações para setores como hospitais e também na área cultura. Ele deu como exemplo o hospital de reabilitação, em Curitiba, que estaria paralisado por falta de pessoal.

Na área de cultura, Traiano citou que parte dos funcionários da Orquestra Sinfônica do Paraná, que hoje são contratados em cargos em comissão, gera questionamento do Tribunal de Contas do Estado. Com as OS, o governo resolve problemas como dois exemplos que citou, alega o tucano.

As Organizações Sociais, por conta da sua agilidade, não ficam à margem de controles e fiscalizações, afirma o líder do governo.

“Elas sofrem fiscalização rigorosa dos órgãos de controle interno e externo do governo, Tribunal de Contas, Ministério Público e da própria sociedade”, diz ele.

Mas o deputado Tadeu Veneri (PT), rebate. Ele avalia que o projeto do governo Richa para regulamentar a forma de qualificar entidades como OSs para prestar serviços públicos, “recoloca o Paraná no caminho das privatizações e terceirizações”.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Os algozes de Dilma na história.

Até quando triunfará o ímpio?

No mundo onde quem leva vantagem são os que têm influência e dinheiro, que motivação temos para lutar?

A luta é desleal, o fator possuir e o termo “quem indica” sempre estarão tomando o lugar de quem realmente merece a vitória. O sistema corrupto corrompe o ser humano e desta forma prolifera-se a desiguadade.

Em um sistema dominante que prioriza o ter ao invés do ser, as virtudes caem por terra. Na luta pela sobrevivência neste capitalismo selvagem, teu caráter, tua capacidade física e intelectual valerá bem menos que o dinheiro e o sobrenome do teu concorrente.

Não importa teu preparo, nem tua dedicação, o que tem importância é tua conta bancária e teus bens materiais. “Quem pode, pode. Quem não pode se sacode” assim nos diz o mundo cão.

Desta forma a frustração confisca as forças do combatente.
Até quando triunfará o ímpio e o sistema iníquo que nos desampara? Até que caia por terra a maneira injusta com que o mundo é governado.

Abaixo o sistema semeador de injustiça.

Mateus Brandão de Souza, graduado em história pela FAFIPA.

domingo, 27 de novembro de 2011

Justiça proíbe lançamento de livro que aponta suposta homossexualidade de Lampião.

Virgulino Lampião
O juiz Aldo Albuquerque, da 7ª Vara Cível de Aracaju (SE), proibiu a publicação e comercialização do livro “Lampião – o Mata Sete” de autoria do juiz aposentado Pedro de Morais. A ação judicial foi movida pela família do “rei do cangaço”, que se sentiu ofendida porque, em um dos capítulos, ele é apontado como homossexual e sua companheira Maria Bonita, como adúltera.

No livro, o autor afirma que o Virgulino Ferreira, o Lampião, mantinha uma relação homoafetiva com um cangaceiro chamado Luiz Pedro, que também seria namorado de Maria Déia, a Maria Bonita, o que formaria triângulo amoroso.
Ainda no livro, o autor questiona a paternidade de Lampião em relação à única filha do casal, Expedita Ferreira Nunes, 79 anos. Segundo a obra, Lampião teria sido atingido por um tiro na genitália em 1922, o que lhe teria incapacitado de procriação.

A decisão judicial foi expedida no ultimo dia (24), momentos antes do lançamento do livro, que ocorreria em uma livraria de Aracaju. Assim, o autor está proibido de divulgar e comercializar o livro em qualquer parte do país. Pedro Morais poderá apenas se defender quanto ao conteúdo da obra.

Segundo o advogado da família, Wilson Winne, a ação judicial foi fundamentada na violação da privacidade. “Direito de liberdade de expressão tem um limite. Essa obra viola a invasão de privacidade. Ele é uma pessoa histórica. Quando se fala de Lampião, é da parte histórica. Que ele era violento, pistoleiro, herói ou bandido, mas neste caso atinge a honra da família. Está interferindo na vida da pessoa, de sua família”, argumentou.

O livro.
Pedro de Morais informou que recorrerá da decisão e afirma que lançará o livro na próxima semana na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Aracaju. “Eu estudo sobre Lampião há muitos anos. Juntando artigos, revistas... Não tenho nada contra a homossexualidade, eu citei como um fato histórico”, justificou o autor.
“Essa teoria [homossexualidade] já existe há mais de 40 anos. Ex-cangaceiros e remanescentes do cangaço sempre confirmaram isso. Não sou eu o criador desse detalhe”, reforçou o autor, lembrando que o antrópologo e historiador Luiz Mott já teria levantando essa tese. "Quero lembrar que a possível homoafetividade de Lampião não é o tema central do livro".

