APRESENTADO A COMARCA PARA O MUNDO E O MUNDO PARA A COMARCA

TEMOS O APOIO DE INFOMANIA SOLUÇÕES EM INFORMÁTICA Fones 9986 1218 - 3432 1208 - AUTO-MECÂNICA IDEAL FONE 3432-1791 - 9916-5789 - 9853-1862 - JOALHERIA OURO BRANCO 44 9839-3200 - NOVA ÓTICA Fone (44) 3432 -2305 Cel (44) 8817- 4769 Av. Londrina, 935 - Nova Londrina/PR - VOCÊ É BONITA? VENHA SER A PRÓXIMA BELA DA SEMANA - Já passaram por aqui: ELENI FERREIRA - GIOVANA lIMA - GIOVANA NICOLINI - EVELLIN MARIA - LOHAINNE GONÇALVES - FRANCIELE ALMEIDA - LOANA XAVIER - GABRIELA CRUZ- KARINA SPOTTI - TÂNIA OLIVEIRA - RENATA LETÍCIA - TALITA FERNANDA - JADE CAROLINA - TAYNÁ MEDEIROS - BEATRIZ FONTES - LETYCIA MEDEIROS - MARYANA FREITAS - THAYLA BUGADÃO NAVARRO - LETÍCIA MENEGUETTI - STEFANI ALVES - CINDEL LIBERATO - RAFA-REIS - BEATRYZ PECINI - IZABELLY PECINI - THAIS BARBOSA - MICHELE CECCATTO - JOICE MARIANO - LOREN ZAGATI - GISELE BERNUSSO - RAFAELA RAYSSA - LUUH XAVIER - SARAH CRISTINA - YANNA LEAL - LAURA ARAÚJO TROIAN - GIOVANNA MONTEIRO DA SILVA - PRISCILLA MARTINS RIL - GABRIELLA MENEGUETTI JASPER - MARIA HELLOISA VIDAL SAMPAIO - HELOÍSA MONTE - DAYARA GEOVANA - ADRIANA SANTOS - EDILAINE VAZ - THAYS FERNANDA - CAMILA COSTA - JULIANA BONFIM - MILENA LIMA - DYOVANA PEREZ - JULIANA SOUZA - JESSICA BORÉGIO - JHENIFER GARBELINI - DAYARA CALHEIROS - ALINE PEREIRA - ISABELA AGUIRRE - ANDRÉIA PEREIRA - MILLA RUAS - MARIA FERNANDA COCULO - FRANCIELLE OLIVEIRA - DEBORA RIBAS - CIRLENE BARBERO - BIA SLAVIERO - SYNTHIA GEHRING - JULIANE VIEIRA - DUDA MARTINS - GISELI RUAS - DÉBORA BÁLICO - JUUH XAVIER - POLLY SANTOS - BRUNA MODESTO - GIOVANA LIMA - VICTÓRIA RONCHI - THANYA SILVEIRA - ALÉKSIA LAUREN - DHENISY BARBOSA - POLIANA SENSON - LAURA TRIZZ - FRANCIELLY CORDEIRO - LUANA NAVARRO - RHAYRA RODRIGUES - LARISSA PASCHOALLETO - ALLANA BEATRIZ - WANDERLÉIA TEIXEIRA CAMPOS - BRUNA DONATO - VERÔNICA FREITAS - SIBELY MARTELLO - MARCELA PIMENTEL - SILVIA COSTA - JHENIFER TRIZE - LETÍCIA CARLA -FERNANDA MORETTI - DANIELA SILVA - NATY MARTINS - NAYARA RODRIGUES - STEPHANY CALDEIRA - VITÓRIA CEZERINO - TAMIRES FONTES - ARIANE ROSSIN - ARIANNY PATRICIA - SIMONE RAIANE - ALÉXIA ALENCAR - VANESSA SOUZA - DAYANI CRISTINA - TAYNARA VIANNA - PRISCILA GEIZA - PATRÍCIA BUENO - ISABELA ROMAN - RARYSSA EVARISTO - MILEIDE MARTINS - RENATHA SOLOVIOFF - BEATRIZ DOURADO - NATALIA LISBOA - ADRIANA DIAS - SOLANGE FREITAS - LUANA RIBEIRO - YARA ROCHA - IDAMARA IASKIO - CAMILA XAVIER - BIA VIEIRA - JESSICA RODRIGUES - AMANDA GABRIELLI - BARBARA OLIVEIRA - VITORIA NERES - JAQUE SANTOS - KATIA LIMA - ARIELA LIMA - MARIA FERNANDA FRANCISQUETI - LARA E LARISSA RAVÃ MATARUCO - THATY ALVES - RAFAELA VICENTIN - ESTELLA CHIAMULERA - KATHY LOPES - LETICIA CAVALCANTE PISCITELI - VANUSA SANTOS - ROSIANE BARILLE - NATHÁLIA SORRILHA - LILA LOPES - PRISCILA LUKA - SAMARA ALVES - JANIELLY BOTA - ELAINE LEITE CAVALCANTE - INGRID ZAMPOLLO - DEBORA MANGANELLI - MARYHANNE MAZZOTTI - ROSANI GUEDES - JOICE RUMACHELLA - DAIANA DELVECHIO - KAREN GONGORA - FERNANDA HENRIQUE - KAROLAYNE NEVES TOMAS - KAHENA CHIAMULERA - MACLAINE SILVÉRIO BRANDÃO - IRENE MARY - GABRIELLA AZEVEDO - LUANA TALARICO - LARISSA TALARICO - ISA MARIANO - LEIDIANE CARDOSO - TAMIRES MONÇÃO - ALANA ISABEL - THALIA COSTA - ISABELLA PATRICIO - VICTHORIA AMARAL - BRUNA LIMA - ROSIANE SANTOS - LUANA STEINER - SIMONE OLIVEIRA CUSTÓDIO - MARIELLE DE SÁ - GISLAINE REGINA - DÉBORA ALMEIDA - KIMBERLY SANTOS - ISADORA BORGHI - JULIANA GESLIN - BRUNA SOARES - POLIANA PAZ BALIEIRO - GABRIELA ALVES - MAYME SLAVIERO - GABRIELA GEHRING - LUANA ANTUNES - KETELEN DAIANA - PAOLLA NOGUEIRA - POLIANY FERREIRA DOS ANOS - LUANA DE MORAES - EDILAINE TORRES - DANIELI SCOTTA - JORDANA HADDAD - WINY GONSALVES - THAÍSLA NEVES - ÉRICA LIMA CABRAL - ALEXIA BECKER - RAFAELA MANGANELLI - CAROL LUCENA - KLAU PALAGANO - ELISANDRA TORRES - WALLINA MAIA - JOYCE SAMARA - BIANCA GARCIA - SUELEN CAROLINE - DANIELLE MANGANELLI - FERNANDA HARUE - YARA ALMEIDA - MAYARA FREITAS - PRISCILLA PALMA - LAHOANA MOARAES - FHYAMA REIS - KAMILA PASQUINI - SANDY RIBEIRO - MAPHOLE MENENGOLO - TAYNARA GABELINI - DEBORA MARRETA - JESSICA LAIANE - BEATRIS LOUREIRO - RAFA GEHRING - JOCASTA THAIS - AMANDA BIA - VIVIAN BUBLITZ - THAIS BOITO - SAMIA LOPES - BRUNA PALMA - ALINE MILLER - CLEMER COSTA - LUIZA DANIARA – ANA CLAUDIA PICHITELLI – CAMILA BISSONI – ERICA SANTANA - KAROL SOARES - NATALIA CECOTE - MAYARA DOURADO - LUANA COSTA - ANA LUIZA VEIT - CRIS LAZARINI - LARISSA SORRILHA - ROBERTA CARMO - IULY MOTA - KAMILA ALVES - LOISLENE CRISTINA - THAIS THAINÁ - PAMELA LOPES - ISABELI ROSINSKI - GABRIELA SLAVIERO - LIARA CAIRES - FLÁVIA OLIVEIRA - GRAZI MOREIRA - JESSICA SABRINNI - RENATA SILVA -SABRINA SCHERER - AMANDA NATALIÊ - JESSICA LAVRATE - ANA PAULA WESTERKAMP- RENATA DANIELI - GISELLY RUIZ - ENDIARA RIZZO - *DAIANY E DHENISY BARBOSA - KETLY MILLENA - MICHELLE ENUMO - ISADORA GIMENES - GABRIELA DARIENSO - MILENA PILEGI - TAMIRES ONISHI - EVELIN FEROLDI - ELISANGELA SILVA - PAULA FONTANA CAVAZIM - ANNE DAL PRÁ - POLLIANA OGIBOWISKI - CAMILA MELLO - PATRICIA LAURENTINO - FLOR CAPELOSSI - TAMIRES PICCOLI - KATIELLY DA MATTA - BIANCA DONATO - CATIELE XAVIER - JACKELINE MARQUES - CAROL MAZZOTTI - DANDHARA JORDANA - BRENDA GREGÓRIO - DUDA LOPES - MILENA GUILHEN - MAYARA GREGÓRIO - BRUNA BOITO - BETHÂNIA PEREIRA - ARIELLI SCARPINI - CAROL VAZ - GISELY TIEMY -THAIS BISSONI - MARIANA OLIVEIRA - GABRIELA BOITO - LEYLLA NASCIMENTO - JULIANA LUCENA- KRISTAL ZILIO - RAFAELA HERRERA - THAYANA CRISTINA VAZ - TATIANE MONGELESKI - NAYARA KIMURA - HEGILLY CORREIA MIILLER - FRANCIELI DE SANTI - PAULA MARUCHI FÁVERO - THAÍS CAROLINY - IASMIM PAIVA - ALYNE SLAVIERO - ISABELLA MELQUÍADE - ISABELA PICOLLI - AMANDA MENDES - LARISSA RAYRA - FERNANDA BOITO - EMILLY IZA - BIA MAZZOTTI - LETICIA PAIVA - PAOLA SLAVIERO - DAIANA PISCITELLE - ANGELINA BOITO - TALITA SANTOS Estamos ha 6 anos no ar - Mais de 700 acessos por dia, mais de um milhão de visualizações - http://mateusbrandodesouza.blogspot.com.br/- Obrigado por estar aqui, continue com a gente

