sexta-feira, 10 de março de 2017

DENGUE - Municípios da região estão vulneráveis ao Aedes aegypti

Tamboara totaliza quatro registros de pacientes com dengue. Em Marilena, duas pessoas contraíram a doença. Guairaçá e Querência do Norte têm uma confirmação cada.


Os municípios do Noroeste do Paraná estão vulneráveis. A constatação é da chefe regional de Vigilância Sanitária, Nilce Casado, sobre o Aedes aegypti - mosquito que transmite dengue, chikungunya, zika e febre amarela.

Os índices de infestação são altos em toda a região, ficando acima do que é considerado tolerável pelo Ministério da Saúde, 1%. Apenas São Carlos do Ivaí está abaixo do percentual, com 0,56%.

De acordo com Nilce, o número de notificações de casos suspeitos de dengue cresceu nas últimas semanas. Considerando os 28 municípios atendidos pela 14ª Regional de Saúde, são 332 registros de pacientes com sintomas da doença. 18 tiveram resultados positivos para exames laboratoriais, 228 foram negativados e 86 ainda estão pendentes.

A quantidade de casos negativos revela preocupação com a possibilidade de serem outras doenças com sintomas semelhantes aos da dengue. Os riscos de disseminação da febre amarela também exigem cuidados.
Nilce informou que sete estados brasileiros têm registros de pacientes com febre amarela. Ao todo, são 1.500 notificações, com 371 confirmações e 241 mortes.

PROBLEMAS - A chefe regional de Vigilância Sanitária pontuou alguns problemas que os municípios enfrentam para combater o Aedes aegypti. Um é o descarte irregular de lixo em terrenos baldios. A falta de cuidados em quintais e fundos de empresas também contribui para essa realidade.

A mudança de gestores no início do ano também atrapalhou as ações. Até prefeitos e secretários se inteirarem da situação que os municípios enfrentam, a quantidade de mosquitos circulando aumenta.
Nilce enfatizou que a região é considerada infestada pelo Aedes aegypti, o que torna real o risco de epidemias das doenças transmitidas pelo mosquito.

NÚMEROS - O município com maior quantidade de casos positivos de dengue é Paranavaí. Pela atualização da 14ª Regional de Saúde são 10 confirmações entre as 137 notificações feitas de janeiro até a tarde de ontem.

Tamboara totaliza quatro registros de pacientes com dengue. Em Marilena, duas pessoas contraíram a doença. Guairaçá e Querência do Norte têm uma confirmação cada.

Vacinação contra a dengue

vai até o final do mês!
A segunda etapa de vacinação contra a dengue já começou e vai até o final de março. Dois municípios do Noroeste do Paraná estão distribuindo doses para pessoas de 15 a 27 anos de idade: Cruzeiro do Sul e Santa Isabel do Ivaí.

A chefe regional de Vigilância Sanitária, Nilce Casado, explicou a importância da vacinação: reduz os efeitos da doença e evita mortes. Além disso, é uma barreira técnica que evita a disseminação da dengue em toda a população.

Por isso, Nilce orientou as pessoas que fazem parte do público-alvo a irem até os postos de saúde para receber imunização. Ao mesmo tempo, as equipes municipais estão fazendo busca ativa, para alcançar todas as pessoas incluídas na faixa etária determinada.

Via – Diário do Noroeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...