O autor frisou que a visão “romântica” em relação a Maria Bonita foi criada pela literatura de cordel. “Não existia no cangaço, não. Ela era uma mulher pirracenta, inclusive com o próprio Lampião”, diz.
De acordo com Morais, a cangaceira era casada com um sapateiro e o deixou para seguir junto com Luiz Pedro, que como companheiro de Lampião teria convencido o rei do cangaço a aceitar uma mulher no bando, inaceitável antes da chegada de Maria Bonita.

Na opinião de Pedro de Morais, não existem motivos para endeusar ou mitificar Lampião. “Nenhuma virtude eu encontrei no bandido em qualquer ato seu”, afirmou.

Biografias e censura

O escritor Ruy Castro teve o livro "Estrela Solitária: um Brasileiro Chamado Garrincha" impedido de circular por 11 anos. No livro, ele dava a dimensão do falo do ex-jogador, o que fez com que as herdeiras de Mané Garrincha entrassem com uma ação na Justiça.

Um livro escrito por Paulo Cesar Araújo com a biografia não autorizada do cantor Roberto Carlos, lançado em 2006, também causou polêmica. Em janeiro de 2007, o artista entrou na Justiça contra o autor da obra, alegando invasão de privacidade. No mesmo ano, o cantor conseguiu impedir a comercialização da biografia e que fossem apreendidos 11 mil exemplares.

Dois projetos de lei apresentados na Câmara dos Deputados propõem permitir que o leitor brasileiro tenha acesso irrestrito a informações biográficas de figuras públicas. Os projetos dos deputados Newton Lima (PT-SP) e Manuela D'Ávila (PC do B-RS) acabam com a proibição às biografias não autorizadas.

Paulo Rolemberg.


Um Conselho

Por Dandhara Jordana

 A gente faz cara de santo quando algum palhaço tripudia em cima de nós, e nos comportamos feitos tontos anestesiados com a nossa própria dor. Seria até bonito se fosse teatro, eu bateria palmas. Nós fingimos tanto, sonhamos tanto e realizamos pouco.
O negócio mais vantajoso, ainda é aproveitar os momentos felizes. Felicidade absoluta é ilusão!
Fujamos da rotina, as vezes, é bom! Olhemos para o espelho e vejamos que é a nossa vida que está nas mãos de quem te olha.
Exemplo de vida são sorrisos nesse caos que o mundo está virando. São amizades capazes de superar o egoísmo que polui os corações humanos. Exemplo de vida é viver.
Vá e frente, siga o seu caminho e se acaso tropeçar em algum problema, não se intimide, não é o fim do mundo.
Devemos fazer cara de anjos e trazer como um manto a alegria de se ser.

Nota: Dandhara Jordana Assis Oliveira têm 16 anos e é estudante do 2° Ano do Ensino médio no Colégio Estadual Princesa Isabel em Marilena.

sábado, 26 de novembro de 2011

PAULA MARUCHI FÁVERO - A BELA DA SEMANA.


Os requintes de uma bela têm por capricho, fascinar os olhos de quem a contempla. São seres especiais em cuja formosura deixa hipnotizados aqueles que apreciam o verdadeiro encanto proveniente unicamente de mulheres que nasceram predestinadas a serem admiradas e por suas qualidades, tornam-se cobiçadas e viram referência para os demais quando estes querem referir-se à beleza de uma mulher verdadeiramente bonita.

Paula Maruchi Fávero por sua vez, compõe este selecionado grupo de mulheres que de tão belas, tornam-se especiais. Formosa criatura de uma beleza extasiante, onde o fascínio que ela proporciona aos demais viventes a faz diferente do senso comum.

Além do privilégio em ser mulher, Paula é bonita e sua beleza a faz merecedora a ocupar este posto criado para colocar em evidência a evidente beleza das belas. A beldade desta semana é Paula Maruchi Fávero, delicadeza, encanto e fascínio, são qualidades mescladas, personificadas em uma criatura nascida para ser admirada e adorada por muitos.

Desejamos toda sorte necessária para fazer de Paula uma pessoa feliz, felicidade não apenas por sua beleza, mas somados a isso, a modéstia e a simpatia deste alguém que pelo fato de existir, faz a diferença neste mundo tão carente de pessoas com a marca que existe nela

Pessoas iguais à Paula que pela qualidade, encanto e magia da beleza natural, deixa claro que em meio ao caos do mundo, ainda existem pessoas que valem a pena.

Nossos louvores à Paula Maruchi Fávero, um brinde seguido de nossa reverência em virtude do refrigério proporcionado em nossas almas, devido à beleza indizível que dela é oriunda.

