APRESENTADO A COMARCA PARA O MUNDO E O MUNDO PARA A COMARCA

TEMOS O APOIO DE INFOMANIA SOLUÇÕES EM INFORMÁTICA Fones 9986 1218 - 3432 1208 - AUTO-MECÂNICA IDEAL FONE 3432-1791 - 9916-5789 - 9853-1862 - NOVA ÓTICA Fone (44) 3432 -2305 Cel (44) 8817- 4769 Av. Londrina, 935 - Nova Londrina/PR - VOCÊ É BONITA? VENHA SER A PRÓXIMA BELA DA SEMANA - Já passaram por aqui: TAYSA SILVA - MARIELLA PAOLA - MARY FERNANDES - DANIELLE MEIRA - *Thays e Thamirys - ELLEN SOARES - DARLENE SOARES - MILENA RILANI - ISTEFANY GARCIA - ARYY SILVA - ARIANE SILVA - MAYARA TEIXEIRA - MAYARA TAKATA - PAOLA ALVES - MORGANA VIOLIM - MAIQUELE VITALINO - BRENDA PIVA - ESTEFANNY CUSTÓDIO - ELENI FERREIRA - GIOVANA LIMA - GIOVANA NICOLINI - EVELLIN MARIA - LOHAINNE GONÇALVES - FRANCIELE ALMEIDA - LOANA XAVIER - JOSIANE MEDEIROS - GABRIELA CRUZ- KARINA SPOTTI - TÂNIA OLIVEIRA - RENATA LETÍCIA - TALITA FERNANDA - JADE CAROLINA - TAYNÁ MEDEIROS - BEATRIZ FONTES - LETYCIA MEDEIROS - MARYANA FREITAS - THAYLA BUGADÃO NAVARRO - LETÍCIA MENEGUETTI - STEFANI ALVES - CINDEL LIBERATO - RAFA REIS - BEATRYZ PECINI - IZABELLY PECINI - THAIS BARBOSA - MICHELE CECCATTO - JOICE MARIANO - LOREN ZAGATI - GISELE BERNUSSO - RAFAELA RAYSSA - LUUH XAVIER - SARAH CRISTINA - YANNA LEAL - LAURA ARAÚJO TROIAN - GIOVANNA MONTEIRO DA SILVA - PRISCILLA MARTINS RIL - GABRIELLA MENEGUETTI JASPER - MARIA HELLOISA VIDAL SAMPAIO - HELOÍSA MONTE - DAYARA GEOVANA - ADRIANA SANTOS - EDILAINE VAZ - THAYS FERNANDA - CAMILA COSTA - JULIANA BONFIM - MILENA LIMA - DYOVANA PEREZ - JULIANA SOUZA - JESSICA BORÉGIO - JHENIFER GARBELINI - DAYARA CALHEIROS - ALINE PEREIRA - ISABELA AGUIRRE - ANDRÉIA PEREIRA - MILLA RUAS - MARIA FERNANDA COCULO - FRANCIELLE OLIVEIRA - DEBORA RIBAS - CIRLENE BARBERO - BIA SLAVIERO - SYNTHIA GEHRING - JULIANE VIEIRA - DUDA MARTINS - GISELI RUAS - DÉBORA BÁLICO - JUUH XAVIER - POLLY SANTOS - BRUNA MODESTO - GIOVANA LIMA - VICTÓRIA RONCHI - THANYA SILVEIRA - ALÉKSIA LAUREN - DHENISY BARBOSA - POLIANA SENSON - LAURA TRIZZ - FRANCIELLY CORDEIRO - LUANA NAVARRO - RHAYRA RODRIGUES - LARISSA PASCHOALLETO - ALLANA BEATRIZ - WANDERLÉIA TEIXEIRA CAMPOS - BRUNA DONATO - VERÔNICA FREITAS - SIBELY MARTELLO - MARCELA PIMENTEL - SILVIA COSTA - JHENIFER TRIZE - LETÍCIA CARLA -FERNANDA MORETTI - DANIELA SILVA - NATY MARTINS - NAYARA RODRIGUES - STEPHANY CALDEIRA - VITÓRIA CEZERINO - TAMIRES FONTES - ARIANE ROSSIN - ARIANNY PATRICIA - SIMONE RAIANE - ALÉXIA ALENCAR - VANESSA SOUZA - DAYANI CRISTINA - TAYNARA VIANNA - PRISCILA GEIZA - PATRÍCIA BUENO - ISABELA ROMAN - RARYSSA EVARISTO - MILEIDE MARTINS - RENATHA SOLOVIOFF - BEATRIZ DOURADO - NATALIA LISBOA - ADRIANA DIAS - SOLANGE FREITAS - LUANA RIBEIRO - YARA ROCHA - IDAMARA IASKIO - CAMILA XAVIER - BIA VIEIRA - JESSICA RODRIGUES - AMANDA GABRIELLI - BARBARA OLIVEIRA - VITORIA NERES - JAQUE SANTOS - KATIA LIMA - ARIELA LIMA - MARIA FERNANDA FRANCISQUETI - LARA E LARISSA RAVÃ MATARUCO - THATY ALVES - RAFAELA VICENTIN - ESTELLA CHIAMULERA - KATHY LOPES - LETICIA CAVALCANTE PISCITELI - VANUSA SANTOS - ROSIANE BARILLE - NATHÁLIA SORRILHA - LILA LOPES - PRISCILA LUKA - SAMARA ALVES - JANIELLY BOTA - ELAINE LEITE CAVALCANTE - INGRID ZAMPOLLO - DEBORA MANGANELLI - MARYHANNE MAZZOTTI - ROSANI GUEDES - JOICE RUMACHELLA - DAIANA DELVECHIO - KAREN GONGORA - FERNANDA HENRIQUE - KAROLAYNE NEVES TOMAS - KAHENA CHIAMULERA - MACLAINE SILVÉRIO BRANDÃO - IRENE MARY - GABRIELLA AZEVEDO - LUANA TALARICO - LARISSA TALARICO - ISA MARIANO - LEIDIANE CARDOSO - TAMIRES MONÇÃO - ALANA ISABEL - THALIA COSTA - ISABELLA PATRICIO - VICTHORIA AMARAL - BRUNA LIMA - ROSIANE SANTOS - LUANA STEINER - SIMONE OLIVEIRA CUSTÓDIO - MARIELLE DE SÁ - GISLAINE REGINA - DÉBORA ALMEIDA - KIMBERLY SANTOS - ISADORA BORGHI - JULIANA GESLIN - BRUNA SOARES - POLIANA PAZ BALIEIRO - GABRIELA ALVES - MAYME SLAVIERO - GABRIELA GEHRING - LUANA ANTUNES - KETELEN DAIANA - PAOLLA NOGUEIRA - POLIANY FERREIRA DOS ANOS - LUANA DE MORAES - EDILAINE TORRES - DANIELI SCOTTA - JORDANA HADDAD - WINY GONSALVES - THAÍSLA NEVES - ÉRICA LIMA CABRAL - ALEXIA BECKER - RAFAELA MANGANELLI - CAROL LUCENA - KLAU PALAGANO - ELISANDRA TORRES - WALLINA MAIA - JOYCE SAMARA - BIANCA GARCIA - SUELEN CAROLINE - DANIELLE MANGANELLI - FERNANDA HARUE - YARA ALMEIDA - MAYARA FREITAS - PRISCILLA PALMA - LAHOANA MOARAES - FHYAMA REIS - KAMILA PASQUINI - SANDY RIBEIRO - MAPHOLE MENENGOLO - TAYNARA GABELINI - DEBORA MARRETA - JESSICA LAIANE - BEATRIS LOUREIRO - RAFA GEHRING - JOCASTA THAIS - AMANDA BIA - VIVIAN BUBLITZ - THAIS BOITO - SAMIA LOPES - BRUNA PALMA - ALINE MILLER - CLEMER COSTA - LUIZA DANIARA – ANA CLAUDIA PICHITELLI – CAMILA BISSONI – ERICA SANTANA - KAROL SOARES - NATALIA CECOTE - MAYARA DOURADO - LUANA COSTA - ANA LUIZA VEIT - CRIS LAZARINI - LARISSA SORRILHA - ROBERTA CARMO - IULY MOTA - KAMILA ALVES - LOISLENE CRISTINA - THAIS THAINÁ - PAMELA LOPES - ISABELI ROSINSKI - GABRIELA SLAVIERO - LIARA CAIRES - FLÁVIA OLIVEIRA - GRAZI MOREIRA - JESSICA SABRINNI - RENATA SILVA -SABRINA SCHERER - AMANDA NATALIÊ - JESSICA LAVRATE - ANA PAULA WESTERKAMP- RENATA DANIELI - GISELLY RUIZ - ENDIARA RIZZO - *DAIANY E DHENISY BARBOSA - KETLY MILLENA - MICHELLE ENUMO - ISADORA GIMENES - GABRIELA DARIENSO - MILENA PILEGI - TAMIRES ONISHI - EVELIN FEROLDI - ELISANGELA SILVA - PAULA FONTANA CAVAZIM - ANNE DAL PRÁ - POLLIANA OGIBOWISKI - CAMILA MELLO - PATRICIA LAURENTINO - FLOR CAPELOSSI - TAMIRES PICCOLI - KATIELLY DA MATTA - BIANCA DONATO - CATIELE XAVIER - JACKELINE MARQUES - CAROL MAZZOTTI - DANDHARA JORDANA - BRENDA GREGÓRIO - DUDA LOPES - MILENA GUILHEN - MAYARA GREGÓRIO - BRUNA BOITO - BETHÂNIA PEREIRA - ARIELLI SCARPINI - CAROL VAZ - GISELY TIEMY -THAIS BISSONI - MARIANA OLIVEIRA - GABRIELA BOITO - LEYLLA NASCIMENTO - JULIANA LUCENA- KRISTAL ZILIO - RAFAELA HERRERA - THAYANA CRISTINA VAZ - TATIANE MONGELESKI - NAYARA KIMURA - HEGILLY CORREIA MIILLER - FRANCIELI DE SANTI - PAULA MARUCHI FÁVERO - THAÍS CAROLINY - IASMIM PAIVA - ALYNE SLAVIERO - ISABELLA MELQUÍADES - ISABELA PICOLLI - AMANDA MENDES - LARISSA RAYRA - FERNANDA BOITO - EMILLY IZA - BIA MAZZOTTI - LETICIA PAIVA - PAOLA SLAVIERO - DAIANA PISCITELLE - ANGELINA BOITO - TALITA SANTOS Estamos ha 07 anos no ar - Mais de 700 acessos por dia, mais de um milhão de visualizações - http://mateusbrandodesouza.blogspot.com.br/- Obrigado por estar aqui, continue com a gente

