APRESENTADO A COMARCA PARA O MUNDO E O MUNDO PARA A COMARCA

TEMOS O APOIO DE INFOMANIA SOLUÇÕES EM INFORMÁTICA Fones 9986 1218 - 3432 1208 - AUTO-MECÂNICA IDEAL FONE 3432-1791 - 9916-5789 - 9853-1862 - NOVA ÓTICA Fone (44) 3432 -2305 Cel (44) 8817- 4769 Av. Londrina, 935 - Nova Londrina/PR - VOCÊ É BONITA? VENHA SER A PRÓXIMA BELA DA SEMANA - Já passaram por aqui: TAYSA SILVA - MARIELLA PAOLA - MARY FERNANDES - DANIELLE MEIRA - *Thays e Thamirys - ELLEN SOARES - DARLENE SOARES - MILENA RILANI - ISTEFANY GARCIA - ARYY SILVA - ARIANE SILVA - MAYARA TEIXEIRA - MAYARA TAKATA - PAOLA ALVES - MORGANA VIOLIM - MAIQUELE VITALINO - BRENDA PIVA - ESTEFANNY CUSTÓDIO - ELENI FERREIRA - GIOVANA LIMA - GIOVANA NICOLINI - EVELLIN MARIA - LOHAINNE GONÇALVES - FRANCIELE ALMEIDA - LOANA XAVIER - JOSIANE MEDEIROS - GABRIELA CRUZ- KARINA SPOTTI - TÂNIA OLIVEIRA - RENATA LETÍCIA - TALITA FERNANDA - JADE CAROLINA - TAYNÁ MEDEIROS - BEATRIZ FONTES - LETYCIA MEDEIROS - MARYANA FREITAS - THAYLA BUGADÃO NAVARRO - LETÍCIA MENEGUETTI - STEFANI ALVES - CINDEL LIBERATO - RAFA REIS - BEATRYZ PECINI - IZABELLY PECINI - THAIS BARBOSA - MICHELE CECCATTO - JOICE MARIANO - LOREN ZAGATI - GISELE BERNUSSO - RAFAELA RAYSSA - LUUH XAVIER - SARAH CRISTINA - YANNA LEAL - LAURA ARAÚJO TROIAN - GIOVANNA MONTEIRO DA SILVA - PRISCILLA MARTINS RIL - GABRIELLA MENEGUETTI JASPER - MARIA HELLOISA VIDAL SAMPAIO - HELOÍSA MONTE - DAYARA GEOVANA - ADRIANA SANTOS - EDILAINE VAZ - THAYS FERNANDA - CAMILA COSTA - JULIANA BONFIM - MILENA LIMA - DYOVANA PEREZ - JULIANA SOUZA - JESSICA BORÉGIO - JHENIFER GARBELINI - DAYARA CALHEIROS - ALINE PEREIRA - ISABELA AGUIRRE - ANDRÉIA PEREIRA - MILLA RUAS - MARIA FERNANDA COCULO - FRANCIELLE OLIVEIRA - DEBORA RIBAS - CIRLENE BARBERO - BIA SLAVIERO - SYNTHIA GEHRING - JULIANE VIEIRA - DUDA MARTINS - GISELI RUAS - DÉBORA BÁLICO - JUUH XAVIER - POLLY SANTOS - BRUNA MODESTO - GIOVANA LIMA - VICTÓRIA RONCHI - THANYA SILVEIRA - ALÉKSIA LAUREN - DHENISY BARBOSA - POLIANA SENSON - LAURA TRIZZ - FRANCIELLY CORDEIRO - LUANA NAVARRO - RHAYRA RODRIGUES - LARISSA PASCHOALLETO - ALLANA BEATRIZ - WANDERLÉIA