APRESENTADO A COMARCA PARA O MUNDO E O MUNDO PARA A COMARCA

TEMOS O APOIO DE INFOMANIA SOLUÇÕES EM INFORMÁTICA Fones 9986 1218 - 3432 1208 - AUTO-MECÂNICA IDEAL FONE 3432-1791 - 9916-5789 - 9853-1862 - JOALHERIA OURO BRANCO 44 9839-3200 - NOVA ÓTICA Fone (44) 3432 -2305 Cel (44) 8817- 4769 Av. Londrina, 935 - Nova Londrina/PR - VOCÊ É BONITA? VENHA SER A PRÓXIMA BELA DA SEMANA - Já passaram por aqui: PAOLA ALVES - MORGANA VIOLIM - MAIQUELE VITALINO - BRENDA PIVA - ESTEFANNY CUSTÓDIO - ELENI FERREIRA - GIOVANA lIMA - GIOVANA NICOLINI - EVELLIN MARIA - LOHAINNE GONÇALVES - FRANCIELE ALMEIDA - LOANA XAVIER - GABRIELA CRUZ- KARINA SPOTTI - TÂNIA OLIVEIRA - RENATA LETÍCIA - TALITA FERNANDA - JADE CAROLINA - TAYNÁ MEDEIROS - BEATRIZ FONTES - LETYCIA MEDEIROS - MARYANA FREITAS - THAYLA BUGADÃO NAVARRO - LETÍCIA MENEGUETTI - STEFANI ALVES - CINDEL LIBERATO - RAFA-REIS - BEATRYZ PECINI - IZABELLY PECINI - THAIS BARBOSA - MICHELE CECCATTO - JOICE MARIANO - LOREN ZAGATI - GISELE BERNUSSO - RAFAELA RAYSSA - LUUH XAVIER - SARAH CRISTINA - YANNA LEAL - LAURA ARAÚJO TROIAN - GIOVANNA MONTEIRO DA SILVA - PRISCILLA MARTINS RIL - GABRIELLA MENEGUETTI JASPER - MARIA HELLOISA VIDAL SAMPAIO - HELOÍSA MONTE - DAYARA GEOVANA - ADRIANA SANTOS - EDILAINE VAZ - THAYS FERNANDA - CAMILA COSTA - JULIANA BONFIM - MILENA LIMA - DYOVANA PEREZ - JULIANA SOUZA - JESSICA BORÉGIO - JHENIFER GARBELINI - DAYARA CALHEIROS - ALINE PEREIRA - ISABELA AGUIRRE - ANDRÉIA PEREIRA - MILLA RUAS - MARIA FERNANDA COCULO - FRANCIELLE OLIVEIRA - DEBORA RIBAS - CIRLENE BARBERO - BIA SLAVIERO - SYNTHIA GEHRING - JULIANE VIEIRA - DUDA MARTINS - GISELI RUAS - DÉBORA BÁLICO - JUUH XAVIER - POLLY SANTOS - BRUNA MODESTO - GIOVANA LIMA - VICTÓRIA RONCHI - THANYA SILVEIRA - ALÉKSIA LAUREN - DHENISY BARBOSA - POLIANA SENSON - LAURA TRIZZ - FRANCIELLY CORDEIRO - LUANA NAVARRO - RHAYRA RODRIGUES - LARISSA PASCHOALLETO - ALLANA BEATRIZ - WANDERLÉIA TEIXEIRA CAMPOS - BRUNA DONATO - VERÔNICA FREITAS - SIBELY MARTELLO - MARCELA PIMENTEL - SILVIA COSTA - JHENIFER TRIZE - LETÍCIA CARLA -FERNANDA MORETTI - DANIELA SILVA - NATY MARTINS - NAYARA RODRIGUES - STEPHANY CALDEIRA - VITÓRIA CEZERINO - TAMIRES FONTES - ARIANE ROSSIN - ARIANNY PATRICIA - SIMONE RAIANE - ALÉXIA ALENCAR - VANESSA SOUZA - DAYANI CRISTINA - TAYNARA VIANNA - PRISCILA GEIZA - PATRÍCIA BUENO - ISABELA ROMAN - RARYSSA EVARISTO - MILEIDE MARTINS - RENATHA SOLOVIOFF - BEATRIZ DOURADO - NATALIA LISBOA - ADRIANA DIAS - SOLANGE FREITAS - LUANA RIBEIRO - YARA ROCHA - IDAMARA IASKIO - CAMILA XAVIER - BIA VIEIRA - JESSICA RODRIGUES - AMANDA GABRIELLI - BARBARA OLIVEIRA - VITORIA NERES - JAQUE SANTOS - KATIA LIMA - ARIELA LIMA - MARIA FERNANDA FRANCISQUETI - LARA E LARISSA RAVÃ MATARUCO - THATY ALVES - RAFAELA VICENTIN - ESTELLA CHIAMULERA - KATHY LOPES - LETICIA CAVALCANTE PISCITELI - VANUSA SANTOS - ROSIANE BARILLE - NATHÁLIA SORRILHA - LILA LOPES - PRISCILA LUKA - SAMARA ALVES - JANIELLY BOTA - ELAINE LEITE CAVALCANTE - INGRID ZAMPOLLO - DEBORA MANGANELLI - MARYHANNE MAZZOTTI - ROSANI GUEDES - JOICE RUMACHELLA - DAIANA