domingo, 21 de maio de 2017

Povo enfrenta o golpe dentro do golpe


Por Paulo Moreira Leite.

Três dias depois que a TV Globo deu a impressão de que seria capaz de derrubar o presidente da República com uma simples denúncia no Jornal Nacional, a excitação na cúpula da pirâmide que manda no país desde o golpe de maio-agosto parece ter diminuído.

Verdade que, marcados para este domingo, os protestos "Fora Temer, Diretas-Já", irão retomar a luta necessária em defesa da democracia, no combate a reforma trabalhista e pela defesa da Previdência.

A novidade não se encontra na base da sociedade, cuja mobilização contra Michel Temer e seu governo avança num crescendo desde o carnaval, atingindo seu ápice na greve geral de 28 de abril. A mudança ocorreu na cúpula.

Em 72 horas, o ambiente de apocalipse - a palavra favorita era tsunami - foi substituído por uma postura de calmaria, dúvida e ponderação. As especulações em torno de possíveis sucessores de Temer também silenciaram.

Uma explicação é que os diálogos gravados por Joesley Batista não produziram a bala de prata que, supunha-se, deveria fulminar o presidente.

Falso. Mesmo reconhecendo que o Jornal Nacional não foi capaz de entregar um golpe de misericórdia contra Temer, apresentou diálogos comprometedores, que denunciam uma postura de conivência com esquemas vergonhosos de corrupção no governo. Coisa mais do que suficiente para justificar - como ocorre - uma investigação sobre três crimes, de corrupção passiva, obstrução da Justiça e participação em organização criminosa. Denúncias graves, em qualquer lugar. Particularmente sérias quando se recorda que Dilma Rousseff foi afastada por uma manobra contábil, as "pedaladas fiscais," que sequer são classificadas como crime de responsabilidade que a Constituição exige para o afastamento de quem ocupa a presidência da República.