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Pré-candidatura de Manuela é promissora para país, diz Flávio Dino

Em entrevista durante a sua participação no 14º Congresso Nacional PCdoB, neste sábado (18), em Brasília, o governador do Maranhão, Flávio Dino, comentou o anúncio da pré-candidatura de Manuela D’Ávila à Presidência da República pelo partido.


Por Dayane Santos

“Em 2018, temos um quadro desafiador, porém promissor. E a pré-candidatura da Manuela integra esse conjunto de dados promissores na medida em que é um quadro político qualificado, experiente, vem de vitórias eleitorais expressivas no campo parlamentar e de um estado importante para a luta política nacional”, afirmou.

O governador maranhense endossou a proposta da articulação de uma frente ampla nas eleições de 2018.

“É importante mantermos a unidade programática do nosso campo político e, com isso, apresentar à população uma alternativa que mereça credibilidade e que receba apoio popular, que é decisivo para que a gente possa vencer a eleição presidencial e também eleger as nossas bancadas e avançar”, disse.

Segundo ele, o país vem de uma trajetória política difícil e complexa, em razão do impeachment e todas as suas consequências. “A população está vivendo e sentindo essa quadra de retrocessos de direitos, de perda da dimensão do projeto nacional de desenvolvimento, perda de soberania e autonomia energética, de impulso às políticas públicas que nós vivemos após 2003”, declarou.

Apesar disso, Flávio Dino acredita que há sinais “positivos no horizonte”. “A conjuntura que se abriu após o equivocado e inconstitucional impeachment permitiu com mais clareza que a população identificasse onde reside os seus reais interesses e, por isso, acredito numa vitória do nosso campo em 2018, na medida em que há um óbvio fracasso da alternativa que se criou após aprovação do impeachment”, avaliou.

domingo, 19 de novembro de 2017

Charge dos nossos dias

Por Renato Aroeira


Marcelo Campos Pinto, ex-diretor da Globo, era membro de Comitê da FIFA

Ao mesmo tempo em que era diretor da Rede Globo e negociava contratos de transmissão de partidas para a emissora, executivo também ocupou Comitê de Imprensa da FIFA.


O ex-diretor da Globo Esporte, Marcelo Campos Pinto, tornou-se uma das peças-chave para a emissora de televisão ser posta contra a parede no escândalo da FIFA, com o julgamento do ex-presidente da CBF, José Maria Marin, em Nova York, nesta semana. A Rede Globo nega participação nos ilícitos. Mas o GGN comprovou que o executivo chegou a ocupar posto no Comitê de Imprensa da FIFA em 2014.

O ex-diretor da Globo era o responsável por negociar os contratos da emissora para as transmissões dos torneios de futebol. Sua relação de grande amizade com cartolas como Marco Polo Del Nero levantou suspeitas contra o executivo. Passou a ser alvo direto das acusações, durante os depoimentos de Alejandro Burzaco, empresário argentino da Torneos y Competencias (ex TyC).

Burzaco narrou que o  então diretor da Globo Esporte reuniu-se com os dirigentes para aceitar repasses da ordem de US$ 600 mil a Marín e Del Nero, e que, posteriormente, a emissora aceitou pagar outros US$ 15 milhões ao vice-presidente da FIFA na época, Julio Grondona, juntamente com a Televisa e Torneos y Competencias para as transmissões das Copas do Mundo de 2016-2030 no Brasil e América Latina.

O GGN mostrou durante esta semana reportagens que comprovam o elo, que ia para além de cortesias profissionais, entre Marcelo e os cartolas do esquema criminoso e que somente hoje faz a emissora se tornar alvo direto das investigações da FIFAgate. Em comunicado, a Globo nega as irregularidades e que "não pratica nem tolera qualquer pagamento de propina".

Agora, o GGN comprova que Marcelo Campos Pinto não apenas era o responsável pelos contratos da Globo e mantinha relação de amizade com os investigados do escândalo, como ainda chegou a ocupar posto no Comitê de Imprensa da FIFA.

A informação foi divulgada, primeiramente, pelo jornalista Jamil Chade, em sua conta no Twitter, com a fotografia:


O nome, como se verifica na imagem, de Marcelo Pinto aparece ao lado da bandeira do Brasil e caracterizado como "membro" do Comitê. Entretanto, sem a especificação da data em que o executivo integrava comitê de decisões internas da FIFA, e nenhuma outra informação sobre o tema foi divulgada.
Na página oficial, o nome de Marcelo Pinto não estava mais na lista de membros do setor:

Os esforços para apagar o nome do empresário em associação à FIFA mostraram-se ainda maiores. Em uma consulta, por meio Google, sobre o nome de Marcelo dentro do site da FIFA, um único resultado:

Ao clicar no endereço, uma página relacionada ao ex-diretor da Globo ainda resta nos resquícios do site. Entretanto, nada além é apresentado.

Por meio de uma análise do código HTML, o GGN identificou que a data de criação daquela página, relacionando Marcelo Pinto ao Comitê de Imprensa, é de 2014.

Naquele ano da Copa do Mundo realizada no Brasil, Marcelo comandou o Comitê de Imprensa da FIFA, fazendo parte da equipe diretiva da Rede Globo ao mesmo tempo. Um documento produzido à época, reproduzindo as informações que constavam no site oficial, ainda trazem os dados:

"Quem são os membros da FIFA?", pergunta o título que antecede a tabela com os nomes. Trata-se de um trabalho escolar de inglês, sobre a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, confirmando o ano em que o empresário ocupou Comitê interno da FIFA.

Dois anos antes de Marcelo Campos aparecer como membro da FIFA, para a Copa do Mundo no Brasil, o então diretor da Rede Globo afirmou em entrevista que a emissora estava "muito orgulhosa de trabalhar em parceria com a FIFA em muitos projetos relacionados à Copa das Confederações da FIFA 2013 e à Copa do Mundo FIFA 2014".