Paula, a honra em tê-la é desmedida, somos gratos pela oportunidade em fazer nossa página mais atrativa. A semana é toda sua, porém nosso respeito seguirá enquanto existirmos.

Viva Paula Maruchi Fávero. VIVA A BELA DA SEMANA.    

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

FALAR EM PÚBLICO, QUE PERIGO.


 Aquele que nunca viu um mero microfone fazer tremer e desmoronar homens e mulheres conceituadas em uma sociedade, que assista a reuniões ou ouçam atentamente a pronunciamentos e entrevistas cedidas publicamente por estas tais pessoas.

O fiasco por mau se expressar tem levado muitos ao ridículo, ao deboche e a depreciação de sua imagem, uma palavra usada indevidamente pode ser letal ao orador, fazendo cair por terra toda sua credibilidade, como também, pode evidenciar sua incapacidade, mostrando seu despreparo e infelicidade, diante de um público sempre haverá avaliador, crítico e implacável no julgar e condenar.

“É melhor ao homem escorregar com os pés do que com a língua”, este provérbio Hindu nos atenta ao perigo que corremos se não policiarmos nossas palavras, pois as conseqüências podem ser desastrosas, muitas vezes patéticas.

De fato a boa oratória é um dom que assiste a poucos, por isso, cautela ao falar é uma questão de obrigatoriedade, inteirar-se de assuntos, pesquisar, ler, estudar são pontos que devem ser observados até mesmo por oradores vocacionais, que dirá por amadores de pouca ou nenhuma intimidade com microfones e lentes de câmeras.

O falar por falar é tão somente para as rodas de bate-papo, jogar conversa fora, é para os grupos de amigos entre pessoas íntimas e próximas, em publico, porém, é preciso prudência, discernimento, segurança e conhecimento, se assim não for, o falastrão pagará micos inimagináveis, prestando com certidão a tarefa de idiota, fazendo deleitar-se em risos aqueles que se deliciam com o despreparo adverso.

Portanto, em público, procure ao máximo o autocontrole emocional, não permita que um simples microfone pareça ter proporções monstruosas, controle-se diante da platéia, estabanar-se, irá apenas satisfazer olhares e ouvidos famintos por deslizes e desastres.

Lembre-se, busque falar o necessário, fale sem floreios, com sabedoria e segurança, caso contrário, cale-se.
Primeiro aprenda a lidar com a situação, depois, entre ouvir e falar, procure ficar com primeira opção, pois assim observam os sábios, prova disto é que somos providos de dois ouvidos e uma só boca.

Vigiai, vigiai.
A palavra depois de proferida não tem retorno, é como cristal quebrado, de forma alguma terá remendo.

Mateus Brandão de Souza, graduado em história pela FAFIPA.

Procurador quer tirar emissoras católicas do ar.


Pedido de anulação de concessões de 1997 e 2001 alega falta de licitação.

O Ministério Público Federal em Guaratinguetá pediu ontem à Justiça a anulação das concessões das emissoras de TV Canção Nova e Aparecida - as duas sediadas no interior paulista. De acordo com as alegações do MPF, os processos de concessão, em 1997 e 2001, respectivamente, ocorreram de forma irregular.

As emissoras pertencem a grupos católicos e transmitem programas de evangelização. A Canção Nova segue a linha da Renovação Carismática e ganhou destaque na campanha presidencial do ano passado, por ter transmitido ao vivo um sermão no qual o padre José Augusto pedia aos católicos que não votassem no PT, por se tratar de partido que estaria apoiando o aborto. A TV Aparecida integra a rede de comunicação do Santuário de Aparecida, controlada pelos padres da Congregação Redentorista.

Nos processos administrativos no Ministério das Comunicações, os dois grupos informaram que as emissoras teriam caráter educativo. As outorgas foram assinada pela Presidência da República em 2002 e ratificadas pelo Congresso.

Segundo o procurador Adjame Oliveira, autor das ações apresentadas agora, a concessão deveria ter sido precedida de licitação, para selecionar a entidade que apresentasse o melhor projeto educacional. "A outorga sem licitação põe em xeque a utilização democrática e transparente desse meio de comunicação", justificou.
O pedido de anulação ocorre vinte dias após o Conselho Deliberativo da Canção Nova ter decidido suspender a transmissão do programa Justiça e Paz, apresentado pelo presidente do PT de São Paulo, deputado estadual Edinho Silva. Ele estreou no dia 3, com uma entrevista com o ministro Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência.

A suspensão ocorreu no mesmo dia. Católico e ligado a grupos religiosos, Carvalho
havia articulado uma reaproximação entre a presidente Dilma Rousseff e a Canção Nova, após os atritos da campanha.