TEIXEIRA CAMPOS - BRUNA DONATO - VERÔNICA FREITAS - SIBELY MARTELLO - MARCELA PIMENTEL - SILVIA COSTA - JHENIFER TRIZE - LETÍCIA CARLA -FERNANDA MORETTI - DANIELA SILVA - NATY MARTINS - NAYARA RODRIGUES - STEPHANY CALDEIRA - VITÓRIA CEZERINO - TAMIRES FONTES - ARIANE ROSSIN - ARIANNY PATRICIA - SIMONE RAIANE - ALÉXIA ALENCAR - VANESSA SOUZA - DAYANI CRISTINA - TAYNARA VIANNA - PRISCILA GEIZA - PATRÍCIA BUENO - ISABELA ROMAN - RARYSSA EVARISTO - MILEIDE MARTINS - RENATHA SOLOVIOFF - BEATRIZ DOURADO - NATALIA LISBOA - ADRIANA DIAS - SOLANGE FREITAS - LUANA RIBEIRO - YARA ROCHA - IDAMARA IASKIO - CAMILA XAVIER - BIA VIEIRA - JESSICA RODRIGUES - AMANDA GABRIELLI - BARBARA OLIVEIRA - VITORIA NERES - JAQUE SANTOS - KATIA LIMA - ARIELA LIMA - MARIA FERNANDA FRANCISQUETI - LARA E LARISSA RAVÃ MATARUCO - THATY ALVES - RAFAELA VICENTIN - ESTELLA CHIAMULERA - KATHY LOPES - LETICIA CAVALCANTE PISCITELI - VANUSA SANTOS - ROSIANE BARILLE - NATHÁLIA SORRILHA - LILA LOPES - PRISCILA LUKA - SAMARA ALVES - JANIELLY BOTA - ELAINE LEITE CAVALCANTE - INGRID ZAMPOLLO - DEBORA MANGANELLI - MARYHANNE MAZZOTTI - ROSANI GUEDES - JOICE RUMACHELLA - DAIANA DELVECHIO - KAREN GONGORA - FERNANDA HENRIQUE - KAROLAYNE NEVES TOMAS - KAHENA CHIAMULERA - MACLAINE SILVÉRIO BRANDÃO - IRENE MARY - GABRIELLA AZEVEDO - LUANA TALARICO - LARISSA TALARICO - ISA MARIANO - LEIDIANE CARDOSO - TAMIRES MONÇÃO - ALANA ISABEL - THALIA COSTA - ISABELLA PATRICIO - VICTHORIA AMARAL - BRUNA LIMA - ROSIANE SANTOS - LUANA STEINER - SIMONE OLIVEIRA CUSTÓDIO - MARIELLE DE SÁ - GISLAINE REGINA - DÉBORA ALMEIDA - KIMBERLY SANTOS - ISADORA BORGHI - JULIANA GESLIN - BRUNA SOARES - POLIANA PAZ BALIEIRO - GABRIELA ALVES - MAYME SLAVIERO - GABRIELA GEHRING - LUANA ANTUNES - KETELEN DAIANA - PAOLLA NOGUEIRA - POLIANY FERREIRA DOS ANOS - LUANA DE MORAES - EDILAINE TORRES - DANIELI SCOTTA - JORDANA HADDAD - WINY GONSALVES - THAÍSLA NEVES - ÉRICA LIMA CABRAL - ALEXIA BECKER - RAFAELA MANGANELLI - CAROL LUCENA - KLAU PALAGANO - ELISANDRA TORRES - WALLINA MAIA - JOYCE SAMARA - BIANCA GARCIA - SUELEN CAROLINE - DANIELLE MANGANELLI - FERNANDA HARUE - YARA ALMEIDA - MAYARA FREITAS - PRISCILLA PALMA - LAHOANA MOARAES - FHYAMA REIS - KAMILA PASQUINI - SANDY RIBEIRO - MAPHOLE MENENGOLO - TAYNARA GABELINI - DEBORA MARRETA - JESSICA LAIANE - BEATRIS LOUREIRO - RAFA GEHRING - JOCASTA THAIS - AMANDA BIA - VIVIAN BUBLITZ - THAIS BOITO - SAMIA LOPES - BRUNA PALMA - ALINE MILLER - CLEMER COSTA - LUIZA DANIARA – ANA CLAUDIA PICHITELLI – CAMILA BISSONI – ERICA SANTANA - KAROL SOARES - NATALIA CECOTE - MAYARA DOURADO - LUANA COSTA - ANA LUIZA VEIT - CRIS LAZARINI - LARISSA SORRILHA - ROBERTA CARMO - IULY MOTA - KAMILA ALVES - LOISLENE CRISTINA - THAIS THAINÁ - PAMELA LOPES - ISABELI ROSINSKI - GABRIELA SLAVIERO - LIARA CAIRES - FLÁVIA OLIVEIRA - GRAZI MOREIRA - JESSICA SABRINNI - RENATA SILVA -SABRINA SCHERER - AMANDA NATALIÊ - JESSICA LAVRATE - ANA PAULA WESTERKAMP- RENATA DANIELI - GISELLY RUIZ - ENDIARA RIZZO - *DAIANY E DHENISY BARBOSA - KETLY MILLENA - MICHELLE ENUMO - ISADORA GIMENES - GABRIELA DARIENSO - MILENA PILEGI - TAMIRES ONISHI - EVELIN FEROLDI - ELISANGELA SILVA - PAULA FONTANA CAVAZIM - ANNE DAL PRÁ - POLLIANA OGIBOWISKI - CAMILA MELLO - PATRICIA LAURENTINO - FLOR CAPELOSSI - TAMIRES PICCOLI - KATIELLY DA MATTA - BIANCA DONATO - CATIELE XAVIER - JACKELINE MARQUES - CAROL MAZZOTTI - DANDHARA JORDANA - BRENDA GREGÓRIO - DUDA LOPES - MILENA GUILHEN - MAYARA GREGÓRIO - BRUNA BOITO - BETHÂNIA PEREIRA - ARIELLI SCARPINI - CAROL VAZ - GISELY TIEMY -THAIS BISSONI - MARIANA OLIVEIRA - GABRIELA BOITO - LEYLLA NASCIMENTO - JULIANA LUCENA- KRISTAL ZILIO - RAFAELA HERRERA - THAYANA CRISTINA VAZ - TATIANE MONGELESKI - NAYARA KIMURA - HEGILLY CORREIA MIILLER - FRANCIELI DE SANTI - PAULA MARUCHI FÁVERO - THAÍS CAROLINY - IASMIM PAIVA - ALYNE SLAVIERO - ISABELLA MELQUÍADES - ISABELA PICOLLI - AMANDA MENDES - LARISSA RAYRA - FERNANDA BOITO - EMILLY IZA - BIA MAZZOTTI - LETICIA PAIVA - PAOLA SLAVIERO - DAIANA PISCITELLE - ANGELINA BOITO - TALITA SANTOS Estamos ha 07 anos no ar - Mais de 700 acessos por dia, mais de um milhão de visualizações - http://mateusbrandodesouza.blogspot.com.br/- Obrigado por estar aqui, continue com a gente