"Consideramos que o projeto envolvendo eventos de exibição pública é fundamental, pois servirá para reunir o país e aumentar o espírito alegre dos brasileiros em torno das Competições da FIFA", completava.

Patricia Faermann
No GGN

O Brasil da miséria voltou: Criança desmaia de fome em escola do DF

Fazia tempo que Brasil não convivia com notícias tão cruéis relacionadas à fome. Na última segunda-feira (13) – a informação veio à tona na sexta (17) – uma criança de 8 anos desmaiou de fome em uma escola pública do Distrito Federal.


A unidade de ensino recebe inúmeras crianças carentes que moram longe – muitas chegam a aula sem ter comido nada. O menino que desmaiou, no caso, mora em um conjunto habitacional do Minha Casa Minha Vida no Paranoá Parque.

Ele chegou na escola, de acordo com a professora Ana Carolina Costa, tremendo e chorando “Ele estava com a mão no peito, coração disparado, passando mal. Cheguei a levá-lo para a direção. Por lá, ele desmaiou duas vezes e não reagia”, contou.

O Samu foi chamado e a criança socorrida. Segundo relatos dos irmãos da criança, que são alunos da mesma escola, eles não comeram nada no domingo e, na segunda-feira, dia do desmaio, a única coisa que comeram foi um mingau de fubá.

A escola, após o episódio, doou uma sexta básica para a família do garoto. O Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF), por sua vez já pediu à Secretaria de Educação a construção de uma escola na região do Paranoá Parque. “Se não é possível construir agora, a escola tinha de, no mínimo, oferecer uma refeição na entrada: arroz, feijão e frango, e um lanche à tarde”, disse Samuel Fernandes, diretor da entidade.


Fonte: Revista Fórum

Prejudicados pela Reforma Trabalhista fazem greve em supermercado

Pouco mais de um mês depois da sanção da Reforma Trabalhista, o presidente Michel Temer fez mais uma de suas maldades sem chamar muita atenção. Um decreto assinado no dia 16 de agosto tornou a atividade dos supermercados essencial.

Mobilização dos funcionários começou de forma espontânea
Por Juliana Gonçalves

Na prática, isso abriu caminho para que funcionários sejam ainda mais explorados: desde então, as empresas não são mais obrigadas a pagar 100% de hora extra por domingos e feriados trabalhados. Agora, os efeitos começam a ser sentidos na prática. O que fez com que trabalhadores de uma das maiores redes de mercados do Rio, o Mundial, tivessem cortes de até R$700 no pagamento. Com isso, os funcionários cruzaram os braços:

“A gente está fazendo História, primeiro supermercado a parar”, afirmam.

Quando assinou o decreto, Temer afirmou que a legislação estava sendo atualizada “em favor dos empresários e do povo brasileiro que quer ir ao mercado no feriado e fim de semana”. Os trabalhadores foram esquecidos.

O movimento dos funcionários da rede, que emprega mais de 9 mil pessoas, nasceu de forma espontânea. Na segunda-feira (6), houve a primeira paralisação na Ilha do Governador, mas o supermercado não chegou a fechar. A notícia se espalhou em grupos de Whatsapp e chegou até a unidade da Praça da Bandeira, onde os colaboradores ocuparam a frente da loja, que acabou suspendendo o atendimento ao público. No dia seguinte, a onda de insatisfação chegou às unidades de Copacabana, Tijuca, Freguesia e Botafogo.

“Começou com duas meninas no caixa e quando o gerente anotou o nome de uma delas, as outras apoiaram e também pararam. Então, começou a vir o pessoal da peixaria, laticínio, mercearia. Veio todo mundo para a frente de loja porque doeu no bolso de todos. De início, a gente só queria 15 minutos de atenção para eles verem que a gente não estava dormindo. Não imaginávamos que teríamos toda essa repercussão. Vídeos começaram a circular no Whatsapp e encorajaram colegas de outras unidades”, contam funcionárias que pediram para ter a identidade preservada.

O corte dos benefícios foi o estopim para o movimento, porém o descontentamento dos trabalhadores com a empresa não é novo. Além da denúncia de acúmulo e desvio de função e da retenção do espelho de ponto, que impossibilitaria o funcionário de conferir as horas registradas, funcionários de frente de loja (operadoras de caixa, empacotadoras e fiscais) relataram não ter direito à pausa para lanche – nem mesmo as grávidas. Algumas pessoas conseguem a autorização para comer após apresentarem atestado médico. As caixas dizem também ter que esperar até uma hora pela rendição para ir ao banheiro.

O pagamento na rede é feito da seguinte forma: 40% no início do mês e o restante no fim, quando se somavam as horas extras dos dias da semana, os domingos e os feriados. Quem dependia desse dinheiro levou um susto ao receber o contracheque no fim do mês de outubro.

“Primeiro eles cortaram as horas extras pela metade, disseram que era para a gente se adaptar. Mas em seguida cortaram tudo. Depois, os domingos e em seguida os feriados. Tudo em um período de dois meses. E a gente já contava com esse dinheiro. Quem ganha menos acabou sentindo ainda mais”, afirmam funcionários.

O decreto de Temer dá segurança jurídica aos empresários para alocar funcionários para o trabalho nos domingos e feriados e a negociar com os sindicatos. No mês passado, na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), o Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro assinou um acordo com os supermercados em que o adicional dos feriados foi substituído por ajuda de custo fixa de R$30 em espécie ou vale-compras – o que foi sentido pelos trabalhadores neste mês. No caso do Mundial, o pagamento é feito em um vale-refeição, apelidado pelos funcionários de “vale-biscoito”, que só pode ser usado na própria rede.

Em assembleia realizada na sede do sindicato, que assumiu as negociações para que o movimento não seja declarado ilegal, os funcionários votaram pelo estado de greve e incluíram reivindicações a pauta. A mobilização que começou por conta das horas extras agora também pede o fim do acúmulo de função e o reenquadramento das caixas como operadoras de caixa ao invés de atendentes.

De acordo com os funcionários, após as paralisações, o Mundial voltou atrás em relação aos domingos e realizou o pagamento nas lojas. Porém, a questão dos feriados continua em aberto. Os trabalhadores acreditam que a pressão possa reverter a situação.

“Eu, sinceramente, acredito que vamos conseguir, mas não vamos desfrutar. A empresa já ‘visa’ a gente como pessoas demitidas”, afirma uma das funcionárias.

Para Mundial, a “situação já foi resolvida”

Questionado sobre o corte nas horas extras, o estado de greve dos funcionários e possíveis perseguições aos trabalhadores envolvidos na mobilização, o Mundial informou que a situação já está resolvida:

O Supermercados Mundial esclarece que a situação envolvendo os funcionários foi desencadeada em função de uma alteração na política de benefícios da rede, mas que já foi resolvida junto aos colaboradores.

Com 74 anos de atuação no mercado do Rio de Janeiro, a rede sempre investiu no bem- estar de seus funcionários, oferecendo plano de benefícios completo, incluindo: assistência médica e odontológica, alimentação no local, auxílio-creche, seguro de vida e funeral, cartão farmácia, prêmio por assiduidade, assistência social, assessoria jurídica, entre outros.

O Mundial afirma ter resolvido a questão por ter pago os domingos trabalhados aos funcionários. Porém, a rede ainda não se posicionou sobre as demais reivindicações. A primeira reunião de negociações entre o sindicato e os advogados da empresa aconteceu nesta quinta-feira (16) na Superintendência Regional do Ministério do Trabalho e Emprego (SRTE) no Rio. A empresa pediu mais tempo para analisar a pauta e um novo encontro foi marcado para o próximo dia 22. O estado de greve continua.

Fonte: The Intercept Brasil


De volta aos verdes tempos da cachoeira... Lançado o projeto Caminhos da Cachoeira em Diamante do Norte

Localizada em Diamante do Norte, a Estação Ecológica do Caiuá é o maior remanescente florestal contínuo do Noroeste do Estado. Com cerca de 1.500 hectares, o local é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, administrado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP). A proposta tem o objetivo de recuperar uma antiga cachoeira que existia dentro da Estação Ecológica do Caiuá e o lago no perímetro urbano do Município. O lançamento foi sábado (11).

Foto/Mapionet
O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e a prefeitura de Diamante do Norte, lançaram o projeto Caminhos da Cachoeira para recuperação do Ribeirão Diamante.