Segundo a emissora, o afastamento de Edinho fez parte de uma reforma na grade de programação. Na mesma ocasião foram suspensos os programas de outros políticos. Entres eles o deputado federal Gabriel Chalita, provável candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo em 2012 e muito próximo da Renovação Carismática. O chefe da pasta do Desenvolvimento Econômico do Estado, Paulo Barbosa, que deve concorrer à Prefeitura de Santos, também perdeu seu programa. Na mesma lista foram incluídos os deputados estaduais Eros Biondini (PTB-MG) e Myriam Rios (PDT-RJ) e a primeira-dama paulista, Lu Alckmin.

Assessores jurídicos da Fundação João Paulo II, que controla a Canção Nova, disseram ontem que ainda não foram formalmente citados para a defesa e não conhecem o teor das acusações. Até o início da noite a direção da TV Aparecida ainda não havia se manifestado.

Roldão Arruda
No:  Estado S.Paulo
Fonte: Com Texto Livre

Ministério Público pede bloqueio de bens e o afastamento de Gilberto Kassab da prefeitura de São Paulo.


O MP-SP (Ministério Público de São Paulo) pediu o bloqueio de bens e o afastamento do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. A ação movida pela Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e Social inclui como réus o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Eduardo Jorge e seis empresas — entre elas a CCR e a Controlar —. Todos são acusados de participar de uma suposta fraude que movimentou bilhões no contrato da inspeção veicular em São Paulo.
 A informação do jornal O Estado de S. Paulo foi confirmada pela Assessoria de Imprensa do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo). Nos autos, que somam 50 volumes, o MP pede também a perda dos direitos políticos e a condenação por improbidade administrativa dos acusados.

De acordo com o Ministério Público, a ação aponta nulidades da concorrência vencida em 2005 pelo Consórcio Controlar, a inabilitação técnica, econômica e financeira da Controlar para executar o contrato, fraudes na mudança do controle acionário e na composição do capital social da Controlar, inconstitucionalidade de leis municipais sobre a inspeção veicular obrigatória e uma série de outras irregularidades que tornam nulos o contrato e seus aditivos.

A ação foi movida pelos promotores Roberto de Almeida Costa e Marcelo Daneluzzi, que atribuíram o valor de R$ 1,05 bilhão à causa. Os promotores pedem a suspensão imediata da inspeção veicular, a devolução dos valores de multas cobradas dos moradores de São Paulo, além de indenização por danos morais aos donos de veículos.

O MP também busca a responsabilização de Hélio Neves, chefe de gabinete da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, que tem delegação para acompanhar a execução do contrato, e de Félix Castilho, assessor jurídico que teria atuado com desvio de finalidade para dar aparente legalidade a atos ilegais, ignorando pareceres precedentes contrários das suas Assessorias Técnica e Jurídica e decisões do Tribunal de Contas do Município.
  
A ação pede o afastamento do prefeito porque, no entendimento dos promotores, os processos administrativos demonstram ingerência do prefeito na autonomia da Procuradoria Geral do Município, bem como em virtude da resistência do prefeito em atender as recomendações do Tribunal de Contas que, nos anos de 2007, 2008, 2009, 2010 e 2011, aponta irregularidades no negócio.

Os promotores pedem a responsabilização dos agentes públicos, empresas e empresários envolvidos, com base na lei de improbidade administrativa — que prevê a perda do cargo e dos direitos políticos, entre outras sanções —, além do ressarcimento aos cofres do Município de eventuais prejuízos causados ao erário.

A ação foi distribuída à 31ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Os promotores também encaminharam cópia do procedimento ao Tribunal de Contas e à Câmara Municipal.Estado

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

MARINGÁ: VEREADORES VOTAM A FAVOR DO AUMENTO DE 96% DO PRÓPRIO SALÁRIO.

Um ditado popular nos adverte: "Ajude seu político trabalhar, não vote nele".
Depois de tomarmos conhecimento de episódios como o acontecido na câmara dos vereadores de Maringá, a gente tem mais é que seguir e considerar este sábio conselho. Lá em Maringá, vereadores votaram a favor de uma lei que subirá um aumento de 96% do próprio salário a partir de 2012. O fato revoltante e a ladroagem explícita amparada pela lei e a afronta aos cidadãos, é o assunto do momento na grande Maringá.

A seguir um vídeo onde o humorista Fábio Moraes encarna um vereador fictício por nome Sincero Silva divulgando a lista com os nomes dos vereadores que votaram a favor e contra este projeto onde representantes da câmara de Maringá legislam em causa própria.

FOTOS EM CORES DA ALEMANHA NAZISTA.












































































Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...