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Rocha Loures: a “família tradicional paranaense” no seio das denúncias contra Temer

Deputado do PMDB foi flagrado recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados por Joesley Batista, da JBS.

Quando o escândalo veio à tona no Brasil, parlamentar estava em Nova Iorque com o prefeito de São Paulo, João Doria / Reprodução – Facebook.
Daniel Giovanaz
Brasil de Fato

Rodrigo Santos Rocha Loures (PMDB) foi um dos nomes mais citados no noticiário brasileiro esta semana. Pivô do escândalo que abalou o governo Michel Temer (PMDB) na noite da última quarta-feira, a partir da delação dos donos da JBS à operação Lava Jato, o deputado federal teria sido indicado pelo presidente da República para receber propina e favorecer a empresa.

Apenas divulgada a notícia, o advogado do parlamentar, José Luis Oliveira Lima, lançou uma nota oficial: "Tão logo se conheça o teor da investigação, todos os esclarecimentos devidos serão apresentados". A situação de Rocha Loures complicou de vez quando, na mesma noite, descobriu-se que o Supremo Tribunal Federal (STF) teve acesso a um vídeo em que o deputado é flagrado recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados por Joesley Batista, da JBS.


O Rodrigo fez um belíssimo trabalho em atenção a todo o Brasil (Michel Temer)
Segundo a delação de Joesley, o deputado teria aceitado receber aquela quantia semanalmente pelos próximos 20 anos. Em troca, chegou a oferecer à JBS cargos estratégicos no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), na Comissão de Valores Monetários (CMV), no Banco Central e na Procuradoria Fazendária Nacional.

Família tradicional paranaense

Pelo lado paterno, a família Rocha Loures remete aos clãs fundadores de Curitiba: Carrasco do Reis e Mateus Leme. Pelo lado materno, são descendentes de Joaquim de Almeida Faria Sobrinho, duas vezes presidente da Província do Paraná, de Lourenço de Sá Ribas, ex-presidente da  Câmara de Curitiba, e de Didio Costa, deputado no Congresso Legislativo Paranaense e prefeito de Paranaguá na década de 1920.

Os Rocha Loures acumularam terras no final do século XIX com a abertura de caminhos pelos tropeiros na região de Palmas e Guarapuava, o que permitiu estabelecer laços com os “donos do poder” nos municípios do interior. Após a revolução de 1930, enquanto parte da família migra para Curitiba, o clã passa a se concentrar em maior número em Londrina, Norte paranaense, assumindo cargos no Judiciário, na imprensa escrita e em cartórios locais.

Nascido em Curitiba há 50 anos, o deputado estadual do PMDB é filho de Rodrigo Costa da Rocha Loures, fundador da empresa alimentícia Nutrimental em 1968 – aquela, das barrinhas de cereal.

A Nutrimental foi uma das quatro fornecedoras investigadas durante o governo Fernando Collor por suspeita de superfaturamento na venda de merenda escolar, em 1989. Após o cancelamento do contrato com o governo, a empresa mergulhou em uma crise da qual só conseguiu sair quando se dedicou ao mercado de consumo e se tornou uma das líderes de venda no varejo brasileiro.

Primeiras suspeitas de fraude

Ex-professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), o pai do parlamentar investigado na Lava Jato é vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), esteve à frente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP) de 2003 a 2011 e preside, até o final do ano, o Conselho Superior de Inovação e Competitividade (Conic) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), uma das entidades apoiadoras do golpe de 2016.

Nos anos em que foi presidente da FIEP, Rodrigo Costa da Rocha Loures chegou a ser indiciado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por supostas fraudes na gestão. A maioria delas, segundo o TCU, eram relacionadas a “despesas amparadas em documentos inidôneos (…), que teriam beneficiado funcionários das entidades sem comprovação da prestação de serviços”, além de “repasse de R$ 265 mil e R$ 561 mil ao Instituto Paraná de Desenvolvimento (IPR), presidido por Rodrigo da Rocha Loures, sem qualquer comprovação de despesas” e de “ressarcimento de despesas pessoais da filha de Rodrigo Rocha Loures, Larissa, tais como faturas telefônicas, restaurante, táxi; diversos pagamentos à empresa LWL Comunicações, de propriedade de Luiz Henrique Weber e Luciana Rocha Loures, sobrinha de Rodrigo; despesas com viagens para Cleveland [nos Estados Unidos] para Luciana, sem comprovação de despesas ou justificativas; pagamento de passagens aéreas com destino ao Canadá para Dídio Costa Rocha Loures, irmão de Rodrigo, entre outras”.