DELVECHIO - KAREN GONGORA - FERNANDA HENRIQUE - KAROLAYNE NEVES TOMAS - KAHENA CHIAMULERA - MACLAINE SILVÉRIO BRANDÃO - IRENE MARY - GABRIELLA AZEVEDO - LUANA TALARICO - LARISSA TALARICO - ISA MARIANO - LEIDIANE CARDOSO - TAMIRES MONÇÃO - ALANA ISABEL - THALIA COSTA - ISABELLA PATRICIO - VICTHORIA AMARAL - BRUNA LIMA - ROSIANE SANTOS - LUANA STEINER - SIMONE OLIVEIRA CUSTÓDIO - MARIELLE DE SÁ - GISLAINE REGINA - DÉBORA ALMEIDA - KIMBERLY SANTOS - ISADORA BORGHI - JULIANA GESLIN - BRUNA SOARES - POLIANA PAZ BALIEIRO - GABRIELA ALVES - MAYME SLAVIERO - GABRIELA GEHRING - LUANA ANTUNES - KETELEN DAIANA - PAOLLA NOGUEIRA - POLIANY FERREIRA DOS ANOS - LUANA DE MORAES - EDILAINE TORRES - DANIELI SCOTTA - JORDANA HADDAD - WINY GONSALVES - THAÍSLA NEVES - ÉRICA LIMA CABRAL - ALEXIA BECKER - RAFAELA MANGANELLI - CAROL LUCENA - KLAU PALAGANO - ELISANDRA TORRES - WALLINA MAIA - JOYCE SAMARA - BIANCA GARCIA - SUELEN CAROLINE - DANIELLE MANGANELLI - FERNANDA HARUE - YARA ALMEIDA - MAYARA FREITAS - PRISCILLA PALMA - LAHOANA MOARAES - FHYAMA REIS - KAMILA PASQUINI - SANDY RIBEIRO - MAPHOLE MENENGOLO - TAYNARA GABELINI - DEBORA MARRETA - JESSICA LAIANE - BEATRIS LOUREIRO - RAFA GEHRING - JOCASTA THAIS - AMANDA BIA - VIVIAN BUBLITZ - THAIS BOITO - SAMIA LOPES - BRUNA PALMA - ALINE MILLER - CLEMER COSTA - LUIZA DANIARA – ANA CLAUDIA PICHITELLI – CAMILA BISSONI – ERICA SANTANA - KAROL SOARES - NATALIA CECOTE - MAYARA DOURADO - LUANA COSTA - ANA LUIZA VEIT - CRIS LAZARINI - LARISSA SORRILHA - ROBERTA CARMO - IULY MOTA - KAMILA ALVES - LOISLENE CRISTINA - THAIS THAINÁ - PAMELA LOPES - ISABELI ROSINSKI - GABRIELA SLAVIERO - LIARA CAIRES - FLÁVIA OLIVEIRA - GRAZI MOREIRA - JESSICA SABRINNI - RENATA SILVA -SABRINA SCHERER - AMANDA NATALIÊ - JESSICA LAVRATE - ANA PAULA WESTERKAMP- RENATA DANIELI - GISELLY RUIZ - ENDIARA RIZZO - *DAIANY E DHENISY BARBOSA - KETLY MILLENA - MICHELLE ENUMO - ISADORA GIMENES - GABRIELA DARIENSO - MILENA PILEGI - TAMIRES ONISHI - EVELIN FEROLDI - ELISANGELA SILVA - PAULA FONTANA CAVAZIM - ANNE DAL PRÁ - POLLIANA OGIBOWISKI - CAMILA MELLO - PATRICIA LAURENTINO - FLOR CAPELOSSI - TAMIRES PICCOLI - KATIELLY DA MATTA - BIANCA DONATO - CATIELE XAVIER - JACKELINE MARQUES - CAROL MAZZOTTI - DANDHARA JORDANA - BRENDA GREGÓRIO - DUDA LOPES - MILENA GUILHEN - MAYARA GREGÓRIO - BRUNA BOITO - BETHÂNIA PEREIRA - ARIELLI SCARPINI - CAROL VAZ - GISELY TIEMY -THAIS BISSONI - MARIANA OLIVEIRA - GABRIELA BOITO - LEYLLA NASCIMENTO - JULIANA LUCENA- KRISTAL ZILIO - RAFAELA HERRERA - THAYANA CRISTINA VAZ - TATIANE MONGELESKI - NAYARA KIMURA - HEGILLY CORREIA MIILLER - FRANCIELI DE SANTI - PAULA MARUCHI FÁVERO - THAÍS CAROLINY - IASMIM PAIVA - ALYNE SLAVIERO - ISABELLA MELQUÍADE - ISABELA PICOLLI - AMANDA MENDES - LARISSA RAYRA - FERNANDA BOITO - EMILLY IZA - BIA MAZZOTTI - LETICIA PAIVA - PAOLA SLAVIERO - DAIANA PISCITELLE - ANGELINA BOITO - TALITA SANTOS Estamos ha 6 anos no ar - Mais de 700 acessos por dia, mais de um milhão de visualizações - http://mateusbrandodesouza.blogspot.com.br/- Obrigado por estar aqui, continue com a gente