A proposta tem o objetivo de recuperar uma antiga cachoeira que existia dentro da Estação Ecológica do Caiuá e o lago no perímetro urbano do Município. O lançamento foi sábado (11).

O projeto prevê a revitalização das águas e matas ciliares no entorno do ribeirão para e recuperar o ecossistema local. O chefe regional do IAP em Paranavaí, Mauro Braga, explica que ao longo dos últimos 25 anos, a ação do homem contribuiu para a degradação da mata ciliar, má conservação de solos, alteração de profundidade, assoreamento, aparecimento de espécies exóticas, presença de lixo doméstico e destinação inadequada das águas de galerias pluviais.

“Tudo isso provocou perda na biodiversidade local e na qualidade da água, que agora precisam ser recuperadas”, explicou.

MEDIDAS - Ações de educação ambiental junto à comunidade estão entre as medidas previstas para recomposição da mata ciliar e a recuperação do lago no perímetro urbano. Além disso, haverá ações para conservação de solo, contenção de sedimentos das galerias pluviais no perímetro urbano e recolhimento de lixo doméstico.

Por isso, durante o lançamento do projeto, 60 pessoas participaram da campanha de recolhimento de lixo ao longo de 1,3 mil metros de extensão do ribeirão. Foram retirados 250 quilos de lixo. Além da população local, também participaram dessa atividade autoridades do município e voluntários.

ESTAÇÃO CAIUÁ - Localizada em Diamante do Norte, a Estação Ecológica do Caiuá é o maior remanescente florestal contínuo do Noroeste do Estado. Com cerca de 1.500 hectares, o local é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, administrado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Criada em 1994, com o objetivo de proteger a biodiversidade e o banco genético do Patrimônio Paranaense sob o domínio da Mata Atlântica, a Estação abriga várias espécies de fauna e flora ameaçadas de extinção da região. Entre elas: Peroba, Cedro, Ipê-roxo, Ipê-tabaco, Jatobá, Jequitibá, Tamanduá-mirim, Tatu-galinha, Macaco-prego, Paca, Capivara, Lontra, Gato-do-mato, Jaguatirica, Gavião-tesoura, Jacu.

A Unidade de Conservação também atrai diversos pesquisadores de diferentes estados, pois além da sua importância ambiental, possui infraestrutura que contribui para o desenvolvimento de estudos científicos ligados à área ambiental. Há alojamentos, laboratórios de fauna e flora, sala de estudos, refeitório e auditório.

Por se tratar de uma Estação Ecológica, as visitas devem ser agendadas.

sábado, 18 de novembro de 2017

TAYSA SILVA – A BELA DA SEMANA


A flor morena que hora apresentamos faz parte de um selecionado de únicas que torna a mulher o ápice da criação, verdadeiras representantes da superioridade sobre os demais seres, estas mulheres são ícones do criacionismo atribuído a Deus e por serem moldadas com capricho do criador, a criatura mulher é suprema, composta por uma deidade absoluta, tal condição faz com que sejamos sempre cativos aos encantos procedentes delas.

No cobiçado rol das impecáveis prevalece a beleza sem igual das morenas, elas por sua vez esbanjam formosura... Esta que hora louvamos tem para si um séquito de fãs que como devotos, prestam à ela o devido culto, pois, esta moça tem em si as atrações peculiares das belas.

Em Taysa Silva a formosura é soberana... Da elegância comum das belas, constitui-se a morena simpática de sorriso fácil, Taysa é o testemunho absoluto de que graça, simpatia e beleza podem sim caracterizar uma única pessoa.

Quanto à sua beleza, é óbvio que palavras são insuficientes, é claro que o que dissermos, ficará aquém da plenitude que dela provém, é evidente que em Taysa estão presentes os predicados que a torna admirável e é merecido que ela seja reverenciada, pois, em virtude de sua imagem, a ela é dado o direito de pisar o pedestal das belas.

O patamar das beldades é hoje pisado pelos formidáveis pés de Taysa Silva, e ela, diante de seus olhos, presencia os admiradores de sua formosura. Taysa Silva é moldada na sinuosidade impecável do criador maior que em seu exímio capricho, fez da mulher a obra mais perfeita da criação.

Se é de se admirar a quantia de belas mulheres nesta nossa região, nos causa também orgulho poder contar com a confiança e o respeito destes seres que iguais à homenageada de agora, são providas de superioridade, uma vez que sendo mulher, tais criaturas por si já conquistaram o posto de rainhas, ademais sendo belas, criaturas semelhantes à Taysa, atingem os píncaros da glória.

Por isso este quadro foi criado, para enaltecer pessoas com a realeza de Taysa. À ela seja conferida a importância de nascer para fazer a diferença, uma vez belas, as mulheres fogem a regra dos seres comuns e tudo à elas passam a ser permitido, pois, nossos propósitos estão em torno de conquistar sua amizade, simpatia e confiança.

Apreciemo-na, pois, no jardim das reverenciáveis, a flor morena por nome Taysa tem a sua vez, à ela os vivas e as glórias que destinamos tão somente as merecedoras deste culto, onde é enaltecida a majestade mulher em  seu mais admirável teor de beleza, contemplá-la torna plausível  o sentido da visão, portanto, brindamos não somente a suprema Taysa, mas, também, a oportunidade em tê-la neste panteão de belas.

Olhá-la é um deleite, ela está para ser admirada, nosso respeito a ela que em virtude da beleza é adorno onde quer que ela esteja, um salve a cor morena, um viva a nossa tamanha sorte, Taysa Silva é a Bela da Semana.

*INDIANARA THAISA DA SILVA LOURENÇO – Nova Londrina – PR – Filha de Equitéria Pereira e Reginaldo Lourenço – Taisa é são-paulina e estuda o 2º Ano do Ensino Médio no Colégio Estadual Ary João Dresch.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Cerveja: 16 mitos e verdades

Uma das bebidas mais populares e consumidas do mundo. E, para mostrar que não faltam motivos para a celebrações, Daniel Wolff, sommelier de cervejas e diretor a rede de loja especializada em cervejas artesanais Mestre-Cervejeiro.com, elencou algumas curiosidades sobre a ‘queridinha’ dos brasileiros.


1 – Cerveja em lata é pior que em garrafa (mentira)

Geralmente, a lata costuma manter a cerveja fresca, conservando aromas e sabores, por um período de tempo maior. Isso porque, como o material é opaco, o líquido não sofre com a exposição ao sol.

2 – Cerveja é sempre amarga (mentira)

Existem três famílias de cervejas, desmembradas em mais de 100 diferentes estilos, alguns deles com chocolate, com frutas, como cereja, pêssego e framboesa. O que vai determinar o amargor da cerveja é a variedade do lúpulo e o tipo de torra do malte utilizado nela. Mas, no geral, temos disponíveis hoje cervejas que vão de extremamente adocicadas às com bastante amargor.

3 – Cerveja deve ser sempre translúcida (mentira)

As cervejas dos estilos Weizenbier, Witbier e Dubbel, por exemplo, são alguns exemplos de cervejas de aparência mais turva. Isto é uma condição normal, decorrente do processo de produção – se ela é ou não filtrada, ou se passa pela técnica chamada de dry-hopping.   

4 – Bolhas nas paredes internas do copo são indício de boa carbonatação (mentira)

As bolhas nas paredes internas podem ser indícios de que a higienização do copo não foi muito bem feita ou que ele está guardado há um tempo e precisa ser higienizado novamente. (eca).

5 – Não existe diferença para o produto entre garrafas âmbares, verdes e transparentes (mentira)

A cor da garrafa interfere na durabilidade do produto. Quanto mais clara for, maior a exposição da cerveja aos raios solares e consequentemente maior o impacto negativo nos aromas e sabores da bebida. Entre garrafas transparentes, verdes ou âmbares, a melhor opção é a âmbar.

6 – Cerveja artesanal é muito alcoólica (mentira)

Depende do estilo. Há as mais alcoólicas e as menos alcoólicas, as mais amargas e as menos amargas, as mais e as menos encorpadas. Isso vai depender do estilo da cerveja. O fato de ela ser artesanal relaciona-se apenas aos processos de produção e à variedade e qualidade dos insumos nela utilizados.