O ex-presidente da FIEP sempre negou as acusações. O parecer final do processo, embora não comprove a inocência de Rodrigo Costa da Rocha Loures em todos os casos, permitiu que ele continuasse exercendo cargos daquela natureza.

Homem de confiança

Rodriguinho, o filho, além de executivo e um dos herdeiros da Nutrimental – que mantém uma média de faturamento anual de R$ 280 milhões – passou a ocupar cargos públicos no Paraná em 2003. Por dois anos, foi chefe de gabinete do então governador Roberto Requião (PMDB). Ao deixar o gabinete, tornou-se vice-tesoureiro nacional do partido. Eleito deputado federal em 2006, foi o vice-líder do bloco PMDB, PSC e PTC na Câmara, durante o segundo governo Lula (PT).

Foi naquela época que o vínculo com Michel Temer tornou-se mais estreito. O então vice-presidente da República escolheu Rocha Loures para chefiar seu gabinete em 2011. O paranaense exerceu o cargo até o final do primeiro mandato de Dilma Rousseff (PT).

Em uma conversa entre um fiscal e um funcionário da Seara, do grupo JBS, gravada pela Polícia Federal no âmbito da operação Carne Fraca, Loures é citado como “braço direito” de Temer.

Quando Temer nomeou o então deputado federal ruralista Osmar Serraglio (PMDB-PR) como ministro da Justiça, em 7 de março, possibilitou que Loures, primeiro suplente do PMDB do Paraná, voltasse à Câmara e obtivesse, novamente, foro privilegiado.

Se o atual presidente da República questiona a qualidade dos áudios gravados por Joesley Batista e alega inocência no caso JBS, a proximidade com Rocha Loures, o homem da mala de R$ 500 mil, é um elemento indiscutível. Em julho de 2014, Michel Temer gravou um vídeo elogiando a atuação de Rocha Loures: “Ele veio aqui para o meu gabinete e me ajudou enormemente. Aliás, ele aqui operava não só auxiliando a mim no Brasil todo, mas basicamente como uma espécie de embaixador do Paraná. (…) O Rodrigo fez um belíssimo trabalho em atenção a todo o Brasil”.

Aos abraços com João Doria

Quando o escândalo veio à tona no Brasil, Rocha Loures estava em Nova Iorque. Fora convidado para um jantar de gala, onde seria entregue ao prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), o prêmio Person of the Year (Personalidade do Ano), pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos.

Rocha Loures esteve com Doria em diversas ocasiões, inclusive como participante em eventos promovidos pela organização Lide, encabeçada pelo prefeito de São Paulo – por exemplo, no 16º Fórum Empresarial, em Foz do Iguaçu. Em uma foto postada nas redes sociais antes do escândalo, o parlamentar paranaense descreve Doria como “amigo”.

O deputado desembarcou no Brasil hoje (19) pela manhã aos gritos de “ladrão”.

Próximos passos

O ministro do STF, Edson Fachin, determinou o afastamento de Rodrigo Rocha Loures do cargo na Câmara Federal. A Procuradoria-Geral da República pediu a prisão do paranaense no dia seguinte (18).

Além dos manifestantes favoráveis à condenação de Rocha Loures, estava no saguão do aeroporto um dos advogados de defesa, Daniel Kignel, que informou à imprensa que precisaria conversar com o parlamentar para definir os próximos passos.

Em sua conta oficial no Facebook, João Doria afirmou que “a única certeza, neste momento, é que temos que ter serenidade e respeito à Constituição para protegermos o Brasil”. A reportagem tentou entrar em contato com o deputado Rocha Loures, mas não obteve retorno.

Fonte: CRUZ, K. M.; VANALI, A. C. Um exemplo de old money no Paraná: a família Rocha Loures. Revista Núcleo de Estudos Paranaenses, Curitiba, v.2, p. 1-26, de maio de 2016.

Edição: Redação BdF Paraná

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...