APRESENTADO A COMARCA PARA O MUNDO E O MUNDO PARA A COMARCA

TEMOS O APOIO DE INFOMANIA SOLUÇÕES EM INFORMÁTICA Fones 9986 1218 - 3432 1208 - AUTO-MECÂNICA IDEAL FONE 3432-1791 - 9916-5789 - 9853-1862 - NOVA ÓTICA Fone (44) 3432 -2305 Cel (44) 8817- 4769 Av. Londrina, 935 - Nova Londrina/PR - VOCÊ É BONITA? VENHA SER A PRÓXIMA BELA DA SEMANA - Já passaram por aqui: TAYSA SILVA - MARIELLA PAOLA - MARY FERNANDES - DANIELLE MEIRA - *Thays e Thamirys - ELLEN SOARES - DARLENE SOARES - MILENA RILANI - ISTEFANY GARCIA - ARYY SILVA - ARIANE SILVA - MAYARA TEIXEIRA - MAYARA TAKATA - PAOLA ALVES - MORGANA VIOLIM - MAIQUELE VITALINO - BRENDA PIVA - ESTEFANNY CUSTÓDIO - ELENI FERREIRA - GIOVANA LIMA - GIOVANA NICOLINI - EVELLIN MARIA - LOHAINNE GONÇALVES - FRANCIELE ALMEIDA - LOANA XAVIER - JOSIANE MEDEIROS - GABRIELA CRUZ- KARINA SPOTTI - TÂNIA OLIVEIRA - RENATA LETÍCIA - TALITA FERNANDA - JADE CAROLINA - TAYNÁ MEDEIROS - BEATRIZ FONTES - LETYCIA MEDEIROS - MARYANA FREITAS - THAYLA BUGADÃO NAVARRO - LETÍCIA MENEGUETTI - STEFANI ALVES - CINDEL LIBERATO - RAFA REIS - BEATRYZ PECINI - IZABELLY PECINI - THAIS BARBOSA - MICHELE CECCATTO - JOICE MARIANO - LOREN ZAGATI - GISELE BERNUSSO - RAFAELA RAYSSA - LUUH XAVIER - SARAH CRISTINA - YANNA LEAL - LAURA ARAÚJO TROIAN - GIOVANNA MONTEIRO DA SILVA - PRISCILLA MARTINS RIL - GABRIELLA MENEGUETTI JASPER - MARIA HELLOISA VIDAL SAMPAIO - HELOÍSA MONTE - DAYARA GEOVANA - ADRIANA SANTOS - EDILAINE VAZ - THAYS FERNANDA - CAMILA COSTA - JULIANA BONFIM - MILENA LIMA - DYOVANA PEREZ - JULIANA SOUZA - JESSICA BORÉGIO - JHENIFER GARBELINI - DAYARA CALHEIROS - ALINE PEREIRA - ISABELA AGUIRRE - ANDRÉIA PEREIRA - MILLA RUAS - MARIA FERNANDA COCULO - FRANCIELLE OLIVEIRA - DEBORA RIBAS - CIRLENE BARBERO - BIA SLAVIERO - SYNTHIA GEHRING - JULIANE VIEIRA - DUDA MARTINS - GISELI RUAS - DÉBORA BÁLICO - JUUH XAVIER - POLLY SANTOS - BRUNA MODESTO - GIOVANA LIMA - VICTÓRIA RONCHI - THANYA SILVEIRA - ALÉKSIA LAUREN - DHENISY BARBOSA - POLIANA SENSON - LAURA TRIZZ - FRANCIELLY CORDEIRO - LUANA NAVARRO - RHAYRA RODRIGUES - LARISSA PASCHOALLETO - ALLANA BEATRIZ - WANDERLÉIA