segunda-feira, 2 de março de 2015

Diamante do Norte, berço da biodiversidade no Paraná

Diamante do Norte é porta de entrada do Paraná, onde começa o corredor da biodiversidade. Cidade vem desenvolvendo ações para fomentar o turismo ecológico sustentável
Vista da ponte que liga os estados é digna de registro fotográfico 

Crianças se divertem nas águas do Rio do Corvo
A cidade de Diamante do Norte, na divisa entre os estados do Paraná e São Paulo, guarda algumas surpresas que ainda são desconhecidas de uma boa parte da população do Noroeste do Estado.
Rica na sua biodiversidade, Diamante do Norte proporciona ao visitante contato direto com a natureza, esportes de aventura, pesca e lazer.

“Diamante do Norte é o berço da biodiversidade no estado, onde começa o Paraná”, destacou Cláudio Reciel Fioramonti, secretário municipal do Turismo, Meio Ambiente e Agricultura.  

Para fomentar o Turismo no município a administração municipal através da Secretaria de Turismo vem desenvolvendo uma série de ações voltadas à divulgação da cidade. Entre elas o Festival de Pesca ao Tucunaré, realizado no Ribeirão do Corvo, durante o período da Piracema, onde a pesca de espécies nativas é proibida. O tucunaré por ser espécie exótica pode ser capturado durante todo ano.
A cidade banhada pelas águas do Rio Paranapanema também vem desenvolvendo ações de conscientização sobre a importância da preservação ambiental.

Uma das atividades é o “Panemacros, Enduro das Águas”, onde o participante percorre um bom trecho do Rio com auxílio de boias, o passeio é tranquilo, onde o visitante pode observar aves, animais e a vegetação nativa.

Turma do Boiacross se preparando para descer o rio
Outra atividade que já é uma tradição no município é a Feira de Orquídeas, onde são expostas plantas cultivadas por orquidófilos da cidade, de toda a região e dos estados vizinhos de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Com a abertura da temporada de pesca, Diamante do Norte é com certeza uma das cidades que mais recebem pescadores de todo o Paraná e estados vizinhos, que procuram fisgar um belo exemplar, além da tranquilidade e contato direto com a natureza que ainda se mantém preservada.

A cidade também realiza anualmente a ExpoDiamante, que já está na sua 12ª edição, a festa vem se consolidando uma das melhores festas de peão da região, pela qualidade das montarias. Tem ainda a festa do Padroeiro São José, que reúne fiéis de devotos do santo.      

Serviços:
- Diamante do Norte fica a 90 quilômetros de Paranavaí, na divisa entre os estados de São Paulo e Paraná. Possui restaurantes, hotel e pousadas.
- O visitante que deseja visitar ou se hospedar na Pousada Rio do Corvo pode ligar para o tel. (44) 9129-9628, para mais informações.   
- O principal acesso à reserva é pela Rodovia PR-182, que liga o Paraná ao Estado de São Paulo. O Parque funciona de terça à sexta-feira das 8h às 16h30. Maiores informações pelo tel.  (44) 3429-1494

Estação Ecológica do Caiuá, natureza no seu estado bruto

Localizada em Diamante do Norte, a Estação Ecológica do Caiuá é o maior remanescente florestal contínuo do Noroeste do Paraná. Possui área de 1.449,4834 hectares e abriga diversas espécies de fauna e flora ameaçadas de extinção, entre elas; tamanduá-mirim, tatu-galinha, macaco-prego, paca, preá, capivara, lontra, gato-do-mato, jaguatirica, biguá, garça-branca-grande, urubu-rei, gavião-tesoura e jacu.

A entrada na estação deve ser agendada com antecedência, já que todo o passeio é acompanhado de um guia. Antes do passeio pelas trilhas o visitante recebe orientações de como deve se portar em uma reserva ambiental.

Durante o passeio o visitante poderá avistar animais, aves e vegetação presentes na bacia do Rio Paraná. Com olhar mais atento e uma câmera fotográfica nas mãos o turista poderá levar para casa recordações únicas da reserva, que é muito procurada por pesquisadores e grupos de estudantes.


Fonte: Ricardo Paiva - Diário do Noroeste


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...