domingo, 13 de dezembro de 2015

Luciana Genro desagrada até o PSOL


Por Altamiro Borges

Nesta sexta-feira (11), milhares de gaúchos foram às ruas contra o golpismo. No período da manhã, cerca de 700 lideranças sociais participaram do lançamento da Frente Brasil Popular, no auditório da Federação dos Trabalhadores na Agricultura. Na sequência, um ato em frente à estátua do ex-governador Leonel Brizola, ao lado do Palácio Piratini, reuniu dirigentes do PT, PDT, PCdoB, PSOL e Rede e lutadores sociais para fundar o “Movimento pela Legalidade e a Democracia”. Houve ainda a 20ª Marcha dos Sem, movimento já tradicional no Rio Grande do Sul, organizado por entidades sindicais e populares. Foi um dia histórico para os gaúchos, que relembra a heroica resistência ao golpe militar de 1964. Luciana Genro, candidata do PSOL nas eleições do ano passado, esteve presente aos eventos da tarde e discursou contra o impeachment, o ajuste fiscal e pelo “Fora Cunha”.

Na mesma semana, porém, ela apresentou uma proposta que gerou fortes críticas de organizações de esquerda e desagradou seu próprio partido. Em artigo intitulado “Contra Cunha e Temer, por eleições gerais em 2016”, Luciana Genro defendeu o encurtamento do mandato da presidenta Dilma. “Através de novas eleições o povo poderá expressar o seu descontentamento de forma direta, sem a intermediação de políticos e partidos golpistas, que se aproveitam da indignação popular para impor seus interesses. Esta mudança no calendário eleitoral é absolutamente necessária diante da gravidade da situação, e nestes momentos de grave crise, mais do que nunca, é o povo quem deve ter a palavra final, e não as castas políticas em seus conluios escusos”, argumentou.

A proposta caiu como um raio em céu azul. Dias antes o próprio PSOL havia realizado reunião da sua direção nacional em que a ideia da antecipação das eleições nem sequer foi apresentada. A sua resolução final, conforme explicação enviada ao blog Diário do Centro Mundo, “convoca a militância a mobilizar, junto com os movimentos sociais na Frente Povo Sem Medo, contra o ajuste fiscal do governo e pelo ‘Fora Cunha’. Ao mesmo tempo, se coloca diretamente contrário ao processo de impeachment em curso - sem, contudo, defender o governo. O partido manterá a sua atuação como oposição à esquerda”. O texto ainda reproduz a resolução do 5º Congresso Nacional da sigla, que é taxativa: “Destituir Dilma, cujo governo antipopular nos opomos, para colocar em seu lugar Michel Temer (PMDB), significaria aprofundar ‘uma ponte para o futuro’ que é mera continuidade do presente, pavimentada pelos materiais do privatismo puro e duro... O PSOL não participará de manifestações que tenham como finalidade defesa do governo ou de defesa do impeachment”.