TEIXEIRA CAMPOS - BRUNA DONATO - VERÔNICA FREITAS - SIBELY MARTELLO - MARCELA PIMENTEL - SILVIA COSTA - JHENIFER TRIZE - LETÍCIA CARLA -FERNANDA MORETTI - DANIELA SILVA - NATY MARTINS - NAYARA RODRIGUES - STEPHANY CALDEIRA - VITÓRIA CEZERINO - TAMIRES FONTES - ARIANE ROSSIN - ARIANNY PATRICIA - SIMONE RAIANE - ALÉXIA ALENCAR - VANESSA SOUZA - DAYANI CRISTINA - TAYNARA VIANNA - PRISCILA GEIZA - PATRÍCIA BUENO - ISABELA ROMAN - RARYSSA EVARISTO - MILEIDE MARTINS - RENATHA SOLOVIOFF - BEATRIZ DOURADO - NATALIA LISBOA - ADRIANA DIAS - SOLANGE FREITAS - LUANA RIBEIRO - YARA ROCHA - IDAMARA IASKIO - CAMILA XAVIER - BIA VIEIRA - JESSICA RODRIGUES - AMANDA GABRIELLI - BARBARA OLIVEIRA - VITORIA NERES - JAQUE SANTOS - KATIA LIMA - ARIELA LIMA - MARIA FERNANDA FRANCISQUETI - LARA E LARISSA RAVÃ MATARUCO - THATY ALVES - RAFAELA VICENTIN - ESTELLA CHIAMULERA - KATHY LOPES - LETICIA CAVALCANTE PISCITELI - VANUSA SANTOS - ROSIANE BARILLE - NATHÁLIA SORRILHA - LILA LOPES - PRISCILA LUKA - SAMARA ALVES - JANIELLY BOTA - ELAINE LEITE CAVALCANTE - INGRID ZAMPOLLO - DEBORA MANGANELLI - MARYHANNE MAZZOTTI - ROSANI GUEDES - JOICE RUMACHELLA - DAIANA DELVECHIO - KAREN GONGORA - FERNANDA HENRIQUE - KAROLAYNE NEVES TOMAS - KAHENA CHIAMULERA - MACLAINE SILVÉRIO BRANDÃO - IRENE MARY - GABRIELLA AZEVEDO - LUANA TALARICO - LARISSA TALARICO - ISA MARIANO - LEIDIANE CARDOSO - TAMIRES MONÇÃO - ALANA ISABEL - THALIA COSTA - ISABELLA PATRICIO - VICTHORIA AMARAL - BRUNA LIMA - ROSIANE SANTOS - LUANA STEINER - SIMONE OLIVEIRA CUSTÓDIO - MARIELLE DE SÁ - GISLAINE REGINA - DÉBORA ALMEIDA - KIMBERLY SANTOS - ISADORA BORGHI - JULIANA GESLIN - BRUNA SOARES - POLIANA PAZ BALIEIRO - GABRIELA ALVES - MAYME SLAVIERO - GABRIELA GEHRING - LUANA ANTUNES - KETELEN DAIANA - PAOLLA NOGUEIRA - POLIANY FERREIRA DOS ANOS - LUANA DE MORAES - EDILAINE TORRES - DANIELI SCOTTA - JORDANA HADDAD - WINY GONSALVES - THAÍSLA NEVES - ÉRICA LIMA CABRAL - ALEXIA BECKER - RAFAELA MANGANELLI - CAROL LUCENA - KLAU PALAGANO - ELISANDRA TORRES - WALLINA MAIA - JOYCE SAMARA - BIANCA GARCIA - SUELEN CAROLINE - DANIELLE MANGANELLI - FERNANDA HARUE - YARA ALMEIDA - MAYARA FREITAS - PRISCILLA PALMA - LAHOANA MOARAES - FHYAMA REIS - KAMILA PASQUINI - SANDY RIBEIRO - MAPHOLE MENENGOLO - TAYNARA GABELINI - DEBORA MARRETA - JESSICA LAIANE - BEATRIS LOUREIRO - RAFA GEHRING - JOCASTA THAIS - AMANDA BIA - VIVIAN BUBLITZ - THAIS BOITO - SAMIA LOPES - BRUNA PALMA - ALINE MILLER - CLEMER COSTA - LUIZA DANIARA – ANA CLAUDIA PICHITELLI – CAMILA BISSONI – ERICA SANTANA - KAROL SOARES - NATALIA CECOTE - MAYARA DOURADO - LUANA COSTA - ANA LUIZA VEIT - CRIS LAZARINI - LARISSA SORRILHA - ROBERTA CARMO - IULY MOTA - KAMILA ALVES - LOISLENE CRISTINA - THAIS THAINÁ - PAMELA LOPES - ISABELI ROSINSKI - GABRIELA SLAVIERO - LIARA CAIRES - FLÁVIA OLIVEIRA - GRAZI MOREIRA - JESSICA SABRINNI - RENATA SILVA -SABRINA SCHERER - AMANDA NATALIÊ - JESSICA LAVRATE - ANA PAULA WESTERKAMP- RENATA DANIELI - GISELLY RUIZ - ENDIARA RIZZO - *DAIANY E DHENISY BARBOSA - KETLY MILLENA - MICHELLE ENUMO - ISADORA GIMENES - GABRIELA DARIENSO - MILENA PILEGI - TAMIRES ONISHI - EVELIN FEROLDI - ELISANGELA SILVA - PAULA FONTANA CAVAZIM - ANNE DAL PRÁ - POLLIANA OGIBOWISKI - CAMILA MELLO - PATRICIA LAURENTINO - FLOR CAPELOSSI - TAMIRES PICCOLI - KATIELLY DA MATTA - BIANCA DONATO - CATIELE XAVIER - JACKELINE MARQUES - CAROL MAZZOTTI - DANDHARA JORDANA - BRENDA GREGÓRIO - DUDA LOPES - MILENA GUILHEN - MAYARA GREGÓRIO - BRUNA BOITO - BETHÂNIA PEREIRA - ARIELLI SCARPINI - CAROL VAZ - GISELY TIEMY -THAIS BISSONI - MARIANA OLIVEIRA - GABRIELA BOITO - LEYLLA NASCIMENTO - JULIANA LUCENA- KRISTAL ZILIO - RAFAELA HERRERA - THAYANA CRISTINA VAZ - TATIANE MONGELESKI - NAYARA KIMURA - HEGILLY CORREIA MIILLER - FRANCIELI DE SANTI - PAULA MARUCHI FÁVERO - THAÍS CAROLINY - IASMIM PAIVA - ALYNE SLAVIERO - ISABELLA MELQUÍADES - ISABELA PICOLLI - AMANDA MENDES - LARISSA RAYRA - FERNANDA BOITO - EMILLY IZA - BIA MAZZOTTI - LETICIA PAIVA - PAOLA SLAVIERO - DAIANA PISCITELLE - ANGELINA BOITO - TALITA SANTOS Estamos ha 07 anos no ar - Mais de 700 acessos por dia, mais de um milhão de visualizações - http://mateusbrandodesouza.blogspot.com.br/- Obrigado por estar aqui, continue com a gente