7 – Cervejas escuras são mais intensas (mentira)

A cor de uma cerveja é resultado das variedades de malte utilizadas em sua receita. Quanto mais intensa a tosta do malte, mais escura será sua cor e isso será transmitido ao produto final. Por isso o espectro de cores das cervejas vai do amarelo-palha ao preto opaco, passando pelo avermelhado e marrom. No entanto, este é apenas um aspecto sensorial, e existem cervejas claras muito potentes como as Belgian Tripel, e cervejas escuras mais leves e refrescantes como as Schwarzbier.

8 – Cerveja engorda (mentira)

Alguns estilos de cerveja são menos calóricos que outros, dependendo do processo de produção e do teor alcoólico. O impacto na cintura de quem está degustando vai depender também da quantidade ingerida. Porém, fazendo um comparativo com doses iguais, a cerveja geralmente tem menos calorias do que o vinho, a cachaça ou até mesmo o suco de laranja. O ideal para quem evitar engordar é beber com moderação, dar preferência a estilos menos encorpados e com teor alcoólico mais baixo, além de optar por petiscos leves para acompanhar, como palmito com azeite e orégano, queijos brancos e rolinhos de peito de peru com rúcula.

9 – Cerveja deve ser consumida só muito gelada (mentira)

Cada estilo de cerveja tem a sua temperatura ideal de serviço. Há aqueles em que o indicado é beber em temperatura de adega, entre 12°C e 16°C, como as inglesas do estilo Barley Wine, que são potentes, complexas e encorpadas. Já outros estilos menos intensos mas igualmente aromáticos, como as India Pale Ale ou Bock, atingem seu maior potencial na faixa dos 7 a 10°C.  E mesmo as American Lager, comumente chamadas de tipo Pilsen no Brasil, não devem ser consumidas a 0°C. Isso porque, em temperaturas muito baixas, as papilas gustativas ficam anestesiadas e os aromas da bebida menos voláteis, fazendo com que deixemos de sentir características importantes da bebida.

10 – Não existe diferença entre chope e cerveja (mentira)

A origem do produto é de fato o mesmo. Igual processo de fabricação, mesmos insumos utilizados. Mas o armazenamento e o tipo de serviço são diferentes, o que interfere nas características da bebida. O chope, ‘Beer on tap’ – cerveja na torneira – ou ‘Draft Beer’ – expressão que denota a retirada do líquido do barril, por ser retirado direto da chopeira, costuma ser mais aerado, mais cremoso. A maioria das cervejas, diferente do chope, são pasteurizadas. Por isso, tendem a ser menos frescas e com sabores e aromas menos presentes.

11 – O local de origem da água influencia no produto final? (mentira)

As características da água influenciam, sim, no produto final, ou seja, se ela é mole ou dura, a quantidade e os tipos de sais minerais presentes nela, o seu pH, etc. Contudo, a origem da água em nada influencia. Isso porque é possível trabalhar todos esses aspectos, modificando quimicamente a água que será utilizada na fabricação, deixando-a mais alcalina, por exemplo, favorecendo a produção de certos estilos de cerveja e, assim, influenciando produto final.

12 – Cerveja precisa de colarinho? (verdade)

Toda cerveja deve apresentar alguma quantidade de espuma, que é um elemento fundamental para avaliar a saúde da bebida e ainda ajuda na preservação de sua temperatura. Se uma cerveja não tem espuma é porque não está bem carbonatada – tendo um defeito de fábrica -, houve algum problema no armazenamento ou ela não foi servida da maneira adequada. O tipo de espuma e a sua estabilidade variam de estilo para estilo. Alguns, principalmente os ingleses, têm pouca formação de espuma e ela permanece como uma fina camada. Já as belgas, por exemplo, têm uma formação bastante expressiva e a permanência no copo faz parte do visual.

13 – Cerveja preta é só pra tomar no frio? (mentira)

O que vai dizer se uma cerveja é mais indicada para o frio são fatores como o corpo da cerveja – ou seja, o peso do líquido na boca – e teor alcoólico, que são duas características que passam uma sensação acolhedora. Existem cervejas claras, que, por serem alcoólicas e densas, são mais indicadas para o outono/ inverno. E cervejas escuras que trazem um leve amargor, são menos encorpadas e com menor teor alcoólico, que são perfeitas para as estações mais quentes.

14 – Faz diferença o tipo de copo que se usa pra beber cerveja? (verdade)

O copo pode influenciar na maneira como sentimos o aroma da cerveja, interferindo positiva ou negativamente na degustação. O copo também pode interferir visualmente, como por exemplo na retenção de espuma. O copo Weissbier tem um formato adequado para manter a formação do colarinho, enquanto a taça snifter concentra os aromas de cervejas mais complexas. Já o famoso pint tem um formato utilitário que possibilita o empilhamento, e sua boca mais larga permite beber em grandes goles.

15 – Cerveja só vai bem com comida de boteco (mentira)

É bem verdade que a cerveja vai muito bem com as deliciosas comidinhas de boteco, sim. Mas as variações de combinações são muito mais amplas. Tente por exemplo, combinar o prato Carneiro com Cuscuz Marroquino com uma cerveja do estilo Weizenbock, um chocolate meio-amargo com uma Stout, um queijo Brie com uma Tripel e um Emmental com uma IPA.

16 – Cervejas de alta fermentação (Ales) são mais intensas que de baixa (Lagers) (mentira)

A diferença entre cervejas Ale e Lager é o fermento utilizado na produção das cervejas dos estilos de cada uma dessas famílias. Basicamente, a levedura (fermento) das Ales age entre 15°C e 25°C e gera uma espessa camada na superfície do líquido no tanque de fermentação. Por isso também é conhecida como levedura de alta fermentação. Já a levedura Lager trabalha melhor em torno de 9°C a 14°C e como não apresenta esta camada na superfície, ficou conhecida como de baixa fermentação. Por exemplo a Bock é um estilo de cerveja da família Lager, mais potente do que uma cerveja do estilo Pale Ale, da família Ale.




quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Noroeste do Paraná contabiliza 67 casos positivos de dengue

O Noroeste do Paraná acumula 67 casos positivos de dengue em 2017. Os números da 14ª Regional de Saúde mostram que Tamboara é o município com maior incidência da doença, totalizando 27 confirmações. Paranavaí aparece na segunda posição, com 18.


Desde o início do ano, foram feitas 1.030 notificações de pacientes com sintomas de dengue. Desse total, 931 exames laboratoriais tiveram resultados negativos. Outras 32 amostras sanguíneas estão sendo analisadas.

Em algumas localidades, o índice de infestação pelo mosquito Aedes aegypti está acima do preconizado como tolerável pelo Ministério da Saúde, que é 1%: Amaporã (5,4%), Guairaçá (1,3%), Planaltina do Paraná (3,4%), Porto Rico (1,7%), Querência do Norte (3,5%), Santa Cruz de Monte Castelo (1,3%) e Santa Isabel do Ivaí (2,3%).

CUIDADOS - Para reduzir os índices, é preciso reforçar os cuidados diários. O ciclo de reprodução do mosquito depende de água parada em qualquer tipo de recipiente, desde grandes reservatórios até uma tampinha de garrafa.

Por isso, é necessário fazer a limpeza do quintal frequentemente. O mesmo procedimento deve ser adotado nos fundos das lojas e em outros imóveis. É importante desentupir calhas, limpar climatizadores e conferir bebedouros de animais.

Outro ponto de grande relevância é o descarte irregular de lixo em terrenos baldios e fundos de vale. A prática é uma das principais responsáveis pela formação de potenciais criadouros do Aedes aegypti.

VACINA - Pioneiro na vacinação contra a dengue, o Paraná completou a segunda etapa de imunização em alguns municípios. Foram escolhidos aqueles com maiores índices da doença e com mais casos graves e/ou de óbitos registrados nos últimos anos. Duas cidades do Noroeste do Paraná entraram para a lista, Cruzeiro do Sul e Santa Isabel do Ivaí.

De acordo com Samira Silva, chefe regional de Vigilância Epidemiológica, Cruzeiro do Sul alcançou 91,8% de cobertura vacinal, imunizando 918 pessoas. Em Santa Isabel do Ivaí, o índice foi de 84,8%, com 1.455 moradores.