A explicação real é outra e não se encontra num possível tropeço do jornalismo da TV Globo, mas numa questão política maior.

Imaginada como uma operação política de emergência, quando chefes de governo são destituídos com tanta rapidez que a população só consegue saber o que aconteceu no dia seguinte, quando nada mais pode ser feito, os articuladores da queda de Temer se esqueceram do essencial - combinar com o povo, o mesmo que estará nas ruas amanhã neste domingo e parece não sossegar há algum tempo.

Explica-se. Uma mudança desse tipo, às costas do eleitor, só pode dar certo quando se limita aos salões exclusivos do poder. Essa situação, que exige controle absoluto de cada movimento e de cada personagem da cena política, permite uma troca de guarda sem atropelos nem inconveniências.

Possivelmente por ignorar o grau de descontentamento real dos brasileiros contra o governo Temer, a operação começou a dar errado em poucos minutos.

Na própria noite de quarta-feira, antes do tradicional "Boa Noite" dos apresentadores do Jornal Nacional, já era possível ouvir os primeiros gritos de "Fora Temer" nas grandes cidades do país inteiro. Logo, também se ouviria o batuque de panelas nas janelas dos edifícios.

Na avenida Paulista, um ato público do Povo Sem Medo, liderado por Guilherme Boulos, logo seria engrossado por militantes ligados à Central de Movimentos Populares, da CUT, do Partido dos Trabalhadores, do PSOL e do PSTU.

Outros protestos se espalharam pela madrugada e também pelos dias seguintes, demonstrando uma situação clássica das grandes crises políticas que podem gerar mudanças ainda maiores. Ao descobrir um sinal de ruptura nas cúpulas, o movimento popular aproveita o espaço para expressar sua insatisfação, levantar seus direitos e reivindicações. Não só exigiu diretas-já mas também deixou clara a disposição de lutar na rua contra reformas que ameaçam seus direitos e o futuro de suas famílias.

Em grandes montadoras do ABC paulista, referência de resistência operária desde os tempos da ditadura militar, operários gravaram vídeos onde gritam "Fora Temer, Diretas-já!"

Para quem esperava responder à queda de Michel Temer - vista como inevitável - numa sucessão fechada, entre sócios do clube da elite brasileira, ocorreu o pior cenário possível.

Mesmo apanhado de surpresa, o povo foi à rua, inconformado em ser deixado para trás numa decisão que diz respeito a sua existência, seu futuro e sua soberania.

Aliados de primeira hora do golpe que derrubou Dilma, como Ronaldo Caiado, pularam do barco e engrossam o coro pelas diretas-já.

Foi assim que o golpe dentro do golpe transformou-se em fiasco. Na origem, o movimento tinha dois objetivos conectados. Um deles, trocar de presidente. O outro, escolher o sucessor por via indireta, atalho para preservar o plano de reformas que prevê duas décadas de austeridade, corte nos programas sociais e desnacionalização em toda linha.A reação popular, mesmo embrionária, em alguns casos simbólica, mostrou que até se poderia derrubar Temer - mas seria impossível adivinhar o que viria a seguir.

Foi assim - e não porque haja convicção quanto a sua inocência - que o próprio Michel Temer foi duas vezes a TV no prazo de 24 horas. Na primeira, defendeu-se. Na segunda, atacou. Mas foi um esforço inútil. Ao examinar um habeas corpus em que Temer pedia o trancamento das investigações que podem produzir sua ruína, o ministro do STF, Luiz Roberto Barroso, rejeitou o pedido. "Não enxergo nenhuma ilegalidade flagrante ou abuso de poder que autorize a concessão do pedido," escreveu Barroso.

Via - Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...