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Médicos cubanos em Haiti: um suspiro de esperança no meio da tragédia

Outra vez mais 800 mortos no Haiti, 'mas ninguém arma fotos de perfis especiais para Facebook nem slogans para as vítimas do furacão Matthew'.


Num palco onde as guerras coloniais e seus horrores decorrem como uma história cotidiana, e ninguém se detém a imaginar o que significam estes novos genocídios do século XXI para os milhões de sobreviventes que perderam tudo, parece impossível que o olhar se volte sobre o Haiti.

'Ninguém é Haiti', diz um quadrinho que publicou o caricaturista Miguel Villalba Sánchez ('Elchicotriste') no site Cartoon Movement.

*Villalba Sánchez denuncia: outra vez mais 800 mortos em Haiti, 'mas ninguém arma fotos de perfis especiais para Facebook nem slogans para as vítimas do furacão Matthew'.

O mundo não olha para esse país, o mais pobre da América Latina e Caríbe e um dos mais pobres do mundo. Não existe um 'eu sou Haiti', como aquele 'eu sou Charlie' que andou pelo mundo, como uma moda mais, em referência ao atentado contra o semanário francês Charlie Hebdo.

Dirão que isto se trata de um furacão, não de terrorismo. Mas talvez não é terrorismo tudo o que tem vivido o povo haitiano em sua história? Não é terrorismo o colonialismo brutal? Não foi terrorismo a escravização, os barcos de escravos surcando os mares com a 'mercadoria' humana, aqueles homens e mulheres caçadas nas suas terras onde eram imensamente livres?

Colonialismos, invasões, ditaduras. Terror sobre terrores. O povo do Haiti ressuscitando uma e outra vez. A hipocrisia do mundo é ilimitada.

'Ninguém é Haiti'. Após o terramoto de 2010, que deixou mais de 200 mil mortos e dois milhões sem casa, por chamar de algum modo aos milhares de moradias precárias, é o furacão Matthew, que dia 4 de outubro arrasou e destruiu tudo a seu caminho e voltou a pôr ante nossos olhos a tragédia do povo haitiano, mas só como um relâmpago, um flash, uma notícia passageira.

Uns 200 mil haitianos ficaram na rua, enquanto ainda não se conseguiu resolver a tragédia de 2010, enquanto Estados Unidos mantém fundos congelados, fundos que são do povo haitiano, que seguem esperando que alguma vez se faça justiça.

As inundações que arrastavam tudo a seu passo não deixaram nada em pé. Destruíram-se as colheitas, perdeu-se o gado, e a fome grita a tão escassos quilómetros por mar de Estados Unidos, a maior potência do mundo, que -como a França e outros países europeus- têm sido os verdugos de um povo, cuja história tem esplendores e tragédias surpreendentes.

Três dias durou o furacão em Haiti, o pior em 50 anos. Procurando mais informação sobre essa incrível tragédia que nos reclama a cada dia, recebo um vídeo que desde Haiti, via México, me manda um amigo cinegrafista, quem reconhece que às vezes as lágrimas lhe impedem ver pelo olho da câmara.

Vejo no vídeo que a destruição é similar à do terremoto e afetou a lugares quase inacessíveis. Segundo as Nações Unidas, mais de um milhão de pessoas viram-se afetadas pela tempestade, e ao menos um terço precisará ajuda humanitária. Há centenas de haitianos feridos.

No meio desses escombros, vejo aparecer como 'enviados do céu' aos médicos e médicas cubanas, chegando a lugares remotos com enormes dificuldades. Vejo os rostos de desesperada esperança com que os recebem os habitantes.

Ali estão. É a missão Henry Reeve, que segue trabalhando sem descanso, como fizeram desde faz tempo as missões que ajudaram a salvar milhares de vida após o terramoto de 2010 e especialmente quando a cólera levou outras milhares de vítimas.

Vejo-os trabalhar em condições incríveis, no meio do lodo, do desastre, e pergunto-me não só quem olha para Haiti? Senão quem olha a estas mulheres e homens que estão ali trabalhando sem tempos, sem horas, em silêncio, fora do mundo, onde a cada dia há mais homens-lobos que se comem a seus irmãos?

Essa solidariedade, que chega desde Cuba, não será televisionada. Tendas hospitais, como na guerra, se levantam onde se pode. São centenas, milhares de vítimas, e a cólera outra vez. O trabalho da missão cubana é heróica. São heróis, heroínas, ignoradas pelo mundo da banalização e o individualismo, mas amados e reconhecidos por um povo que só confia neles.

Essas médicas, enfermeiras e outras profissionais da saúde cubanas, não estão ali por nenhuma taxa de juro mesquinha, não estão a tratar de roubar territórios, nem saquear o pouco que fica de recursos naturais, nem tentam destruir a memória dos tempos de glória da primeira revolução negra e da primeira independência em América Latina.

Tempos cujo esplendor ainda irradia e vive na memória soterrada desse povo, que ainda pode cantar com sua própria voz no meio da desolação.

A missão médica de Cuba em Haiti é um raio de luz entre tantas sombras, num país que segue se perguntando como o faz o poeta haitiano Jacques Viau: 'Que será de nós após esta longa travessia? Pouco importa se o mármore ou a pedra eternizam nosso coração de úmido barro'.

*Prestigiosa intelectual e jornalista argentina, colaboradora da Prensa Latina.

Via – Prensa Latina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...