Com base nestas “resoluções unificadas”, importantes lideranças do partido correram para manifestar sua discordância com a principal referência da sigla. O deputado federal Jean Wyllys foi um dos primeiros a discordar de maneira cordial e civilizada. Em sua página no Facebook, ele postou na quinta-feira (10): “Eu respeito muito a Luciana, é minha companheira e amiga e fez uma belíssima e corajosa campanha nas eleições presidenciais de 2014 como candidata do PSOL. Contudo, dessa vez, discordo dela. Aliás, a proposta que ela divulgou não é a posição do PSOL. Em seu congresso nacional, realizado no último final de semana, o partido ratificou sua posição contra o impeachment e sua decisão de não participar de nenhuma manifestação em defesa do impedimento da Presidenta ou em defesa do governo... Minha posição é que tanto a Presidenta quanto o resto dos representantes eleitos pelo povo devem cumprir os seus mandatos como ordena a Constituição. No Brasil não existe a revogação de mandatos”.

No mesmo rumo, o jornalista e cartunista Gilberto Maringoni, que disputou o governo de São Paulo em 2014, também criticou a proposta – “problemática no método e no mérito”. Em seu perfil no Facebook, ele polemizou: “Tenho imensa consideração e mantenho boa relação pessoal com Luciana Genro. Ela fez, em 2014, uma campanha valente e heroica. Todo o PSOL e os quase dois milhões de eleitores que escolheram seu nome reconhecem isso... Por tais motivos, vou, respeitosamente, me contrapor ao que ela afirma. A proposta de Luciana é problemática no método e no mérito... No método porque o PSOL acaba de sair de um Congresso, realizado em Brasília entre os dias 4 e 6 últimos. Lamentavelmente Luciana somente pode participar da abertura, no primeiro dia. O encontro debateu e deliberou sobre o tema. Colocou-se contra o impeachment e contra o ajuste fiscal... Foi a resolução que mais recebeu votos em apoio: cerca de 95% dos delegados. Os companheiros da corrente de Luciana votaram na posição aprovada, não fizeram objeções e nem apresentaram sugestão diversa”.

Já no que se refere ao mérito, Gilberto Maringoni afirma que a proposta é equivocada. “Só faz sentido apontar para novas eleições se houver alguma perspectiva de que a esquerda e os setores democráticos cresçam. Ou seja, quando a tensão por mudança puder resultar em nova correlação de forças, sacramentada por eleições, assembleias constituintes, referendos etc. O método não cria novas condições. Ele expressa novas condições. Era justo nos anos 1980 propor Diretas Já e Constituinte porque as mobilizações sociais da época já não cabiam no estreito figurino da ditadura. Propor eleições em 2016, além de apontar para algo extemporâneo, que pode desviar o esforço a ser concentrado contra o golpismo e contra a política econômica, embute o perigo de resultar em vitória da direita, mesmo sem os recursos do financiamento empresarial. (Digo isto sabendo que Luciana é contra o impeachment)”. E o autor complementa:

“Há ainda um problema legal. Dilma não tem a prerrogativa de ‘propor que as eleições municipais de 2016 se transformem em eleições gerais’. A única forma de a presidente fazer isso é renunciar ao seu mandato antes de dois anos de exercício do cargo. Mesmo assim, o que se garante é nova eleição presidencial. Na vida concreta, a medida demanda a aprovação de emenda constitucional antes do fim de 2015, algo absolutamente inviável e que dispersa esforços que devem ser voltados para as questões centrais. Do ponto de vista dos democratas, a solução agora deve ser colocar as diversas facções do conservadorismo – PSDB/PT/PMDB e agregados – na parede, com os seguintes propósitos: 1. Impedir o golpe; 2. Mudar a política econômica em favor de uma senda desenvolvimentista. Não há atalhos. A esquerda é tremendamente minoritária na sociedade. É preciso seguir adiante nas pressões e mobilizações até que se abram novas oportunidades para o avanço da democracia. Como dizia o ilustre filósofo bauruense, ‘O impossível a gente faz. Milagre demora um pouquinho mais’”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...