A próxima dose da vacina contra a dengue estará disponível nas unidades básicas de saúde dos dois municípios em março de 2018, quando será lançada a terceira e última etapa da campanha estadual de imunização.

Via - Diário do Noroeste

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Vestibular: Unespar alerta para candidatos não se atrasarem

O feriado de Proclamação da República será de prova para os mais de 6 mil candidatos do vestibular da Universidade Estadual do Paraná (Unespar). Na quarta-feira (15) a instituição recebe os inscritos, simultaneamente, em seis cidades do Estado.


De acordo com a Comissão Central do Concurso Vestibular (CCCV), todos os detalhes estão organizados. O alerta fica para que os candidatos não se atrasem e não esqueçam os itens básicos para participação.

Como detalhado no Manual do Candidato, os locais de prova estarão com os portões abertos das 12 às 13 horas e na sequência serão fechados. Para garantir a realização das provas é necessário apresentar um documento oficial e original com foto podendo ser Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação ou Carteira de Trabalho. Além disso, para preenchimento dos gabaritos é obrigatório o uso de caneta esferográfica de tinta azul escura ou preta.

LOCAIS DE PROVA - As provas em Apucarana, Campo Mourão, Paranaguá, Paranavaí e União da Vitória serão aplicadas na sede dos campi.

Já os inscritos para os campi de Curitiba I (Embap) e de Curitiba II (FAP), bem como os que optaram por fazer a prova em Curitiba deverão comparecer à sede da FESP (Faculdade de Educação Superior do Paraná), localizada na rua Doutor Faivre, nº 141. Para evitar dúvidas a orientação é consultar o ensalamento completo em www.vestibular.unespar.edu.br.

VAGAS - A Unespar está ofertando 1.746 vagas em 67 cursos de graduação. Na divisão de inscritos pelo número de vagas, o vestibular alcançou uma média de 3,62 candidatos por vaga. Seguindo a ordem dos cursos mais concorridos, despontam Cinema e Audiovisual, do campus de Curitiba II (FAP); Enfermagem, do campus de Paranavaí; e Administração, do campus de Paranaguá.

Via - Diário do Noroeste

Prefeito consegue mais cinco novas Academias da Terceira Idade (ATIs) para Itaúna do Sul


O prefeito de Itaúna do Sul, Evandro Marcelo, esteve durante a última terça-feira (7) em Curitiba, onde os deputados estaduais, Tião Medeiros, Maria Vitória, Ricardo Arruda, Dr. Batista e Nelson Justus, se comprometeram em destinar cinco novas Academias da Terceira Idade (ATIs) ao município.

Uma será instalada na Praça da Bandeira, as outras quatro estão sendo definidas em quais locais serão implantadas pela equipe do governo municipal.

Para o prefeito é uma satisfação receber essas novas ATIs, pois é um projeto que promove a qualidade de vida e incentiva a prática de atividades esportivas. “Desde já agradeço aos deputados estaduais por destinarem recursos para o nosso município e promoverem a Saúde e o bem-estar a toda comunidade itaunense”.

O vice-prefeito, Francisco Inocêncio Leite destaca que as ATIs irão priorizar a qualidade de vida dos idosos. "É orgulho ter as Academias como projeto inovador para melhorar a qualidade de vida dos itaunenses", destaca.

As ATIs são uma iniciativa do governo do estado, que tem por objetivo promover a Saúde nos municípios paranaenses. Os aparelhos possibilitam realizar exercícios para alongar, relaxar, estimular a flexibilidade da maioria dos músculos do corpo humano.

Via - Diário do Noroeste

sábado, 11 de novembro de 2017

MARIELLA PAOLA – A BELA DA SEMANA


Que olhos! Que pele, que traços!

Que contornos são esses que fazem com que apreciemos a beleza incompatível que hora encanta o reduto das belas? É a beleza morena de Mariella, é a dama que esbanja formosura, é a beldade cujo o negrume dos cabelos causa inveja a mais impecável noite, é ela, é mar, amar, é ela, é Mariella...

Mariella Paola de beleza incontestável, silhueta incorrigível que traduz em seus traços todo o encanto procedente da flor mulher na arte de provocar devaneios, é a musa de encantos infindos que pisa com sutileza o pedestal das imortais belas da Semana, destas belas de todas as semanas, das formosas mulheres que iguais a Mary, encantam nosso dia a dia...

Quem há de dizer que o mundo não se rende ao encanto feminino se quando surge Mariella nossos olhos param? A beleza feminina tem este poder de hipnotizar-nos, de proporcionar em nossas mentes, sonhos incontáveis adornados com a beleza advinda da morena que neste ensejo fascina todas as retinas...

Mary Paola deve ter nascido num dia em que as divindades estavam apaixonadas, deu-se assim que a beleza de todas as musas ficou estampada nela... Ela é formosura que inspira poetas, ela é desejo incontido, ela é meta, ela é sonho de tantos, ela é inveja para outras, ela é mérito para alguém privilegiado, Mary é moda, Mary é referência, Mary causa...

Quisera as letras formar palavras que definam a real condição da bela que hora louvamos, porém, sua imagem está além dos dizeres, supera frases e adjetivos, tudo que for dito e proferido em respeito aos seus predicados ficará aquém da exatidão do seu verdadeiro encanto...

Louvemos, pois alem dela, a sorte dos nossos olhos, bendigamos a oportunidade de sermos contemporâneos a ela e dizer que tal regozijo é um privilégio nosso...

A beleza tem cor morena, a deidade feminina está mais uma vez em evidência, a definição da formosura ideal está nos detalhes que tornam grande a mulher que hora bendizemos, nada supera a supremacia da mulher, rendemo-nos, Mariella Paola é a Bela da Semana.

*MARIELLA PAOLLA FONSECA – Marilena/PR – Filha de Lourdseia Fonseca – Mariella é torcedora do Corinthians e cursa Ciências Contábeis no Cespri de Primavera – SP.







sexta-feira, 10 de novembro de 2017

WILLIAM WAACK PODE TER SIDO VÍTIMA DE FOGO AMIGO DA DIREÇÃO DA GLOBO

A Globo já afastou William Waack da apresentação do Jornal da Globo, numa decisão tão contundente quanto rápida. Na nota, disse que “é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações”.


Por Renato Rovai, em seu blog

A Revista Fórum se não foi o primeiro veículo a publicar a história, foi um dos primeiros. Porque a história surgiu no Twetter e o redator, Julinho Bittencourt, por um acaso, seguia alguém que teve acesso ao vídeo logo que foi postado.

Antes de autorizar a publicação, assisti ao vídeo algumas vezes. Autorizar uma publicação dessas não é uma decisão fácil. Mas não havia chance de aquele vídeo ter sido editado. A redação da Fórum decidiu então por publicá-lo.

Depois dessa decisão, a apuração continuou. Quem era a pessoa que estava com Waack e que, de certa forma, mesmo constrangido, deu risada da frase racista de Waack? Fórum fez uma matéria para explicar quem era Paulo Sotero.

E fomos dando toda a repercussão do caso, até a queda de Waack que foi prevista neste blogue logo ao final tarde. Quem está na rede há muito tempo, sabe que uma tsunami dessas não pode ser contida nem pela toda poderosa Globo. Foi um massacre.

Mas antes mesmo de Waack cair conversei com uma pessoa que trabalhou na Globo por mais de uma década e que me garantiu ter conversado com alguns colegas da emissora. Sua tese: isso tem cheiro de golpe.

Waack é um profissional caro e chato. Ninguém mais na Globo o suportava. Nem mesmo a audiência. Nem mesmo Ali Kamel. Mas Waack é alguém que tem um certo poder e demiti-lo sem mais nem menos não seria tarefa fácil nem pra Kamel.

Como Waack sempre faz esse tipo de graça canalha, qualquer um que quisesse detoná-lo, saberia que uma pesquisa iria revelar vídeos como este.

Ou ainda, essa pessoa pode ter guardado este vídeo para o momento oportuno.

Ou seja, agora começa uma nova apuração. Quem soltou este vídeo racista de William Waack? E com que interesse?

Não é algo tão difícil de descobrir e pode ser algo tão demolidor quanto o próprio vídeo.

Dia 10: Ato nacional contra reforma trabalhista mobiliza trabalhadores

Metalúrgicos, bancários, petroleiros, trabalhadores do serviço público, trabalhadores aposentados, professores, químicos, eletricitários, trabalhadores da construção civil e frentistas são algumas das categorias mobilizadas para os protestos organizados pela classe trabalhadora para a próxima sexta-feira (10) em todo o Brasil.

Centrais comemoram sucesso da greve geral de 28 de abril contra as reformas de Temer

Por Railídia Carvalho

Centrais Sindicais e movimentos sociais se unem para repudiar a reforma da Previdência Social, a portaria do trabalho escravo e, especialmente, denunciar a reforma trabalhista, que entra em vigor no sábado (11). 

Atos nos locais de trabalho, protestos em praças e sedes do Ministério do Trabalho e Justiça do Trabalho, caminhadas e paralisações são algumas das atividades previstas para acontecer no dia 10 de novembro pelo país. Segundo informações da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) quase 20 estados confirmaram locais e horários dos protestos.

Nesta segunda-feira (6) houve reunião com a participação de todas as centrais para ajustar detalhes dos atos. O ato nacional das centrais acontecerá em São Paulo com concentração na praça da Sé a partir das 9h30 seguido de caminhada até a Avenida Paulista.

Participam do ato em São Paulo os presidentes da CUT, Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Nova Central Sindical de Trabalhadores, Força Sindical, CGTB e CSP Conlutas.

A reforma trabalhista é repudiada por sindicalistas e por imensa maioria de especialistas em Direito do trabalho que, entre outros pontos afirmam que, a atual Lei 13.467/2017 desequilibra as relações do trabalho em favor do empregador, retira direitos, dificulta o acesso do trabalhador à Justiça e contribui para a precarização das condições de trabalho. A atual lei alterou mais de 100 artigos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Na opinião do presidente da CTB, Adilson Araújo, os atos do dia 10 são o pontapé para uma grande articulação nacional para barrar as reformas de Michel Temer. João Carlos Gonçalves, o Juruna, afirmou que os protestos desta sexta-feira são também uma preparação para combater a reforma da Previdência Social, que é prioridade do Executivo. “A reforma trabalhista compromete o futuro da nação e conquistas históricas”, definiu Sérgio Nobre, secretário-geral da CUT.

Em preparação para o ato que acontecerá em Sergipe, a vice-presidente da CTB Nacional e presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB-SE), Ivânia Pereira, fez um convite. “Estamos convocando cada trabalhador, cada trabalhadora de todos os cantos do Estado para se fazer presente. Faça seu cartaz, pinte uma camisa, bote para fora o que está sentindo em relação às reformas desse governo descompromissado com a democracia, com os direitos trabalhistas, com os direitos de mulheres, que ameaça as empresas públicas, e venha para as ruas. Todos e todas estão convidados. Faça sua parte”, conclamou.

O Fórum Goiano Contra as Reformas da Previdência e Trabalhista realizou plenária nesta terça-feira (7), em Goiânia, para preparar o ato do dia 10 de novembro. “Estaremos nas ruas, juntamente com classe trabalhadora de todo o país para barrar esse retrocesso em nossos direitos. Não queremos retornar à escravidão”, diz Railton Souza, presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, seção Goiás (CTB-GO).

Confira alguns dos locais onde serão realizados os protestos. Até o dia 10 serão realizadas novas atualizações:

Bahia
Salvador
11h - Caminhada do Campo Grande até a Praça Municipal
13h - Manifestação na porta da Previdência Social no Comércio

Distrito Federal
Brasília
09h – Ato Fora Temer e suas medidas - Espaço do Servidor – Esplanada dos Ministérios

Ceará
Fortaleza
Marcha da Esperança/ Dia Nacional de Luta contra a Reforma Trabalhista
9h – Praça Clóvis Beviláqua (Praça da Bandeira - Centro)

Minas Gerais
Belo Horizonte
09h – Ato na Praça da Estação

Mato Grosso do Sul
Campo Grande
16h – Ato na Praça Ari Coelho com enterro da CLT na superintendência do trabalho

Mato Grosso
Cuiabá
15h - Praça Alencastro

Pará
Belém
08h30 – Concentração no TRT na Praça Brasil – Caminhada até o Ver-O-Peso

Paraíba
João Pessoa
14h – Lyceu Paraibano

Piauí
Teresina
08h – Ato Unificado – Praça Rio Branco – Com Caminhada pelas Ruas do Centro

Rio Grande do Norte
Natal
14h – Ato com concentração na Praça Gentil Ferreira no Bairro Alecrim. Depois será feita uma caminhada pelas ruas principais até a Cidade Alta

Rio Grande do Sul
Porto Alegre
10h as 14h – Plenária de Mobilização - Auditório da Igreja da Pompeia (R. Barros Cassal, 220, Floresta POA)
16h – Abraço à Justiça do Trabalho – Av. Praia de Belas
18h – Ato das Centrais – Esquina Democrática

Rio de Janeiro
Rio de Janeiro
16h – Concentração na Candelária – Caminha pra a Cinelândia

São Paulo
São Paulo
09h30 – Ato em São Paulo – Concentração na Praça da Sé
10h30 – Caminhada até a Avenida Paulista
14h30 – Ato de professores e servidores no Palácio dos Bandeirantes contra o PL da Morte
Campinas
17h00 – Ato no Largo do Rosário, no Centro.

Tocantins
Palmas
09h – Em frente a CEF – Quadra 105 Sul – Rua SE 01

Goiás
Goiânia
16h - Praça do Bandeirante, centro da capital

Sergipe
Aracaju
10h – atos relâmpagos no calçadão da João Pessoa, Centro.
15h - Praça Getúlio Vargas (Mini-golfe) concentração para caminhada em direção ao Centro da capital.

Amazonas
Manaus
16 - Praça Heliodoro Balbi (Praça da Polícia), no Centro.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Estados Unidos querem Alcântara para controle da América do Sul e África e confronto com China e Rússia


1. Os Estados Unidos, além de suas frotas de porta aviões, navios e submarinos nucleares que singram todos os mares, possuem mais de 700 bases militares terrestres fora de seu território nacional nos mais diversos países, em muitas das quais instalaram armas nucleares e sistemas de escuta da National Security Agency (NSA).

2. Os Estados Unidos têm bases de lançamento de foguetes em seu território nacional, como em Cabo Canaveral, perfeitamente aparelhadas com os equipamentos mais sofisticados, para o lançamento de satélites.

3. Os Estados Unidos não necessitam, portanto, de instalações a serem construídas em Alcântara para o lançamento de seus foguetes.

4. O objetivo americano não é impedir que o Brasil tenha uma base competitiva de lançamento de foguetes; isto o governo brasileiro já impede que ocorra pela contenção de despesas com o programa espacial brasileiro.

5. O objetivo principal norte americano é ter uma base militar em território brasileiro na qual exerçam sua soberania, fora do alcance das leis e da vigilância das autoridades brasileiras, inclusive militares, onde possam desenvolver todo tipo de atividade militar.

6. A localização de Alcântara, no Nordeste brasileiro, em frente à África Ocidental, é ideal para os Estados Unidos do ângulo de suas operações político-militares na América do Sul e na África e de sua estratégia mundial, em confronto com a Rússia e a China.

7. O Governo de Michel Temer tem como objetivo central de sua politica (que nada mais é do que o cumprimento dos princípios do Consenso de Washington) atender a todas as reivindicações históricas dos Estados Unidos feitas ao Brasil não só em termos de política econômica interna (abertura comercial, liberdade para investimentos e capitais, desregulamentação, fim das empresas estatais, em especial da Petrobras etc.) como em termos de política externa.

8. À politica externa cabe cooperar com a execução deste programa de Governo, cujo objetivo é atrair investimentos estrangeiros, além de ações de combate à Venezuela, de afastamento em relação aos vizinhos da América do Sul, de destruição do Mercosul, a partir de acordo com a União Europeia, cavalo de Troia para abrir as portas de um futuro acordo de livre comércio com os Estados Unidos, de adesão à OCDE, como forma de consolidar esta política econômica, e de afastamento e negligência em relação aos países do Sul.

9. Nesta política geral do Governo Temer, o acordo com os Estados Unidos para a utilização da Base de Alcântara configura o caso mais flagrante de cessão de soberania da história do Brasil.

10. Os Estados Unidos, se vierem a se instalar em Alcântara, de lá não sairão, pois de lá poderão “controlar” o Brasil, “alinhando” de fato e definitivamente a política externa brasileira e tornando cada vez mais difícil o exercício de uma política externa independente.

Samuel Pinheiro Guimarães, Secretário Geral do Itamaraty (2003-2009), Ministro de Assuntos Estratégicos (2009-2010)

No Viomundo
Via - Contexto Livre

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Marly Vianna: Revolução mostrou ao mundo que capitalismo não é eterno

Em entrevista ao Portal Vermelho, a historiadora Marly Vianna aponta a importância da Revolução Russa, que completa cem anos. Para ela, aquele outubro de 1917 mostrou ao mundo que o capitalismo não é eterno. “Foi a primeira revolução que colocou os operários no poder e criou uma sociedade sem exploração do homem pelo homem”, disse.


Por José Carlos Ruy

Confira abaixo a íntegra:

Portal Vermelho: São 100 anos da revolução que mudou o mundo. O que diferencia a Revolução Russa das demais revoluções?

Marly Vianna: A diferença é que, desde a Revolução Francesa, que acabou com o feudalismo, a Revolução de Outubro, como verdadeira revolução, acabou com o modo de produção capitalista na Rússia. Sua imensa importância é essa. Mostrou ao mundo – em especial à classe operária -, que o capitalismo não é eterno. Foi a primeira revolução que colocou os operários no poder e criou uma sociedade sem exploração do homem pelo homem.

Já se disse, com base em Gramsci, que aquela foi uma revolução contra o capital? Esta tese tem sentido?

Penso que tem muito sentido. Contra o capital e principalmente contra o capitalismo. O poder ficou nas mãos do povo, organizado nos sovietes e orientado pelos bolcheviques. Infelizmente, a revolução em outros países não ocorreu ou foi logo esmagada, e a jovem República Soviética ficou isolada e atacada por todos os lados: externamente pelos países da Entente, mal acabada a Grande Guerra e, internamente, pelos saudosos da monarquia tzarista. A guerra civil foi uma verdadeira hecatombe e durante os primeiros quatro anos do poder soviético a principal questão era não permitir a volta do capitalismo. O capital – como uma relação de produção – não poderia ser restaurado.

Que avaliação você faz do papel dos soviéticos na luta anti-imperialista?

Foi imenso e imprescindível, não só para a luta anti-imperialista como na defesa da paz no mundo. O Estado Soviético foi anticapital, anticapitalista, uma forte barreira ao capitalismo financeiro mundial. E uma barreira tanto mais forte quanto a União Soviética tornou-se a segunda potência mundial.

É importante salientar a imensa força que teve uma sociedade que acabou com a exploração. É importante salientar as vitórias, de significado mundial, conquistadas pelo Estado Soviético: a vitória contra o nazi-fascismo deveu-se principalmente à União Soviética, que impingiu aos nazistas suas primeiras grandes derrotas: a Batalha de Moscou (de setembro de 1941 a abril de 1942) e a de Stalingrado (julho de 1942 a fevereiro de 1943), lutas que custaram aos soviéticos mais de 20 milhões de mortos. Mas venceram.

O Estado Soviético apoiou de muitas maneiras a descolonização, garantiu a não intervenção ianque em Cuba, foi um freio à expansão desmedida do capital. Isso, com todos os problemas que enfrentou permanentemente. Devemos assimilar os acertos e procurar entender os erros, sem minimizá-los, para evitar repeti-los.

A União Soviética, a grande esperança da humanidade.

Completam-se cem anos de uma Revolução cujos frutos mais diretos tiveram fim em 1991, com o fim da URSS. Apesar disso, que perspectiva futura você vê para revoluções desse tipo?

A Revolução Socialista de Outubro, mostrando que o capitalismo não era o fim da história e que os operários podiam chegar ao poder, abriu uma perspectiva concreta: a possibilidade de se estabelecer uma sociedade socialista, um poder operário. Até 1917 então isso era apenas uma utopia. Depois da Revolução Russa passou a ser uma realidade. O Estado Soviético teve fim, mas a perspectiva revolucionária não. Para terminar, cito Joseph Fontana, o historiador marxista catalão:

"O caminho que há pela frente, se queremos escapar desse futuro de desigualdade e empobrecimento que nos ameaça a todos, é bastante complicado. O fracasso da experiência de 1917 mostra que as dificuldades são muito grandes; mas penso que nos ensinou também que, apesar de tudo, havia que prová-lo, e que tentá-lo de novo oxalá valha a pena” (FONTANA, Josep. “A revolução Russa e nós”, In História e luta de classe. Nº 23, março de 2017, p.92).

Via – Portal Vermelho

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Globo faz campanha pela venda da Eletrobras

Matéria publicada nesta terça-feira (7), em O Globo, defende em manchete decisão da última segunda-feira (6) de Temer que tem como objetivo edulcorar a venda da Eletrobras, a maior empresa de energia da América Latina, para vencer as resistências. De acordo com decisão do Planalto, parte do dinheiro arrecadado com a privatização da estatal será destinado a evitar uma alta maior nas contas de luz a partir de 2019.


Da revista Fórum:

Vários especialistas, no entanto, discordam veementemente. Para a ex-presidente Dilma Rousseff, a privatização trará resultados catastróficos: “Como ocorreu em 2001, no Governo do FHC, significa deixar o país sujeito a apagões. O resultado é um só: o consumidor vai pagar uma conta de luz estratosférica por uma energia que não terá fornecimento garantido”.

Chamando o atual governo de “ilegítimo”, Dilma afirma que a privatização significa vender o patrimônio do povo brasileiro para cumprir uma meta “irreal”. “Já entregaram as termelétricas da Petrobras. Pretendem vender na bacia das almas nossas principais hidrelétricas e linhas de transmissão”, afirmou Dilma.

De acordo com artigo publicado pelo jornalista e economista Luis Nassif, “a avaliação prévia de agosto deste ano, de R$ 20 bilhões, equivale a menos da metade de uma usina como Belo Monte. A Eletrobrás tem 47 usinas hidroelétricas, 114 térmicas e 69 eólicas, com capacidade de 47.000 MW, o que a faz provavelmente a maior geradora de energia elétrica do planeta. É uma empresa tão estratégica quanto a Petrobras”.

Nassif diz ainda que “o anúncio de venda da Eletrobras para fazer caixa é uma das iniciativas mais aberrantes do governo Temer. A ideia da “democratização do capital” e a comparação com a Vale e a Embraer é esdrúxula. Ambas estão na economia competitiva enquanto a Eletrobrás é uma concessionária de serviços públicos, estratégica para o país”.

Comoção na Bovespa

Em matéria de agosto deste ano, o jornal El País chama a Eletrobras de “a joia da coroa do programa privatizador de Temer”. De acordo com a reportagem, o anúncio da privatização provocou comoção na Bovespa, mas o consenso entre especialistas ouvidos é que os detalhes sobre a operação especial planejada para as mudanças na estatal ainda são pouquíssimos. Um verdadeiro mar de incertezas ronda a possível venda da empresa, hoje responsável por 31% da capacidade da geração de energia do país e por 47% das linhas de transmissão.

Outro que aposta no aumento das tarifas é o analista econômico Miguel Daoud. Para ele, a teoria do ministro de Minas e Energias, de que a privatização pode reduzir a conta de luz, é equivocada. O efeito, segundo o economista, deve ser justamente o inverso: o aumento nas tarifas.”

Mesmo para especialistas mais liberais, a decisão de privatizar foi acelerada por conta da situação econômica do país e também pelo tamanho do déficit das contas públicas. “Toda a motivação é a necessidade de recurso para o Tesouro Nacional. A Eletrobras já não vinha desempenhando um papel importante ou estratégico no setor elétrico, muito por conta dos problemas financeiros que ela enfrentava”, explica Nivalde de Castro, coordenador do Grupo de Estudos do Setor Elétrico (Gesel), do Instituto de Economia da UFRJ.

O professor pondera, entretanto, que há riscos quando o Estado brasileiro perde um instrumento de política energética. “Uma coisa é você estar em um país desenvolvido, outra é estar em um país como o Brasil com uma heterogeneidade econômica e regional muito grande, com muitos lugares com necessidade de crescimento e mais capacidade de transmissão. No futuro, você pode correr o risco de ficar refém do privado”, afirma Castro.

Via - Blog do Miro
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...